Viver

Tudo o que precisa de fazer para ficar em forma em 2021

Não deixe para o ano que vem os objetivos que pode começar a cumprir agora. Sem pressas e sem desespero, comece hoje a trabalhar nas suas metas.

Rocky: Um lutador (1976)
Rocky: Um lutador (1976) Foto: IMDb
13 de janeiro de 2021 | Pureza Fleming

A grande maioria das resoluções de Ano Novo prendem-se com os seguintes temas: saúde, desenvolvimento pessoal e melhoria dos relacionamentos. Segundo o site LiveAbout, cerca de metade das resoluções mais comuns de Ano Novo estão relacionadas com a saúde, mais especificamente em áreas tais como a da alimentação, ou dos hábitos alimentares, o aumento do exercício físico e a diminuição do tabaco e do consumo de bebidas alcoólicas. Outros objetivos têm de ver com a área do desenvolvimento pessoal: economizar dinheiro, mudar de emprego, ler mais, aprender algo novo e tornar-se mais organizado, são alguns dos alvos apontados quando o tema é "Ano Novo, Vida Nova". Melhorar os relacionamentos entre família, amigos e parceiros românticos também são objetivos comuns. E, embora haja uma grande parcela de pessoas que acredita que vai alcançar os seus objetivos, outras há mais descrentes que pensam não vir a ter o sucesso desejado para as metas por si impostas. O motivo mais apontado para tal crença é a falta de força de vontade. Num artigo publicado no site Psychology Today, Michele Kerulis, formada em psicologia do desporto, dá algumas recomendações de como aumentar a confiança nas suas capacidades e assim conseguir alcançar o sucesso a longo prazo de cada vez que estabelece novas metas. Aquela psicóloga começa por relembrar que "desenvolver as resoluções de ano novo é uma maratona, e não um sprint. Leve o seu tempo, controle o seu ritmo e procure apoio de outras pessoas ao longo do caminho". Siga as indicações daquela psicóloga e cumpra as suas metas.

Plano de preparação

Assim que decidir que vai criar uma lista de resoluções de Ano Novo, tire algum tempo para perceber como é que outras pessoas foram bem sucedidas a alcançar objetivos semelhantes aos seus. O facto de planear o seu caminho irá fazer com que esteja preparado para os possíveis obstáculos que possam surgir. Por exemplo, se a sua meta é aumentar o exercício físico com o propósito de viver uma vida mais longa e saudável, escreva num cronograma específico quando e onde se vai exercitar. Tal pode incluir um número específico de dias por semana para ir ao ginásio ou praticar exercícios ao ar livre. Tenha um plano alternativo pronto para o caso de se atrasar para um treino ou se o tempo estiver mau, por exemplo. Equipamentos de fitness doméstico oferecem a possibilidade de fazer exercício a qualquer hora. O plano de preparação também inclui ter as suas roupas de treino prontas e ideias de refeições pré e pós-treino.

Reestruturação Cognitiva

A motivação pode variar dependendo de muitas coisas, como o estado do seu humor ou de situações que estão fora do seu controlo. Quando começar a pensar nessas imposições, em vez de no treino planeado, o mais natural é que se convença a parar de se exercitar. Frases como "Estou muito cansado", "Não estou com vontade" ou "É muito difícil" não precisam de limitar a sua capacidade de levar a sua mente de volta para um espaço positivo. Na terapia cognitivo-comportamental, recorre-se a uma intervenção apelidada de reestruturação cognitiva, que ajuda as pessoas a substituir os seus pensamentos negativos por afirmações positivas. Por exemplo, as frases citadas acima podem ser alteradas para:

Estou muito cansado - tenho menos energia hoje e farei o meu melhor durante o meu treino.

Não estou com vontade - terei uma sensação de realização quando terminar o meu treino.

É muito difícil - Isto será um desafio, e terei orgulho em mim mesmo de cada vez que fizer uma tentativa para alcançar esta meta.

É preciso esforço para reconhecer-se e reestruturar pensamentos negativos e, uma vez que se comprometa a focar-se nos aspectos positivos das suas resoluções de Ano Novo, irá começar a aprender como inclinar-se para mudar os seus pensamentos de auto-ajuda.

Planeie com terceiros

Compartilhar as suas resoluções com outras pessoas não só lhe dará responsabilidade perante estas, mas é também uma maneira de criar um sistema de apoio. Informe os seus amigos e familiares acerca das suas resoluções e converse com eles sobre formas específicas através das quais estes possam apoiá-lo perante os seus objetivos. Eles poderão fazer exercícios consigo, ligar para saber qual é o status das suas conquistas semanais ou compartilhar receitas saudáveis. Saber que outras pessoas estão lá para lhe dar apoio positivo e levantá-lo quando se sentir menos confiante pode ajudar a aumentar a sua motivação. Também pode ser um líder para os outros enquanto eles trabalham para alcançar as suas resoluções.

Por fim, entenda: os bloqueios e entraves fazem parte da vida e o GPS emocional pode ajudar a recalibrar e a redirecionar. Comemore os seus sucessos (por mais pequenos que sejam) enquanto trabalha no sentido de cumprir com as suas resoluções de Ano Novo. Seja gentil consigo mesmo e, ainda que tenha um desvio, pare, descanse e recomece a caminhada em direção aos seus objetivos. Parar para descansar não é morrer.
Saiba mais atualidade, ano novo, vida nova, 2021, resoluções, metas, saúde, desenvolvimento pessoal, relacionamentos, plano, cronograma, motivação, afirmações. rede de apoio, sucessos, reestruturação cognitiva
Relacionadas

Estes desportos são doidos

Está desculpado se nunca ouviu falar de bossball, hóquei subaquático ou chess boxing, mas existe toda uma gloriosa lista de desportos “diferentes” (vamos chamar-lhes assim) muito mais divertidos do que os chamados “normais”.

Mais Lidas
Viver Como a pandemia fez crescer o adultério

Flirtar através de sms, andar “à caça” nos sites de encontros, entusiasmar-se online… Sem que se passe verdadeiramente ao ato, engana-se o tédio ou testam-se os limites de um casal, e abre-se uma janela para os desejos mais profundos.