Viver Que futuro para Elon Musk?

Ataques no Twitter, consumo de “erva” e a perda de mil milhões de libras em ações da Tesla num só dia… Estará o visionário da Tecnologia a ser inspirado pela queda livre do Homem de Ferro? Um ano depois, recordamos a reportagem de Nick Rufford para antecipar um 2020 que se prevê de grandes mudanças para Musk.

Viver Como será o mundo em 2045?

Tudo o que precisava era de um boost de boa disposição? Há um conjunto de emoções disponíveis online para que o seu dia não seja prejudicado pelo seu humor. E esta é apenas uma das conjecturas acerca do que será o mundo daqui a 25 anos.

Viver Chamem-me Mr. Monaco, o melhor amigo dos milionários

Se quiser dar uma festa para multimilionários, vai precisar de champanhe vintage, de mulheres jovens e muito sensuais e de um iate de luxo. E, eventualmente, de incluir um atleta olímpico ou um astronauta na lista de convidados. Isto, de acordo com Nicholas Frankl, que se define como um “conector”, um homem que estabelece contactos UHNW*. Só visto!

Artes O bad boy da arte britânica

Tem um museu e divide os críticos como ninguém. Comercial, fraude, génio? Aqui, Damien Hirst fala de tudo o que lhe tem acontecido desde que se tornou famoso. As tremendas bebedeiras incluídas… Recordamos o artigo publicado na MUST em 2018.

Viver Amazon, mais um dia no domínio do mundo

A Amazon é alvo de críticas por recorrer a métodos legais para pagar menos impostos, explorar trabalhadores e estar a acabar com as lojas de comércio tradicional. Como o seu proprietário se tornou o homem mais rico do planeta, o preço a pagar pela conveniência não será demasiado elevado? Recordamos o artigo publicado na Must de setembro de 2018

Viver Anos dourados, as festas que ninguém esquece

Tendo como ponto de partida “a maior festa do mundo” dada pelo Xá da Pérsia, em 1971, recordamos as que foram oferecidas por grands seigneurs nos anos 60 e 70, nesta época em que se festeja a passagem do ano. Ao refinamento de antes sobrepôs-se a riqueza, ao chique o novo-riquismo, à imaginação o trivial, à exclusividade a mundanidade e ao bom gosto a quase vulgaridade. As verdadeiras grandes festas esfumaram-se. Mas não na nossa memória.

+Carregar mais