Estilo / Relógios e Jóias

Os relógios usados pelos homens mais poderosos do mundo

Observamos os pulsos de alguns CEOs mais bem sucedidos para confirmar se a escolha realmente corresponde à sua personalidade.

Jeff Bezos
Jeff Bezos Foto: Alex Wong/Getty Images
30 de abril de 2020 | Aline Fernandez

O relógio Ulysse Nardin GMT Big Date de Jeff Bezos

O CEO da Amazon e o homem mais rico do mundo em 2020 não usa um relógio particularmente ostensivo. O modelo automático da Ulysse Nardin, que atualmente está descontinuado, possui um sistema de disco duplo para exibir o dia e o mês em duas janelas diferentes, além da função GMT que pode ser ajustada diretamente para saltos de uma hora com dois botões, sem a necessidade de interromper o mecanismo. Em segunda mão pode custar cerca de €6000.

O relógio de Jeff Bezos (Ulysse Nardin GMT Big Data)
O relógio de Jeff Bezos (Ulysse Nardin GMT Big Data) Foto: D.R.




O relógio Rolex Day-Date de Warren Buffet 

Com quase 90 anos de idade, o CEO da Berkshire Hathaway, é fiel ao seu relógio clássico, em ouro amarelo. Este Rolex foi lançado em 1956 e entrou para a história por ser o primeiro a exibir o dia da semana numa janela no mostrador, além do dia do mês. Ficou conhecido como Rolex Presidente, porque veste os pulsos da grande maioria dos presidentes norte-americanos desde John F. Kennedy. Uma nova versão custa por volta de €34800.

Warren Buffett
Warren Buffett Foto: Steve Pope/Getty Images
O relógio de Warren Buffett (Rolex Day-Date)
O relógio de Warren Buffett (Rolex Day-Date) Foto: D.R.

 



O relógio Casio A168W-1 de Bill Gates

Mesmo sendo o segundo homem mais rico do mundo — e durante anos foi mesmo o número um — o nome que ainda associamos à Microsoft usa um relógio que custa menos de €100.

Bill Gates
Bill Gates Foto: JOHN THYS/AFP/ Getty Images
O relógio de Bill Gates (Casio A168W)
O relógio de Bill Gates (Casio A168W) Foto: D.R.



O relógio TAG Heuer Carrera Calibre 1887 SpaceX de Elon Musk

O CEO da SpaceX geralmente não é visto a usar relógio, mas quando usa escolhe um por razões óbvias, o modelo da TAG Heuer Carrera com o nome da sua empresa. Foi lançado em 2012 para marcar o 50º aniversário do primeiro voo da NASA e agora só pode ser comprado em segunda mão.

Elon Musk
Elon Musk Foto: Yasin Ozturk/Anadolu Agency/Getty Images
O relógio de Elon Musk (TAG Heuer Carrera Calibre 1887 SpaceX)
O relógio de Elon Musk (TAG Heuer Carrera Calibre 1887 SpaceX) Foto: D.R.

 



O relógio Victorinox Swiss Army de Michael Bloomberg

O CEO da Bloomberg também não gosta de chamar a atenção através dos relógios. O Victorinox Swiss Army 24221 é um modelo vintage da marca conhecida pelos seus canivetes suíços. Uma variante atual pode custar cerca de €500.

Michael Bloomberg
Michael Bloomberg Foto: Joe Raedle/Getty Images
O relógio de Michael Bloomberg (Victorinox Swiss Army 24221)
O relógio de Michael Bloomberg (Victorinox Swiss Army 24221) Foto: D.R.

 

Saiba mais relógios, escolhas, CEOs, bem sucedidos
Relacionadas

Cool sem esforço

A descontração nunca foi tão elegante. Neste início de primavera, o guarda-roupa pede conforto, sem esquecer a influência do sportswear e a sofisticação do design. Modelo: Francisco Guerreiro (We are models). Styling de Xana Guerra. Fotogafia de Pedro Ferreira

Em tempos extraordinários, relógios extraordinários

O mundo quase parou, o que nos fez perceber a importância de gerir bem o tempo nas nossas vidas. E não há nada mais reconfortante de que o fazer com um bom relógio mecânico, carregado de séculos de inovação e engenho. Estes são os herdeiros dessa mestria.

O regresso dos luxuosos relógios dos anos 70

A década de 70 está na moda com uma nova interpretação do luxo desportivo e colorido, uma tendência que a relojoaria nunca abandonou. Por isso, os relógios são o acessório do momento.

Lembra-se dos relógios Cauny?

A marca suíça regressa com uma nova coleção de relógios, que mantém a sua beleza clássica e a ligação ao mediterrâneo.

Estes relógios são um assunto de família

Três homens da família Scheufele reuniram-se em torno de um relógio icónico dos anos 80 para lhe dar uma nova vida. O resultado foi a nova coleção de relógios Alpine Eagle da Chopard e também um projeto que uniu três geração na criação de um novo capítulo da história da família e da marca.

Mais Lidas