Viver

Cura para a ressaca é testada com sucesso na Finlândia

Um grupo de investigadores finlandeses acredita ter descoberto o que as pessoas passaram séculos procurando: uma cura para a ressaca.

Foto: Kelsey Knight / Unsplash
21 de agosto de 2020 | Bloomberg

Uma dose de 1.200 miligramas do aminoácido L-cisteína reduziu as náuseas e dores de cabeça relacionadas com álcool, enquanto uma dose de 600 miligramas ajudou a aliviar o stress e a ansiedade, de acordo com um estudo publicado na revista Alcohol and Alcoholism por investigadores da Universidade de Helsínquia e da Universidade do Leste da Finlândia

O estudo contou com 19 voluntários saudáveis do sexo masculino que consumiram doses de 1,5 gramas de álcool por litro de sangue durante três horas num ambiente controlado. Os indivíduos foram então solicitados a tomar placebo ou comprimidos de L-cisteína contendo suplementos vitamínicos.

Os investigadores dizem que, além de reduzir ou mesmo eliminar totalmente a ressaca, a L-cisteína também ajuda a "reduzir a necessidade de beber no dia seguinte", diminuindo assim o risco de dependência do álcool.

O consumo excessivo de álcool é comum na Finlândia, com mais de meio milhão de finlandeses considerados em risco de beber em excesso.

Os investigadores receberam financiamento da Catapult Cat Oy, que vende os suplementos de L-cisteína.

O estudo encontrou algumas dificuldades. Alguns participantes não conseguiram consumir todo o álcool necessário e tiveram que ser excluídos; alguns tinham níveis de tolerância tão altos que não sentiram sintomas de ressaca; e alguns foram excluídos porque insistiram em aumentar a dose indo para o bar, disse o investigador Markus Metsala à imprensa local.

Saiba mais Cura, Ressaca, Como curar uma ressaca, Alcool, Alcoholism, Finlândia, L-cisteína, Alcohol, Universidade de Helsínquia e da Universidade do Leste da Finlândia, saúde, investigação médica, ciência e tecnologia, Investigação científica
Relacionadas

Será que as ressacas pioram mesmo com a idade?

The struggle is real. Quanto mais velhos ficamos, mais doloroso se torna o day after”. Certo? Há quem julgue que sim, justificando-o com alguns factores de peso. Porém, outros defendem que a culpa não é da idade. Que, mais ano menos ano, uma ressaca será sempre uma ressaca. E que a culpa é sempre e somente do álcool ingerido, qual peso do tempo.

Truques para disfarçar uma ressaca

Decididamente não devia ter bebido tanto ontem à noite. Ou feito tanto disparate… Mas agora ninguém precisa realmente de saber o estado lastimável em que se encontra, e para isso basta seguir estes cinco pequenos truques.

Mais Lidas