Viver

Três passos infalíveis para alcançar o sucesso

Há três coisas que deve parar de fazer se quer conquistar os seus objetivos.

Foto: Pexels
28 de fevereiro de 2020 | Aline Fernandez

Compromissos. Uma grande palavra que exige também um grande esforço para percebê-la completamente. Alcançar o sucesso implica, inevitavelmente, abdicar de uns copos à noite e também ser indiferente às críticas não-construtivas. E se há uma grande razão para fazer escolhas é o facto da energia diária ser limitada – não adianta abraçar o mundo com todo o corpo, num determinado momento este vai cansar-se.

Lembre-se: invista a sua energia (física, mental e social) no que contribuirá para o seu futuro. Aqui estão algumas das coisas práticas que terá de deixar de fazer para chegas às suas metas:

1- Ter medo da incerteza. Pode ter a certeza que nada nesta vida é garantido. Criar um negócio próprio ou iniciar uma carreira totalmente diferente não significam que está a seguir pelo caminho certo. Se a certeza é uma ilusão, é por isso mesmo que não pode deixar que ela o impeça de nada. Não sofra por antecedência e não chore por um fracasso que ainda não cometeu. Arrisque com tudo.

2- Ignorar os seus sentimentos. O medo aponta para o que mais importa, a raiva geralmente alerta uma fraqueza e a ansiedade grita quando precisa de encontrar equilíbrio. Há muito que lhes devia estar a dar a devida atenção. Se quer seguir em frente, precisa de aprender a ouvi-los e perceber o que realmente é melhor para si.

3- Fingir que os seus problemas não existem. Dívidas, problemas amorosos, familiares e hábitos prejudiciais à saúde… Crie uma visão mental do que precisa de mudar já para que a sua vida seja transformada para o bem. E seja honesto consigo mesmo, porque fingir que nada acontece só vai piorar as coisas.

Saiba mais dicas, sucesso, compromisso
Relacionadas

Conduza uma reunião de trabalho sem perder tempo

A vida são dois dias. Uma reunião mal preparada e conduzida podem ser três ou mais. Descubra como evitar o desperdício de tempo e de energia, e consiga conduzir reuniões eficazes com resultados que falam por si.

Os sórdidos segredos de Silicon Valley

Os clubes de bondage, à hora do almoço. As sex parties, à noite. Não porque o sexo seja, talvez, o melhor modo de estar em forma e de queimar calorias. Uma reportagem jornalística, publicada no livro Brotopia, revela os escândalos sexuais da indústria da tecnologia e fez manchetes, na América. Emily Chang, a mulher que denunciou esse mundo de devassidão, fala-nos, aqui, de orgias, de sexismo, de machismo e de prepotência em Silicon Valley.

Juan Gabriel Vasquez, O Informador

Tem 47 anos, um passaporte cheio de carimbos e duas filhas à espera, no regresso a casa, na sempre desconcertante Colombia. Escritor convicto e leitor apaixonado, o autor de O Barulho das Coisas Antes de Cair ou A Forma das Ruínas, obras distinguidas com um coro de elogios e vários prémios, passou por Lisboa para regressar à sua primeira obra, Os Informadores.

Mais Lidas
Viver Vendas de papel de parede aumentam por causa da Covid-19

O interesse repentino na cor do papel de parede deve-se ao aumento das reuniões em videoconferência. Ou então ao facto das pessoas passarem mais tempo a olhar para as suas paredes. Qualquer que seja a razão, a MUST reúne as melhores opções para a casa.