Prazeres / Drive

Dior alia-se à Vespa para desenhar uma scooter de sonho

A colaboração Dior x Vespa reinventa o espírito de liberdade, movimento e expressão que move ambas as marcas e materializa-os num modelo de scooter único da Vespa 946.

A carregar o vídeo ...
15 de junho de 2020 | Rita Silva Avelar

O que têm em comum a francesa Dior e a italiana Vespa? Além de terem sido fundadas no mesmo ano, em 1946, estão ligadas pelo desejo inabalável de inspirar uma nova, brilhante e inspiradora visão do mundo a cada nova criação.

Foi a partir desse desejo que a Vespa 946 Christian Dior ganhou forma. A sua arquitetura minimalista e linhas gráficas subtis prestam homenagem ao património das duas marcas europeias. Símbolo de requinte, este objeto de desejo reflecte o seu compromisso comum com a excelência do savoir-faire e a arte virtuosa do detalhe.

A versão contemporânea da icónica Vespa 946 - apresentada pela primeira vez em 2012 em Milão e reconhecida pelas suas curvas elegantes e pela inovação tecnológica - ganhou agora um novo modelo desenhado por Maria Grazia Chiuri, diretora criativa das coleções femininas da Dior. A scooter é fabricada em Itália, com os padrões de exigência, empenho e precisão de um atelier de alta costura.

Este modelo diferencia-se pelo famoso tecido e padrão Dior Oblique - desenhado por Marc Bohan em 1967 – que surge no porta-bagagens e também no capacete. A Vespa 946 Christian Dior é uma edição limitada, e será lançada na primavera de 2021 nas boutiques Dior de todo o mundo e posteriormente numa seleção de lojas Motoplex do Grupo Piaggio.

 

Saiba mais Christian Dior, Vespa, Scooter, Christian Dior, Vespa 946, Modelo, Lifestyle, Conduzir, Marc Bohan, Dior Oblique
Relacionadas
Mais Lidas
Drive Electric dreams, a nova Harley elétrica é mesmo um sonho

Rebeldia, liberdade à americana, tradição e, agora, eletricidade. A Harley-Davidson estreou, este ano, a sua primeira mota totalmente elétrica, a LiveWire. Como se não bastasse de estreias modernas, lançou também o seu primeiro modelo de aventura, a imponente Pan America. A lendária Harley está viva e recomenda-se.