Prazeres / Sabores

Vinhos para comemorar o fim de semana de São Martinho

Nesta altura a tradição manda acompanhar o vinho com castanhas. Seria a altura onde se provariam os vinhos novos feitos na última vindima, mas a enologia não se compadece com os costumes. Um champanhe ou um Porto para brindar e dois tintos do Douro e dois do Alentejo para equilibrar.

Foto: Pexels
11 de novembro de 2022 | Augusto Freitas de Sousa

Herdade Grande Tinta Miúda 2020

O produtor António Lança apresentou um tinto feito exclusivamente de Tinta Miúda, uma casta improvável na Vidigueira. Normalmente é usada em lotes, mas na herdade, após várias vindimas em que ficaram sempre surpreendidos pela qualidade, decidiram apostar e engarrafar. A vindima foi manual e o desengace total. Fermentou em lagares de inox e estagiou em barricas de carvalho francês durante 12 meses. €23

Herdade Grande Tinta Miúda 2020
Herdade Grande Tinta Miúda 2020

Quinta Dona Matilde Porto Colheita 2013

Produzido a partir de uvas colhidas nas vinhas de baixa altitude da quinta. Os primeiros três anos em tonéis de carvalho e os seguintes em pipas de 600 litros. Envelhece pelo menos sete anos. A casa refere que o conceito é novo, pouco comum num tawny, aproximando-se das características de um LBV. Segundo engarrafamento em outubro de 2022 de cerca de 1200 garrafas. €36

Quinta Dona Matilde Porto Colheita 2013
Quinta Dona Matilde Porto Colheita 2013

Meandro do Vale Meão

Mark Squires da empresa Robert Parker disse que a este vinho, ainda que de uma colheita difícil, não lhe falta nada, atribuindo-lhe 90 pontos. A quinta do Vale Meão produziu este tinto com a castas Touriga Nacional (50%), Touriga Franca (35 %), Tinta Roriz (10%), Tinta Barroca (4%) e Alicante Bouschet (1%). Após o esmagamento as uvas passam por um choque térmico seguido de pisa a pé. As castas são vinificadas separadamente. Estagiou em barricas de 225 litros de carvalho francês. €13,50

Meandro do Vale Meão
Meandro do Vale Meão

Herdade Monte Branco 2019 Tinto

Um vinho produzido numa propriedade familiar de 200 hectares no Alentejo, dos quais cerca de 54 são de vinha. Destaque para as condições únicas para a produção de vinhos, sob restritas regras de proteção ambiental. Feito a partir das castas Touriga Franca (75%) Alicante Bouschet (15%) e Syrah (10%), fermentou durante sete dias em cuba e estagiou em barricas novas de 500 litros durante 12 meses. €28

Herdade Monte Branco 2019 Tinto
Herdade Monte Branco 2019 Tinto

Alice Reserva Tinto

O produtor de vinhos do Porto e do Douro, Vieira de Sousa, apresenta a nova colheita de 2021 (oitava edição deste DOC Douro) com enologia de Luísa Borges. Resulta de um blend de castas onde se destacam a Touriga Nacional, a Touriga Francesa, a Tinta Roriz e a Tinta Barroca, entre outras. A fermentação alcoólica decorreu de forma espontânea, em cubas de inox e estagiou em barricas de carvalho francês usadas durante oito meses. €9,80

Alice Reserva Tinto
Alice Reserva Tinto

Dom Pérignon Rosé Vintage 2008

É a segunda vez que a marca se une com a artista Lady Gaga para criar um champanhe depois de parcerias com artistas como Jeff Koons, Bjork, Lenny Kravitz ou David Lynch. Os responsáveis referem um diálogo de frescura e maturidade, sombras e luz. A casa refere ainda que no palato se sente uma base acídica que é a assinatura deste vintage feito da casta Pinot. A edição limitada resulta da parceria anunciada no ano passado. €475

Dom Pérignon Rosé Vintage 2008
Dom Pérignon Rosé Vintage 2008
Saiba mais Vinhos, São Martinho, Outono, Champanhe, Tinto
Relacionadas

Vinhos para antecipar os dias frios

A cerca de um mês para o início do Inverno, com as vinhas a descansar, começa-se a preparar o tempo que pede brindes caseiros. Um tinto de parcela do Douro e, da mesma região, um monocasta. Um branco topo de gama do Oeste e dois tintos de Alenquer e de Pias. Um espumante de Bucelas fecha o ciclo.

Mais Lidas
Sabores Vinhos para antecipar os dias frios

A cerca de um mês para o início do Inverno, com as vinhas a descansar, começa-se a preparar o tempo que pede brindes caseiros. Um tinto de parcela do Douro e, da mesma região, um monocasta. Um branco topo de gama do Oeste e dois tintos de Alenquer e de Pias. Um espumante de Bucelas fecha o ciclo.