Estilo / Moda

O top 7 para elas

O inverno de 2019 será uma estação de contrastes. Se por um lado os designers enalteceram uma burguesia tradicional, por outro deslumbraram com os vibrantes anos 80, tudo em nome de uma mulher que sabe o que quer.

30 de outubro de 2019 | Maria A. Ruiva
1 de 7 /

Bourgeois | Os códigos de elegância de estilo estão de volta depois de varias estações com uma moda mais conceptual. A silhueta burguesa dos finais dos anos 70 com cortes impecáveis e coordenações coerentes marcam a estação | Celine – Balenciaga

2 de 7 /

Pied de poule | O tecido mais marcante dos anos 60, reveste, fatos tailleurs e grandes sobretudos, um statement de estilo | Chanel – Gucci

3 de 7 /

Capas | Uma das peças com mais historia, sempre foi livre de género, mas esta estação surge mais dedicada ao vestuário feminino, e tanto pode ser de lã como de malha, lisa ou com os estampados mais sensuais e misteriosos | Miu Miu – Marc Jacobs

4 de 7 /

Calças pele | Outrora parte do guarda-roupa de tribos urbanas, as calças de pele, ganham elegância no corte e passam a pertencer à categoria de indispensáveis de qualquer mulher com atitude e personalidade, adaptando-se a qualquer ocasião | Bottega Veneta – Tom Ford

5 de 7 /

Fatos | Com linhas direitas e toques de alfaiataria masculina são indispensáveis nos materiais mais tradicionais, sejam com saia ou calças | Tibi – Michael Kors Collection

6 de 7 /

Disco | Os brilhantes anos 80 estão de volta, com todas as lantejoulas e assimetrias e podem ser usados com classe e elegância sem se tornarem demasiado exuberantes | Chanel – Saint Laurent

7 de 7 /

Ombros Largos | Silhuetas com proporções mais relevantes nos ombros revelam-se pelos chumaços ou por folhos e sobreposições que acentuam a cintura marcada | Givenchy – Louis Vuitton



Saiba mais tendências, estilo, moda, moda feminina, inverno, 2019
Relacionadas
Mais Lidas
Moda Black is Beautiful

Diz-me a quantidade de cor preta que figura no teu guarda roupa, dir-te-ei quem és? Quem usa preto é, necessariamente, uma pessoa angustiada? E representará, obrigatoriamente, uma alma de artista? Uma coisa é certa: elegância não lhe falta, atitude é sempre certa e segurança nem se fala. É vestir para crer (e, quem sabe, nunca mais querer largar).

Moda O bom e o mau dos Globos de Ouro 2020

Numa passadeira vermelha sem grandes sobressaltos, os looks masculinos tinham uma alfaiataria irrepreensível e estiveram na sua maioria dentro do politicamente correto e apropriado para a ocasião – Wesley Snipes tirando um ou outro erro na escolha de acessórios.

Moda Onde estão os supermodelos masculinos?

Dúvidas houvesse, os números comprovam-no: na profissão de modelo, as mulheres superam os homens, seja no lucro obtido, seja no sucesso alcançado. Por isso, as top models são quase incontáveis e os homólogos contam-se pelos dedos das mãos no mundo da moda. Ao contrário do que canta James Brown, este não é um mundo de homens.