Estilo / Beleza & Bem-Estar

Era capaz de usar estes auscultadores?

A Dyson lançou um par de auscultadores com cancelamento de ruído que funcionam também como purificador de ar. Mas o aspeto final é, no mínimo, bizarro.

A carregar o vídeo ...
03 de maio de 2022 | Bruno Lobo

Todos conhecemos a Dyson. Fazem os melhores aspiradores, secadores para o cabelo e purificadores de ar lá para casa, mas desta vez aventuraram-se no mundo dos wearables e o resultado saiu assim como que para o esquisito…

Como ideia, os Dyson Zone – é esse o nome − são geniais pois apresentam, pela primeira vez, uns auscultadores sem fios, com cancelamento ativo de ruído, que oferecem também filtragem de ar incluída. Ou seja, por um lado protegem os nossos ouvidos (e cérebro) da cacofonia do exterior, permitindo ouvir música ou falar ao telemóvel, e por outro apresentam uma máscara de filtragem de ar que nos ajuda a proteger de toda a poluição urbana, ácaros e pólenes que provocam alergias, mais um sem número de vírus que passeiam pelo ar.

Dyson
Dyson Foto: D.R

Parece que foram feitos para tempos de pandemia, mas na realidade os Zone não substituem as máscaras e o processo de desenvolvimento é até bastante anterior à chegada da covid-19. A empresa inglesa demorou cerca de seis anos a desenvolver estes headphones, sobretudo para acertar na forma de manter o ar limpo a circular junto da boca e nariz, permitindo-nos respirar de forma absolutamente normal. Durante esses seis anos desenvolveram mais de 500 protótipos, mas infelizmente parece que não acertaram na beleza de nenhum.

Dyson
Dyson Foto: D.R



Aparentemente, aquela viseira central – fundamental para manter o ar purificado a circular na zona da respiração mesmo em situações de muito vento – é extraível, o que deixa os Zone com um ar mais normal. Ainda assim, não há forma de dissimular as grandes caixas dos headphones – em formato XXL para albergar as diferentes filtrações. Na Dyson gostam de se assumir como uma empresa de "engenheiros", entendendo-se como algo de positivo, porque estão mais centrados na inovação e na eficácia dos seus produtos do que no marketing. Mas se até agora isso nunca se revelou um problema, neste caso talvez não tivesse sido um erro contratar uma equipa de "designers" para dar uma mãozinha. Recorda-nos a adivinha sobre Deus, o criador do homem e da mulher, ser engenheiro ou arquiteto. A resposta é obviamente engenheiro, porque um arquiteto nunca colocaria a zona da sanita tão perto da zona de prazer…

Dyson
Dyson Foto: D.R

Ainda assim, não queremos tirar mérito ao produto, algo que nos parece evidente. Especialmente depois de espirrar várias vezes ao escrever este artigo. Malditas alergias! Na verdade, pode ser dos olhos turvos ou da sonolência dos anti-histamínicos, mas estes Dyson Zone parecem-nos cada vez mais atraentes.

Saiba mais Atual, Bem-estar, Auscultadores, Dyson
Relacionadas
Mais Lidas