Viver

11 regras para trabalhar em casa (e não dar em maluco)

A sua empresa prepara-se para o mandar trabalhar para casa – se é que já não foi – mas fazê-lo pode não ser muito fácil, especialmente para quem não está habituado. Aqui ficam 11 regras para ser (ainda) mais produtivo.

Lion (2016)
Lion (2016)
13 de março de 2020 | Bruno Lobo

Milhares de portugueses preparam-se para ficar a trabalhar em casa, culpa do coronavírus, mas para quem não está habituado esta situação levanta uma série de desafios para os quais pode não estar preparado. Pior ainda, possivelmente nem sequer vai ficar sozinho em casa, mas partilhar o espaço com uma prole sem escola e aborrecida de morte à qual terá de dar atenção. Tudo isto enquanto procura cumprir com as suas obrigações. A situação promete ser explosiva, mas para o ajudar a sobreviver a esta quarentena aqui fica um conjunto de 11 regras salva vidas.

 

1. Crie rotinas de trabalho/estudo/diversão

Será provavelmente a regra mais importante, para que todos consigam manter a sanidade mental. Aproveite o estarem juntos para algum tempo de qualidade, fazendo jogos em família, puzzles ou qualquer outra atividade de que gostem. Mas crie horários muito específicos para trabalho e estudo. Idealmente, tente replicar os horários normais da escola e do trabalho. 

 

2. Limite os ecrãs

Todos conhecemos a tendência das crianças para passarem horas perdidas em frente a uma televisão, consola, telemóvel ou qualquer coisa que tenha um ecrã. Mas por muito tentadora que possa parecer a solução lembre-se dos avisos de todos os pedopsicólogos, e estabeleça tempos muito bem definidos para essas atividades.

 





3. Faça desporto

As idas ao ginásio estão riscadas, mas pode - e deve- aproveitar por exemplo o tempo que já não perde na viagem casa trabalho para sair e fazer algum tipo de exercício físico. O seu corpo agradece.

 

4.Tome banho

Pode parecer um conselho disparatado, mas acredite, que ao fim de algum tempo em casa é muito fácil relaxar e passar uma série de tarefas à frente da higiene diária: ‘é só acabar aquele relatório’. Não ceda, e faça questão de manter as mesmas rotinas e não andar o dia inteiro de pijama. Pelo menos agora já não precisa de vestir um fato e pode optar por algo mais confortável.

 

5. Mantenha o contacto

Trabalhar a partir de casa pode ser algo solitário, por isso mantenha as conversas em dia com os colegas. Encontrem-se se possível, resguardando-se com os conselhos da DGS, ou optem pelas chamadas, videochamadas e chamadas em grupo. Só para falar de coisa nenhuma…

 

6. Não vire uma fada do lar

Mesmo que seja um homem. É muito fácil cair na tentação de arrumar isto ou limpar finalmente aquele armário, porque tudo isso rouba horas preciosas de trabalho  ?  que só vai acumular!

 





7. Cuidado com a internet e redes sociais

Está a trabalhar a partir de casa, mas o pecado mora mesmo ao lado. Basta um pequeno click para se divertir com vídeos no YouTube ou perder-se nas redes sociais. E ainda por cima agora não corre o risco de ser apanhado. A ocasião faz o ladrão, pelo que precisa de muita disciplina para não cair nesta armadilha.

 

8. Estabeleça limites

Os chefes têm sempre a tendência de pensar que se estão a desleixar no trabalho, e os colegas ganham rapidamente horários próprios. Uns e outros vão começar a fazer pedidos ou a responder fora de horas. Não deixe. Estabeleça esses limites logo de início e responda apenas nas horas de trabalho normais.

 

9. Crie espaços próprios

Todos juntos, na mesma casa, 24 sobre 24, é um pouco claustrofóbico. Tente que cada um tenha o seu próprio espaço, mesmo que isso não seja fácil em apartamentos. Talvez o timesharing de uma divisão possa ser a solução. O importante é que todos tenham os momentos de privacidade a que estavam habituados.

 

10. Faça uma alimentação saudável

Está provavelmente a trabalhar a dois passos da despensa, que ainda por cima está cheia com toda a junk food que açambarcou no supermercado. Por mais tentador que seja levantar-se para ir buscar só mais uma bolacha, antes de colocar os nuggets no forno para o almoço, não o faça. Combata esta tendência e aproveite o tempo em casa para preparar refeições saudáveis. Pode até comprar um livro, e fazer disso um desafio familiar durante a quarentena.

 





11.Faça ainda mais exercício

Aproveitámos o tempo da viagem matinal que já não faz para praticar desporto, mas isso não é suficiente. Sobretudo para quem tem os miúdos em casa. O exercício é fundamental para combater o excesso de energia, que leva à irritabilidade por isso faça pelo menos mais uma pausa, ou termine o dia com mais um momento de exercício.

 

 

Saiba mais casa, isolamento, desporto, rotinas, banho, tempo, sobreviver, sanidade mental
Relacionadas

Como lidar com a ansiedade em tempos de covid-19?

Encarar o desconhecido não é fácil e pode gerar sentimentos de ansiedade ou mesmo depressão. Perante uma ausência de respostas é importante que se mantenha a calmo e que não permita que os sentimentos mais negativos levem a sua avante. Com o auxílio de uma psicóloga a Must dá uma ajuda nesse sentido.

Mais Lidas
Viver O que os homens não entendem nas mulheres

Para os homens, é roxo. Para as mulheres, também. Mas pode ainda ser lilás, magenta, lavanda, beringela… Este é apenas um exemplo subtil de como algo aparentemente simples pode ser entendido de formas diferentes – e dar azo a discussão. Voámos de Vénus a Marte para saber o que é que eles não conseguem perceber sobre elas. E, pelo caminho, ficámos com vontade de sussurrar: “You know nothing, Jon Snow.”