Estilo / Moda

Estes sapatos não são para 'betinhos'

Os sapatos de vela estão a regressar à ribalta e agora mais cool do que nunca.

26 de junho de 2020 | Ana Campos
Foto: Getty Images
1 de 14 / O ator Errol Flynn em 1941.
Quando surgiram nos anos 30 do século XX, criados pelo americano Paul A. Sperry, os sapatos de vela tinham características únicas, com a sola branca (para não marcar os barcoss) e pequenos cortes que tornavam este o modelo o perfeito para se poder movimentar no deck. Durante muito tempo esta era a escolha dos marinheiros.
Foto: Getty Images
2 de 14 / O boxer Ezzard Charles em 1950
Foto: Getty Images
3 de 14 / O designer Gianni Versace em 1980
Nos anos 70, começam a ser usados também nas zonas costeiras no dia a dia, e nos anos 80 e 90 passam a ser uma tendência de moda com um certo status, que mostrava que se andava de barco.
4 de 14 / Desfile da Loewe Verão 2020
Depois de vários anos com má falma, os sapatos de vela regressaram às passerelles. Quando bem conjugados, são um símbolo de personalidade e muito estilo.
5 de 14 / Sapatos em pele, € 120, Sperry
6 de 14 / Sapatos em tela e pele, € 494, Gucci
7 de 14 / Sapatos em camurça, € 153, Sebago
8 de 14 / Sapatos em pele com tachas, € 795, Christian Louboutin
9 de 14 / Sapatos em camurça, € 350, Loewe
10 de 14 / Sapatos em pele, € 1150, John Lobb
11 de 14 / Sapatos em pele, € 230, Tommy Hilfiger
12 de 14 / Sapatos em camurça, € 550, Brunello Cucinelli
13 de 14 / Sapatos em camurça e pele, € 173, Quoddy
14 de 14 / Sapatos em pele envernizada, € 19,95, Zara


Saiba mais Sapatos de vela, tendência, Gucci, Tommy, Sebago, Guia de Compras
Relacionadas

Estes relógios são um assunto de família

Três homens da família Scheufele reuniram-se em torno de um relógio icónico dos anos 80 para lhe dar uma nova vida. O resultado foi a nova coleção de relógios Alpine Eagle da Chopard e também um projeto que uniu três geração na criação de um novo capítulo da história da família e da marca.

Mais Lidas
Tendências As 7 coleções que vão marcar o outono

As novidades de pre-fall estão a chegar às lojas, por isso escolhemos as propostas que são o exemplo perfeito do que é a moda masculina hoje. Tudo pode ser conjugado e reinventado, o sportswear pode ser formal e a roupa descontraída pode ser usada à noite.

Guia de Compras Polo: o clássico renovado

Com as suas raízes desportivas, continua a ser uma peça essencial em qualquer guarda-roupa masculino que se preze. Esta estação é mesmo fundamental tanto na cidade como num fim de semana mais descontraído (mesmo que o ténis não esteja nos planos).