Viver

Quer marcar uma viagem barata? Há uma data certa para o fazer

As companhias aéreas e de viagens avisam sempre que devemos marcar as nossas férias antecipadamente, de forma a pouparmos mais dinheiro. Mas será que com antecedência é a estratégia certa para comprar uma viagem?

Foto: Pexels
07 de setembro de 2022

Existe o mito de que o melhor dia da semana para comprar bilhetes aéreos é às terças-feiras, mas os sites de marcação de viagens acham esta ideia exagerada. Após ter analisado cinco anos de dados, o Google não encontrou informação que demonstrasse maiores poupanças ao comprar a um dia específico da semana. Os voos comprados às terças, quartas ou quintas eram 1.9% mais baratos, comparado com os fins de semana.

A 31 de setembro de 2022, o Google lançou um relatório baseado em cinco anos de dados de companhias aéreas, recolhidos pelo Google Flights. Segundo a Forbes espanhola, este relatório afirma que a altura em que se marca uma viagem importa - James Byers, o Gerente de Produtos Sénior do Google Flights disse que esse é o maior fator a ter em conta quando estamos a ver datas para marcar viagem. O problema é que a altura de marcação é variável, dependendo da estação e feriados. Os bilhetes para a Páscoa eram mais baratos 38 dias antes da partida; os de verão (para umas férias em julho e agosto) 21 dias antes da data de voo.

Hopper, um site onde pode encontrar viagens mais baratas, recomenda marcar com três semanas de antecedência, de forma a encontrar as melhores ofertas. Segundo os analistas desta plataforma, "os preços vão ser mais baixos três a seis semanas antes da viagem, aumentando rapidamente nas últimas três semanas antes da data de embarque", apontou a Forbes espanhola. Assim sendo, a altura ideal para marcar viagem é com 21 ou 45 dias de antecedência.

O relatório anual da CheapAir.com, publicado em março, mostrou que a melhor altura para comprar bilhetes de avião é três semanas a três/quatro meses antes da viagem. Mas a pandemia veio dar uma reviravolta às tendências mostradas pelas companhias e sites de voos. James Byers disse que, comparando 2020 com 2022, "tem-se visto uma mudança, flexibilidade e poupanças em viagens feitas ao fim de semana".

Algo que nunca muda, no entanto, é o facto de que quanto mais próximo da data de viagem comprar o seu bilhete, mais vai pagar. 

Saiba mais Viagens, Companhia Aérea, Horas, Data, Viajar, Dinheiro, Poupar
Relacionadas
Mais Lidas