Prazeres / Drive

Preço dos combustíveis. Mãos ao ar! O depósito ou a vida!

É um avião? Um míssil russo? O Super-Homem? Não! É o preço dos combustíveis. Já vinha subindo há bastante tempo, mas agora disparou de tal forma que poderemos vir a conhecer um choque petrolífero como o de 1973. Depois de dois anos de pandemia, o que faltava mesmo era um conflito militar – uma guerra, não tenhamos medo das palavras – a baralhar as cartas e a dar de novo.

Foto: D.R
11 de março de 2022 | Luís Merca

Sobe, sobe, combustível sobe!
A alta da cotação do petróleo já vinha de trás, não nasceu a 24 de fevereiro. Aliada à fiscalidade draconiana que impera há décadas em Portugal, foi sendo responsável pela subida do precioso líquido – sob a forma de gasolina ou de gasóleo – quase semana sim, semana sim. O nosso país, aliás, há muito que

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Saiba mais Drive, Carros, Combustíveis, Subida de preço
Relacionadas

BMW M: 50 anos (passam) a correr!

Além de fazer competir os carros do fabricante de Munique há 50 anos, a divisão M também constrói modelos BMW de alta performance. Venham os próximos 50!

Peugeot 104: o anti-R5 faz 50 anos

Em janeiro de 1972, os alarmes tinham soado em Sochaux: a Renault ia lançar o R5. Em setembro, a Peugeot apresentava o antídoto no Salão de Paris: o Peugeot 104.

Model 3, a conta que a Tesla fez

E fez muito bem, já que este modelo permitiu à marca norte-americana ganhar escala e não ser apenas “aquele fabricante dos carros acima dos 100 mil euros”. Além disso, ou muito devido a isso, o Tesla Model 3 é a menina dos olhos do ‘renting’ e das empresas.

Opel: 160 anos a fabricar... máquinas de costura?

Em 1862, Adam Opel fundava a fábrica que levaria o seu nome. E fabricou máquinas de costura com assinalável sucesso. Antes da viragem do século, em 1899, a empresa juntaria ao portfolio essa joia da modernidade, o automóvel. Mas Adam Opel já não assistiria a esse momento histórico.

“Estes portugueses são loucos!”

Nem Astérix o teria dito melhor: correr o Rally Safari Clássico num, perdão, em dois Renault 4L, é obra. E revela um espírito, como dizer, aventureiro, livre de quaisquer amarras e, porque não dizê-lo, um pouco... assim, pois.

Mazda2, híbrido mais híbrido não há

A silhueta inconfundível de um... Toyota Yaris (?) abriga a alma do Mazda2 híbrido. Não é ‘plug-in’, autocarrega-se em andamento, mas neste test-drive comprovou ser uma ótima estratégia. A Mazda levou o conceito híbrido ao extremo: é mesmo igualzinho a outro carro, é quase um híbrido duas vezes.

Mais Lidas
Drive Quem destruiu o Bugatti Veyron de Cristiano Ronaldo?

A estrela do futebol tem várias relíquias automóveis, mas ver um dos seus carros contra um muro nunca é ideal. Durante a ocorrência, o jogador estava de férias com a família em Palma de Maiorca para celebrar o aniversário do filho mais velho.