Prazeres / Sabores

250 anos de maison Veuve Clicquot: do feminismo ao champanhe

Em homenagem à empresária Barbe Clicquot, a marca francesa lançou uma exposição itinerante e reinventou uma das suas coleções de champanhe. As celebrações contam com a participação de dez artistas, documentos inéditos e preocupações de sustentabilidade.

Foto: D.R
02 de agosto de 2022 | Ana Francisca Oliveira

O ano é 1772. Philippe Clicquot lança um novo champanhe na cidade de Reims, em França, negócio que mais tarde entrega à nora, Barbe Clicquot Ponsardin, que assumiu a empresa de família com apenas 27 anos. Numa altura em que as mulheres não podiam sequer ter uma conta bancária, ficou conhecida como La Grande Dame. Revolucionária num mundo masculino, tornou-se uma das primeiras empresárias femininas de sempre em França, e uma inovadora na indústria do champanhe – algumas das suas criações técnicas ainda são usadas hoje.

Em homenagem à La Grande Dame, ou Madame Clicquot como também ficou conhecida, e para celebrar os 250 anos da maison francesa, a marca criou a exposição itinerante Solaire Culture, que inaugurou em Tóquio, no Japão, a 16 de junho. Dez artistas mulheres foram desafiadas a criar uma obra original inspirada em Barbe, obras essas que fazem parte da mostra imersiva, ao lado de documentos históricos e uma garrafa de Veuve Clicquot original de 1840 descoberta no Mar Báltico, após um naufrágio. 
La Grande Dame
La Grande Dame Foto: D.R

A marca foi a primeira a vestir as suas garrafas de champanhe de amarelo, pormenor que mais tarde assumiu como marca registada. Para a reedição recente da coleção The Icons não foram utilizados plásticos, e as embalagens são agora 100% recicláveis e reutilizáveis. Esta coloca as garrafas de champanhe dentro de vários objetos, e em Portugal está disponível a Clicquot Ice Box, caixa criada em 2000, e inspirada nos origamis japoneses. Pode ser utilizada como caixa de gelo, e reutilizada até 10 vezes. 

É também possível adquirir o Clicquot Fridge, uma colaboração com a marca de eletrodomésticos SMEG, conhecida pelo seu design retro. O míni frigorifico é isotérmico (mantém a temperatura constante em ambiente fechado), e arrefece a garrafa até duas horas.

Clicquot Ice Box (disponível em exclusivo nos supermercados Apolonia, €55,75) e Veuve Clicquot Smeg Fridge Rosé (disponível em exclusivo no Club del Gourmet do El Corte Inglés, €81,50)
Clicquot Ice Box (disponível em exclusivo nos supermercados Apolonia, €55,75) e Veuve Clicquot Smeg Fridge Rosé (disponível em exclusivo no Club del Gourmet do El Corte Inglés, €81,50) Foto: D.R
Saiba mais Sabores, Inspiração, Champanhe, SMEG, Veuve Clicquot
Relacionadas

Do champanhe ao aperol. Bebidas frescas para aproveitar o verão

É natural que durante os meses de calor se alterem os hábitos da comida e bebida. De férias ou a trabalhar são as bebidas frescas e os pratos leves que ganham a preferência dos consumidores. Champanhe com gelo, “blanc de blancs”, receitas secretas, inovações e tradição. Opções que celebram o verão.

Mais Lidas
Sabores Vinhos jovens ou envelhecidos?

Numa altura em que se comemora o Dia Internacional da Juventude, há sugestões de vinhos – onde a idade importa – para novos consumidores e para os mais conhecedores.

Sabores Bons vinhos para atualizar a garrafeira em agosto

As vinícolas não podem parar e há quem lance novidades. Um branco e um rosé, ambos reservas, um do Douro e outro do Dão, um espumante de Vinhão dos verdes, um branco que já é quase um clássico e dois vinhos do Porto para fechar em beleza.