Viver

Por que é que a quarentena não dura 40 dias?

Originalmente, as quarentenas têm a duração de 40 dias, mas nem sempre é bem assim.

Foto: Unsplash
02 de abril de 2020 | Mariana Dias

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda-se a todos os cidadãos que já estão infetados ou que tenham estado em contacto com alguém já infectado com o novo coronavírus, para se manterem em quarentena durante um período de 14 dias, não de 40. Mas porque chamamos quarentena a um período de isolamento que não dura quarenta dias?

No Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora, o primeiro significado que aparece para a palavra "quarentena" é: "período de isolamento imposto a pessoas portadoras ou supostas portadoras de doenças contagiosas". No entanto, acrescenta que estar em quarentena também é definido por "período de quarenta dias", embora esse significado só apareça em terceiro lugar. Porém, no mesmo dicionário, em segundo, aparece a seguinte definição: "período de quarenta dias durante o qual pessoas, animais, navios e outros veículos procedentes de países infetados de doenças epidémicas, tinham de ficar incomunicáveis em lugar isolado". O que nos permite finalmente responder à questão inicial.

Para compreendermos melhor, temos de recuar no tempo, à origem bíblica da palavra. Foram 40 os dias que Jesus passou em jejum no deserto e foram por isso 40 os dias de isolamento determinados num séc. XIV tragicamente afetado pela peste negra.

As máscaras que os médicos usavam durante a peste negra
As máscaras que os médicos usavam durante a peste negra Foto: Unsplash





Passou, assim, a determinar-se que o período de isolamento em caso de doenças epidémicas, deveria ser de quarenta dias, aplicando a regra, por exemplo quando os navios tinham que ancorar numa cidade durante 40 dias antes que a tripulação e passageiros pudessem desembarcar. Assim sendo, a denominação de quarentena tornou-se oficial dos séculos seguintes e mantém-se até hoje.

No entanto, graças à evolução da ciência e do conhecimento, nem tudo depende de definições e nem todos os vírus são iguais. Por esse motivo, nem todas as quarentenas são necessariamente de 40 dias.

Ou seja, o tempo de quarentena de cada doença vai depender de quanto tempo o agente patológico (aquele que causa a doença) demora manifestar-se no organismo. No caso do Covid- 19 esse período é de 14 dias uma vez que são esses os dias que podemos demorar até ter os primeiros sintomas.

Por essa razão, as autoridades de saúde deliberaram que esse seria o período indicado, para assim, conseguirem controlar melhor a propagação do vírus, e manterem o máximo de pessoas fora das redes de contágio

Saiba mais quarentena, significado, Covid-19, peste negra, bíblia, duração, virús, isolamento
Relacionadas

Na tua House Party ou na minha?

Nada se coloca entre um solteiro e a sua aplicação de dating online. Encontros por facetime, drones com mensagens – nem mesmo a maior pandemia mundial veio abrandar o nosso desejo mais fundamental, o de sermos amados.

Até os ricos ficam em terra por causa do novo coronavírus

Empresas de jatos particulares têm recusado clientes ricos, pois as proibições de viagens relacionadas com o coronavírus limitam a capacidade de operação. Isto apesar do cada vez maior número de pessoas dispostas a desembolsar até 150 mil dólares para garantir uma vaga nos aviões.

Mais Lidas
Viver T2 no centro de Lisboa a €250? Em breve vai ser possível

O projeto de regeneração da Rua de São Lázaro vai colocar imóveis T0 a T2 modernos, com rendas acessíveis que variam entre os €100 e os €350. A requalificação da rua visa também a criação de uma zona residencial de qualidade, que tenha espaços públicos favoráveis.

Viver "A Airbnb precisa de mudar. Temos de regressar ao essencial"

A Airbnb sofreu um golpe de mil milhões de dólares com a pandemia — enquanto enfrentava acusações de fomentar o aumento das rendas e incentivar o turismo excessivo. O seu cofundador, Brian Chesky, conversou com John Arlidge sobre como a sua empresa perdeu o rumo — e o que vai fazer para retomá-lo.