Prazeres / Artes

Revelada a frase que Edvard Munch escondeu no seu quadro mais famoso

É um mistério que atravessa várias décadas, mas acaba de ser desvendado. Além de ter sido o próprio a escrever a frase, esta revela muito do que sentia acerca do mundo artístico e dos seus apreciadores - especialistas ou não.

Foto: NATIONAL MUSEUM OF NORWAY
22 de fevereiro de 2021 | Rita Silva Avelar

Há várias décadas que investigadores e especialistas em história de arte especulam sobre a frase, praticamente imperceptível, desenhada no canto inferior esquerdo de O Grito, de Edvard Munch, que data de 1893. O quadro, que abriu caminho ao Expressionismo, criou uma das imagens mais usadas para representar a ansiedade e a saúde mental. Escrita a lápis, sabe-se agora que a frase diz: "Só podia ter sido pintado por um homem louco!", e que foi escrita pelo próprio pintor norueguês, como avança uma curadora ao The New York Times.

Até então, especulava-se sobre a possibilidade de se tratar de um ato de vandalismo, mas os curadores do Museu Nacional de Arte, Arquitetura e Design da Noruega, em Oslo, garantem que o mistério foi desvendado sem margem para dúvidas, após uma análise muito delicada e detalhada com recurso a uma tecnologia de infravermelhos. Conclui-se assim que as palavras são mesmo da autoria do famoso pintor.

A olho nu, a frase é praticamente imperceptível na obra, que à data da sua exposição, no fim do século XIX, gerou uma onda de comentários sobre Munch, sobretudo sobre a sua saúde mental. Segundo a informação que consta nos seus diários e cartas, o artista sentiu-se revoltado e magoado por essa reação e pode ter sido por isso que acrescentou a frase à pintura, já depois de finalizada.

Ao longo da sua vida, o pintor norueguês debateu-se com problemas de ansiedade, depressão e alcoolismo, e passou alguns anos internado numa clínica psiquiátrica, após ter sofrido um colapso nervoso, em 1908. 

O quadro, que tem sido submetido a vários trabalhos de restauro, deverá voltar a ser exibido em 2022, no Museu Nacional de Arte, Arquitetura e Design da Noruega.

Saiba mais Edvard Munch, Expressionismo, The New York Times, artes, cultura e entretenimento, pintura, Frase
Relacionadas
Mais Lidas
Artes Como comprar arte acessível pela net

Está desejoso de melhorar a imagem de fundo que mostra no Zoom ou apenas quer ver coisas bonitas? Mais tempo em casa significou um aumento das compras online de arte – mas, por onde começar? Phoebe McDowell apresenta-lhe um guia de conhecedora.