Prazeres / Artes

Manuel Aires Mateus assina coleção para a Viúva Lamego

A fábrica de cerâmica centenária uniu-se ao arquiteto português para uma colaboração inédita, de onde nasce uma coleção de azulejos. inspirada na tradição portuguesa.

A carregar o vídeo ...
28 de dezembro de 2020 | Rita Silva Avelar
A cultura de partilha que convida à experimentação e ao desenvolvimento de trabalho autoral é uma das grandes qualidades da Viúva Lamego. Com uma longa história na produção de azulejaria em Portugal, que atravessa séculos e tendências, a fábrica apresenta agora a sua mais recente coleção, desenvolvida pelo arquiteto Manuel Aires Mateus. Desta colaboração nasce um conjunto de de azulejos minimalista, em tons de branco, pensados para exteriores ou interiores.

"Esta coleção simboliza a relação que tenho com a Viúva Lamego desde há muitos anos. Através da experiência e conhecimento da Viúva Lamego, é possível construir este azulejo, trabalhando neste projeto a textura, o brilho, a artesania, assim como aspetos técnicos de resistência, garantia dimensional e estabilidade" resume o arquiteto, em comunicado de imprensa. 
Viúva Lamego x Manuel Aires Mateus
Viúva Lamego x Manuel Aires Mateus


Aires Mateus inspirou-se nas tradições portuguesas na azulejaria. “Associa-se o azulejo, enquanto material tradicional português, a uma memória de um desenho diferente.” explica o arquiteto. “Um desenho que encontramos na estereotomia de lajedos de pedras em edifícios clássicos, como as nossas igrejas, onde as pedras são dispostas em linhas contínuas, com diversos comprimentos.” Tal como os artistas que têm colaborado ao longo dos anos com os artesãos da marca, também Manuel Aires Mateus desenvolveu este trabalho num atelier próprio instalado na fábrica. 
Viúva Lamego x Manuel Aires Mateus
Viúva Lamego x Manuel Aires Mateus


Esta parceria é um dos exemplos que elevam a azulejaria ao plano da arte, uma premissa que está na origem da Viúva Lamego, fundada em 1849.

Veja o vídeo e descubra o resultado desta colaboração.
Saiba mais Manuel Aires Mateus, Viúva Lamego, Portugal, Arte, azulejaria, Arquitetura, Design, Estilo, Contemporaneo, Tradição, Português
Relacionadas

E se lhe disséssemos que os Beatles estão de volta?

Em 2021, conte com o regresso de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr. Falamos da estreia do documentário “The Beatles: Get Back”, obra do premiado cineasta Peter Jackson. Para já, podemos ver 5 minutos de pura emoção.

Mais Lidas
Artes Quem vai ser o próximo James Bond?

A estreia de 007: Sem Tempo Para Morrer foi adiada pela terceira vez, agora para abril de 2021. Já se sabe que Daniel Craig quer deixar o papel de James Bond, mas quem será o seu sucessor?