Prazeres

“O vinho é que manda”: Sogrape adia o lançamento do Barca Velha 2011

Já não vai haver Barca Velha este Natal! Dificuldades na extração das rolhas levaram a Sogrape a adiar o lançamento do vinho para proceder à sua substituição.

Casa Ferreirinha, Barca Velha 2011
Casa Ferreirinha, Barca Velha 2011 Foto: D.R.
29 de outubro de 2020 | Bruno Lobo

A Sogrape acaba de anunciar a decisão de adiar o lançamento do Barca Velha, colheita de 2011, cuja apresentação oficial tinha decorrido muito recentemente e da qual lhe demos conta aqui.

Em comunicado, a empresa, a maior do sector em Portugal, avançou com a "dificuldade em extrair as rolhas originais das garrafas" como justificação. Razão pela qual "decidiu rearrolhar toda a produção de 75cl de Barca-Velha 2011, procurando com isso preservar a longevidade do vinho e proteger a sua notoriedade e qualidade irrepreensível"

O processo obriga também a adiar a entrada do vinho no mercado por vários meses, certamente para o próximo ano, por forma a avaliar agora a sua evolução e "poder assegurar uma decisão confiante e definitiva relativamente a esta Colheita".

A MUST tínhamos dado nota máxima ao vinho, e a equipa de enologia considera fundamental garantir essa mesma qualidade. Como refere no mesmo comunicado o enólogo, Luís Sottomayor: "o Vinho é que manda". E parece que nem o Barca Velha quer nada com 2020! Ano mais ruim!

Saiba mais Barca Velha, Sogrape, economia, negócios e finanças, agricultura e pescas, vinicultura, vinhos
Relacionadas

Chegou o Barca Velha, o rei da vinha

“Chegou o Leão!” Boa frase para levantar qualquer sportinguista da cadeira, mas aqui não estamos para falar de futebol e sim para apreciar bons vinhos. O melhor de todos, dirão. O Barca Velha.

Mais Lidas
Gourmet Qual é o segredo do charme do Bairro Alto Hotel?

Não se pode dizer que os espaços de hotelaria abrem, hoje, à mesma velocidade que os de restauração. Mas a afluência turística elevou a qualidade da oferta a um patamar alto, na capital lisboeta. O que é que torna o reaberto Bairro Alto Hotel tão distinto, convidativo e, enfim, especial?