Prazeres / Lugares

Melides. Destino alentejano em expansão reconhecido pela Condé Nast

Entre a lista dos 23 melhores sítios do mundo para visitar em 2023 encontra-se um destino português. Em crescimento há vários anos e o preferido de alguns famosos (nacionais e internacionais), Melides é a escolha da Condé Nast Traveler.

Foto: Getty Images
30 de novembro de 2022 | Bianca Gregório com Rosário Castro.

Todos os anos a Condé Nast reúne os melhores destinos para apresentar aos seus leitores. Este ano a lista foi redigida - pela primeira vez - em conjunto com várias redações da Condé Nast Traveller, mais especificamente pelas edições inglesa, americana, espanhola e indiana. A versão espanhola afirma que a lista foi difícil de completar em 2022, tendo em conta todos os lugares únicos e inspiradores que se destacaram pela sua beleza, tranquilidade ou arquitetura.

A receita para a lista deste ano incluía ingredientes como sítios favoritos das redações, mas também algumas novidades. O que todos têm em comum? A classe e a capacidade de se reinventarem, mantendo sempre a sua essência.

Entre os 23 destinos apresentados, um deles é português. Falamos de Melides, no Alentejo litoral.

Melides é cada vez mais um sítio escolhido por turistas
Melides é cada vez mais um sítio escolhido por turistas Foto: Junta de Freguesia de Melides

Casa do designer Christian Louboutin, Melides tem vindo a crescer em turismo nos últimos anos por ficar localizada a meia hora da Comporta, lugar saturado por turistas e visitantes, mas também pela sua beleza única. É um local que prima pelo slow living, algo pelo qual os alentejanos são conhecidos - pela calma e inexistência de pressa no dia-a-dia. Daí ser um dos destinos prediletos de vários estrangeiros, que escolhem ir a Melides para descansar e desligar do trabalho. Foi, também assim, que começou com a Comporta.

Com um areal que vai de Tróia a Sines, Melides conta com extensos areais de praia – como é o caso da praia Galé, e cada vez mais sítios com uma arquitetura que vale a pena destacar. É o caso de Pa.te.os, um hotel do arquiteto Manuel Aires Mateus composto por quatro casas que têm vista para o lago de Melides, e rodeada de vários arvoredos. Apesar de estar num sítio que está virado para o Atlântico, este alojamento foi criado com influências mediterrânicas em mente. 

Pa.te.os tem uma arquitetura dominada por influências Mediterrâneas
Pa.te.os tem uma arquitetura dominada por influências Mediterrâneas Foto: @pa.te.os

O criador dos sapatos de sola vermelha também está a contribuir para o aumento de Melides com o nascimento de um hotel – Vermelho será o nome, e tem abertura prevista para a primavera de 2023. No coração da freguesia de Grândola - Melides - o hotel surge com base na ideia de "mudar tudo, para nada mudar", como afirma a Condé Nast Traveler espanhola, sobre as intenções de Louboutin. O hotel está a ser erguido no meio de vida selvagem, maioritariamente composta por vários tipos de árvores (carvalho, oliveira e cortiça) de forma a que a paz e a natureza características desta zona alentejana não desapareça, e sobreviva ao turismo. 

Melides é composto por um extenso areal de praias
Melides é composto por um extenso areal de praias Foto: Junta de Freguesia de Melides

Para além deste destino, ainda são mencionados na lista Zamora, em Espanha, Auckland, na Nova Zelândia, Marraquexe em Marrocos, Quénia,em África, Ilhas Turcas e Caicos, nas Caraíbas, e Gales, no Reino Unido.

Fique a conhecer a lista na sua íntegra, aqui

Saiba mais Lugares, Alentejo, Melides, Condé Nast, Condé Nast Traveler, Destinos, Férias, Loubotin
Relacionadas

9 Aldeias do Xisto para visitar uma vez na vida

Algures, no centro de Portugal, há lugares com cheiro a lenha e pão acabado de fazer, onde o tempo ainda corre ao ritmo da natureza. Na rede das Aldeias do Xisto, os saberes e tradições são o ponto de partida para partir à descoberta de um vasto e variado território, que nesta altura do ano ganha ainda mais encanto

Portugal eleito "destino tendência" para 2023

As ilhas portuguesas têm despertado o interesse dos utilizadores espanhóis e britânicos da plataforma de viagens Skyscanner, uma vez que estão entre os destinos com um maior aumento de pesquisas.

Mais Lidas