Estilo / Beleza & Bem-Estar

Barry Eppley, o “Einstein da estética”

Deusificado, por muitos, no mundo das cirurgias estéticas, o médico do estado do Indiana (EUA) não esconde as suas práticas mais radicais na transformação visual dos seus clientes. Esta é a razão porque é tão procurado – e criticado também.

Foto: Getty Images
27 de setembro de 2019 | Bruno Lobo

É procurado por pacientes vindos de todo o mundo, a maioria à procura de realizar uma operação que não consegue fazer no seu país de origem – possivelmente uma cirurgia inventada pelo Dr. Barry Eppley, de Illianois, como é o caso do aumento de testículos. O seu método consiste numa pequena incisão para retirar o testículo, envolver "a bola" numa camada de silicone e voltar a colocar tudo no mesmo sítio. Chama-lhe "a Concha" e garante que os testículos continuam perfeitamente funcionais. Há muito que os urologistas colocam implantes em pacientes que perderam um testículo devido a cancro, mas Eppley imaginou um método que podia melhorar o aspeto daqueles que ainda funcionam. "Toda a cirurgia estética nasce da reconstrutiva e só temos de imaginar outra situação onde possa ser usada. Como em tudo na vida", acrescenta.

Até agora, o maior aumento que realizou foi de sete centímetros de diâmetro e escapa-lhe a lógica que leva alguém a querer ter testículos maiores do que uma bola de ténis, mas também não perguntou. Essa é outra das características da sua prática: não perguntar e não quer saber por que motivo os seus pacientes pretendem realizar uma cirurgia. "Presumo que seja por isso que muitos me procuram", admite.

Barry Eppley tem 63 anos e realiza entre oito e 10 cirurgias por semana, ou seja, cerca 450 por ano, na sua clínica, em Carmel, no Indiana – uma das melhores cidades para viver nos EUA, segundo a revista Money –, e admite nem saber bem o custo das suas cirurgias. Esse "pormenor" (o homem que se autointitula Truth4lie pagou 18.500 dólares pela sua primeira cirurgia) é resolvido numa sala ao lado do gabinete de consultas pela diretora financeira que, por acaso, é a sua mulher.

Dessas cirurgias, cerca de 100 são realizadas em pacientes como Truth4lie, homens à procura de "masculinizar" o rosto – um número infinitamente superior ao daqueles (homens ou mulheres) em busca de feições mais femininas. Entre as principais inspirações estão nomes como David Gandy, o modelo dos comerciais da Dolce & Gabbana, Brad Pitt ou Leonardo DiCaprio, com as suas proporções perfeitas e maxilares proeminentes. Ainda assim, admite, recebe cada vez mais pedidos de homens que, ao mesmo tempo que pretendem ficar mais masculinos, procuram também um toque feminino, como lábios mais carnudos…

Foi em 1997 que o Dr. Barry Eppley realizou a sua primeira cirurgia facial "customizada". O paciente foi um empregado fabril que queria desenhar, ele mesmo, os novos maxilares e o médico ajudou-o: juntos criaram um modelo em barro do que seria o seu rosto. Hoje, Eppley desenha os seus próprios maxilares em computador com a ajuda de uma firma do Colorado, a 3D Systems, os quais são posteriormente fabricados por uma empresa californiana chamada Implant Tech. Os pacientes podem participar em todas as etapas deste processo e decidir o que desejam até ao mais pequeno milímetro – e essa é outra das razões pelas quais é tão procurado. "Os críticos dizem que a minha prática está ‘no limite’", mas responde: "Só seria imprudente se eu não tivesse a experiência que tenho, trabalhando na universidade, no hospital, fazendo incontáveis reconstruções de tecidos faciais ou tratado de casos tão complexos que 99 por cento dos cirurgiões plásticos nunca trataram."

Saiba mais beleza, bem-estar, saúde, medicina, cirurgias plásticas, estética, Dr. Barry Eppley
Relacionadas

Grooming desmistificado

Ainda acredita que não deve utilizar um hidratante facial, que os perfumes florais são exclusivos do sexo feminino, ou que que o seu chapéu é o responsável por estar a perder o cabelo?

Querida, passas-me a máscara de pestanas?

Com grandes marcas a lançarem linhas de maquilhagem masculina para o mercado e as fronteiras de género a esbaterem-se, homem que é homem pode usar maquilhagem sem borrar a pintura? Fomos saber. 

Do prato para a pele

É da natureza que são provenientes alguns dos melhores ingredientes utilizados na cosmética, e é da industria alimentar que surgem as tendências mais interessantes para nutrir a pele. Cabelos, corpo, rosto e perfumaria beneficiam do potencial de extractos de plantas, de ácidos extraídos das frutas e de outros produtos que muitas vezes encontramos no prato. Conheça alguns dos mais consensuais.

Mais Lidas
Beleza & Bem-Estar Do prato para a pele

É da natureza que são provenientes alguns dos melhores ingredientes utilizados na cosmética, e é da industria alimentar que surgem as tendências mais interessantes para nutrir a pele. Cabelos, corpo, rosto e perfumaria beneficiam do potencial de extractos de plantas, de ácidos extraídos das frutas e de outros produtos que muitas vezes encontramos no prato. Conheça alguns dos mais consensuais.