Viver

Portugal eleito o melhor destino internacional pela Condé Nast Traveller

Quase um milhão de leitores da revista votaram nos Readers’ Choice Awards 2021 e premiaram a nossa terra como o melhor país do mundo. A cidade do Porto e as ilhas também foram distinguidas, já o hotel de eleição em toda a Península Ibérica também é nosso.

Praia do Camilo em Lagos, Algarve, Portugal
Praia do Camilo em Lagos, Algarve, Portugal Foto: Getty Images
12 de outubro de 2021 | Marta Vieira

Portugal está ótimo e recomenda-se. Para nós, que temos o privilégio de viver em território luso e explorar os seus encantos todos os dias, nunca houve dúvidas. Agora, temos não só a concordância dos viajantes internacionais como a distinção (ou várias) de uma das mais prestigiadas publicações de viagens do mundo.

Falamos da Condé Nast Traveller e dos cerca de 800 mil leitores que, este ano, contribuíram com a sua votação para os Readers’ Choice Awards 2021. A revista norte-americana desafiou, uma vez mais, os seus leitores a manifestarem preferências quanto a destinos, modos de viagem e alojamentos, distribuídos por todo o mundo.

Portugal levou para casa a maior distinção de todas, sendo eleito como o melhor país do mundo. Da lista vencedora dazem parte outros 19 nomes, sendo que Portugal é seguido pela Nova Zelândia, em segundo lugar, e pelo Japão, em terceiro. Conseguiu superar, inclusivamente, outra pérola do sul da Europa, a Itália, que alcançou a sexta posição. Numa escala que variava entre 1 a 100 pontos, o nosso país foi classificado com uma média de 94,1.

Mas há mais. O melhor hotel de toda a Península Ibérica também é português e situa-se em pleno Alentejo, na zona de Monsaraz. O São Lourenço do Barrocal é um retiro de luxo no meio da natureza, que oferece alojamento na herdade, tratamentos de luxo no seu spa e atividades proporcionadas ao ar livre. O hotel está associado a um projeto agrícola com certificação biológica. Nesta lista o Yeatman em Vila Nova de Gaia e o Savoy Palace na Madeira também foram mencionados, em quarto e sexto lugares.

Na categoria de melhores cidades do mundo, o Porto surge em oitavo lugar na subcategoria dedicada a grandes cidades. Foi destacada a arquitetura e também os artistas, designers e chefs da cidade, sem esquecer, obviamente a sua tradição vínica. Os três primeiros lugares foram para as cidades japonesas de Tóquio, Osaka e Quioto, respetivamente.

Na secção que distingue as ilhas, Portugal também foi mencionado. A categoria incluía oito listas diferentes de acordo com as regiões globais. Na Europa, a Madeira conseguiu um honroso quarto lugar e os Açores o décimo segundo. As ilha croata de Hvar no Adriático levou o primeiro lugar, seguida das gregas Mykonos e Zakynthos.

Se há dois anos atrás a indústria do turismo e da hospitalidade em Portugal estavam nos píncaros, com Lisboa a viver o seu melhor momento de sempre, passados vinte e dois meses de pandemia, é caso para dizer que a promessa de retorno aos tempos áureos está mais perto.

A lista de vencedores completa destes galardões de excelência do sector do turismo foi publicada no passado 5 de outubro no site da revista e será celebrada na edição impressa de novembro.

Saiba mais lugares, prémios, Conde Nast Traveller, Readers’ Choice Awards, 2021, Portugal, Porto, Madeira, Açores, hotel, Alentejo, São Lourenço do Barrocal, Península Ibérica, turismo, viajantes
Relacionadas
Mais Lidas
Viver O homem que sabe o que as mulheres querem

Cobra mil libras por uma noite e cerca de 13.500 por duas semanas de férias. Por que razão mulheres ricas e de sucesso contratam Madison James para mudarem a sua vida sexual? Entrevista com Mr. James para desvendar este mistério.