Estilo

A nova coleção da Hermès que ganha vida num clique

A marca francesa apresentou a coleção primavera-verão 2021 com uma performance ao vivo que poderá rever sempre que quiser.

A carregar o vídeo ...
07 de julho de 2020 | Vitória Amaral

Criada por Véronique Nichanian, a nova coleção pronto a vestir da Hermès para a primavera-verão de 2021 é um manifesto descontraído da leveza e simplicidade, com silhuetas intemporais, tecidos leves e cores frescas que unem o requinte à descontração. Dentro desta transversalidade, Nichanian mesclou as formas clássicas, dando origem a casacos com riscas que esperaríamos ver em camisas, e camisas que adotam um volume característico de um casaco. "Esta coleção é mais pequena do que o costume porque os nossos meios de produção habituais foram suspensos. Selecionei também dezoito silhuetas, enquanto normalmente selecionaria à volta de 40, em parte devido à natureza da performance", comentou a designer.

Com a colaboração artística de Cyril Teste, a nova coleção foi apresentada numa performance ao vivo intitulada "Hors-Champ", que nos leva pelo que seriam os típicos bastidores do mundo da moda, como o processo de preparação dos modelos e designers antes de apresentar uma coleção ao público. A performance estará disponível no site da Hermès e fará parte da Semana da Moda da Fédération Française de la Couture, estando por sua vez disponível no seu site oficial a partir do próximo domingo, 12 de Julho, às 19H00 de Portugal (20H00 de Paris).

Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Hermès primavera-verão 2021
Saiba mais Hermès, moda, desfile, nova coleção, primavera-verão, 2021, pronto a vestir
Relacionadas
Mais Lidas
Estilo Quais são os maiores luxos dos homens?

No princípio eram os relógios. Depois os carros. A seguir as máquinas fotográficas. E, agora, os gadgets de alto luxo. Só depois, muito depois, vieram os sapatos de ténis, os casacos, as T-shirts, os cremes - sim, os cremes. Os homens andam, há séculos, a abrir os cordões à bolsa, mas só recentemente assumiram o seu fascínio pelos pequenos luxos da Moda e da Beleza.