Estilo / Relógios e Jóias

A quinta maravilha da TUDOR

O modelo Black Bay P01 ganhou prémio Challenge no Grand Prix d'Horlogerie, em Genebra, a quinta distinção recebida pela marca nos últimos sete anos de participação.

27 de novembro de 2019 | Vitória Amaral

Este ano, a TUDOR expandiu a linha Black Bay com o lançamento do Black Bay P01. Este é uma reinterpretação moderna do primeiro relógio de trabalho naval da marca (o 7922, lançado em 1954) utilizado pela Marinha Norte-Americana e de uma série de protótipos lançados ao longo dos anos 60 cuja precisão e configuração dariam origem a um novo modelo multifunções. Este ano, nasceu o Black Bay P01, um cruzamento entre relógio de mergulho e relógio de vela. Captando o espírito desportivo característico da marca relojoeira, o modelo adapta-se facilmente a qualquer actividade física em qualquer clima, sendo estanque até aos 200 metros de profundidade.

Black Bay P01 da TUDOR
Black Bay P01 da TUDOR

Esta nova aposta da TUDOR garantiu à marca suíça o quinto prémio recebido em sete anos de participação no Grand Prix D’Horlogerie em Genebra, Suíça, que decorreu no passado dia 7 de novembro. A TUDOR foi criada em 1926 pelo fundador da Rolex, Hans Hilsdorf, com o intuito de fabricar relógios com a qualidade dessa marca de luxo, mas a um preço mais acessível. De entre as linhas já premiadas ao longo do tempo destacam-se a Pelagos e a Black Bay.

Saiba mais Grand Prix d'Horlogerie, Genebra, challenge, relógio, tudor, black bay, relojoaria, estilo
Relacionadas

O relógio de mergulho do ano

O modelo Seiko Prospex Diver, da linha LX, ganhou o prémio de Melhor Relógio de Mergulho no Grand Prix de Horlogerie, em Genebra.

Mais Lidas
Relógios e Jóias Das 9 às 5

Os fatos inspiram as silhuetas da mais elegante business woman sem perder a elegância. Os acessórios são mais que nunca fundamentais para tornar o look ainda mais feminino.