Lugares

O primeiro palácio real chegou ao Airbnb

Uma das suítes no palácio da cidade de Jaipur, um edifício de 300 anos onde vive a realeza indiana, está agora disponível no site de alojamento temporário.

Foto: Airbnb
29 de novembro de 2019 | Vitória Amaral

Pela primeira vez na história, a realeza chegou ao Airbnb. A partir de 1 de Janeiro, a suíte Gudliya, do palácio citadino que pertence à família real de Jaipur, vai estar disponível por à volta de 8 mil dólares por noite (quase 7 273 euros) no site. Jaipur é a capital do estado indiano do Rajastão e, como seria de esperar, este edifício icónico (construído em 1727 pelo marajá Sawai Jai Singh II, fundador da cidade) é um marco da arquitetura Rajput do século XVIII. O valor excedente aos 8 mil dólares será doado à Fundação Princess Diya Kumari, uma organização sem fins lucrativos dedicada a apoiar as artesãs e mulheres nas áreas rurais do Rajastão.

Palácio de Jaipur
Palácio de Jaipur Foto: Airbnb

Dentro de uma das alas privadas do palácio, a suíte tem sido usada pela realeza e convidados, entre eles o Príncipe Carlos, mas nunca tinha estado disponível ao público, como acontece agora. Os interiores incluem aposentos majestosos e ornamentados, corredores amplos e arejados, candelabros de cristal, decorações sumptuosas esculpidas nas paredes, sendo que o extenso edifício inclui até um museu internacionalmente reconhecido. A suíte oferece um lounge privado, cozinha, casa de banho de luxo e até uma piscina de interior. Os convidados serão acompanhados de um mordomo privado e de um guia que organizará experiências minuciosamente curadas pela cidade, desde visitas a museus até tardes de compras. Já as opções de refeição são de deixar água na boca: a comida tradicional da zona podem ser servidas num terraço com vista para os montes Aravalli, e o chá da tarde pode ser tomado na companhia do pavão que vive nos jardins do palácio. O anfitrião é o Marajá de 21 anos, Padmanah Singh, sucessor do seu avô em 2011, cuja família está no poder há quase um milhar de anos.

Palácio de Jaipur
Palácio de Jaipur Foto: Airbnb
Palácio de Jaipur
Palácio de Jaipur Foto: Airbnb
Palácio de Jaipur
Palácio de Jaipur Foto: Airbnb

 

Saiba mais Jaipur, palácio, Airbnb, alojamento, viagens, India, Marajá, Família Real
Relacionadas

Os refúgios de Mr. Coppola

Além de realizador de cinema consagrado, Francis Ford Coppola é também um mestre na arte de bem receber. Tem um conjunto de cinco hotéis e resorts em cenários exóticos e paradisíacos onde cada visitante pode escrever a sua própria história.

Os refúgios dos playboys e dos magnatas

Paris, Cap d’Antibes, Veneza, Rio de Janeiro, Capri, Gstaad, Mustique, Sain-Tropez ou Acapulco eram alguns dos redutos ou refúgios de sonho de estrelas de cinema, de herdeiros, de magnatas, de aristocratas e de playboys, nas décadas de 1950 a 1970. A aviação comercial foi crucial para o desenvolvimento das viagens de luxo dos happy few, antes que esses lugares míticos tivessem ficado abarrotados de turistas e os aviões se tivessem transformado em meros autocarros aéreos.

As casas dos magnatas da tecnologia

A maioria dos titãs do mundo da tecnologia tiveram começos humildes e difíceis, mas não se deixe enganar: hoje milionários, muitos têm casas sumptuosas, embora outros gostem de se manter modestos.

Quer dormir em Downton Abbey? Está no Airbnb

Dois fãs de Downton Abbey terão a possibilidade de viver como um Crawley durante uma noite quando o Highclere Castle, o principal local de filmagem do drama vencedor do Emmy, for anunciado no Airbnb.

Mais Lidas
Lugares Os melhores destinos de férias para 2020

Resort ou safari? Praia idílica ou montanha aventureira? É sempre um desafio escolher o próximo destino de férias. É por isso que adoramos listas de destinos, como a última selecção “top 10” da revista de viagens Condé Nast Traveller.

Lugares As casas dos magnatas da tecnologia

A maioria dos titãs do mundo da tecnologia tiveram começos humildes e difíceis, mas não se deixe enganar: hoje milionários, muitos têm casas sumptuosas, embora outros gostem de se manter modestos.