Prazeres / Sabores

Adega Cartuxa lança colheita limitada do emblemático Pêra-Manca tinto 2015.

De aroma complexo e intenso, a mais recente colheita do vinho Pêra-Manca tinto 2015 terá uma edição muito especial de 44 mil garrafas.

Foto: Adega Cartuxa
04 de outubro de 2021 | Ana Damião

Como é habitual, o Pêra-Manca tinto 2015, o emblemático vinho da Adega Cartuxa - Fundação Eugénio de Almeida, foi elaborado a partir de castas Aragonez e Trincadeira, em vinhas com mais de 35 anos.

Trata-se de um vinho de cor granada carregada, com um aroma forte, onde se sentem ameixas secas e morangos maduros, sendo ainda encontradas notas balsâmicas como alcaçuz, esteva e folha de tabaco.

Vinho Pêra-Manca tinto 2015.
Vinho Pêra-Manca tinto 2015. Foto: Adega Cartuxa

A par da colheita, foi igualmente lançado o novo site do Clube Pêra-Manca, que oferece aos seus sócios vantagens exclusivas e acesso a eventos privados na Adega Cartuxa.  É lá que o consumidor poderá validar a sua aquisição, pois cada garrafa do novo vinho apresenta um código único associado a uma imagem holográfica e a um QR Code de controlo, tendo-se assim a certeza de que o cliente comprou um Pêra-Manca tinto 2015 original.

Quanto à sua produção, o ciclo vegetativo da vinha decorreu sob condições de pouca humidade do solo e com temperaturas amenas no período de maturação. Tais condições permitiram uma evolução lenta até ao momento da vindima. A fermentação ocorreu durante um estágio de 18 meses em balseiros de carvalho francês, a uma temperatura controlada de 27 graus e remontagens manuais, ao qual se seguiram 48 meses em garrafa nas caves do Mosteiro de Santa Maria Scala Coeli, também conhecido como Convento da Cartuxa, em Évora.

Adega Cartuxa.
Adega Cartuxa. Foto: Adega Cartuxa

"O Pêra-Manca tinto 2015, pela sua concentração em taninos, cumpriu um estágio em garrafa um pouco superior ao habitual, de forma que, neste momento, apresenta-se num ponto de evolução que permite, desde já, mostrar o seu elevado potencial, deixando para os anos que se seguem a possibilidade de acompanhar um infindável conjunto de nuances que só os grandes vinhos possibilitam", afirma Pedro Baptista, diretor vitivinícola da Fundação Eugénio de Almeida e enólogo da Adega Cartuxa.

A nova colheita Pêra-manca já se encontra disponível pelo valor de €275.

Saiba mais Pêra-Manca tinto 2015, Adega Cartuxa, Fundação Eugénio de Almeida, vinhas, vinicultura, , Trincadeira, Aragonez
Relacionadas

Milionário brasileiro faz vinhos de topo no Douro

Rubens Menin e Cristiano Gomes prepararam-se para produzir uma gama de vinhos de topo no Douro. A escolha demorada e pormenorizada das quintas e das vinhas velhas foram os primeiros passos da Menin Douro Estates.

6 vinhos para experimentar no outono

Muitos lançamentos de vinhos mais correntes são das colheitas de 2020, que de uma forma geral foram mais produtivas do que em 2019. Notas e informação deixadas pelos produtores e enólogos destas novidades ou apenas novas colheitas no mercado.

6 vinhos para descobrir durante esta semana

Vinhos novos ou recentes lançados no mercado provenientes de várias regiões, castas e géneros. Uns mais novos, outros para envelhecer, o resultado das apostas de produtores e enólogos que contribuíram com as avaliações e notas.

Mais Lidas
Sabores As carnes mais nobres chegaram a Cascais

Inaugurado este verão, o restaurante Latina Grill apresenta uma seleção ímpar de carnes maturadas e de corte premium. O chef André Sá Correia é o líder desta proposta gastronómica que se destaca por mais razões do que apenas um bom naco.