Prazeres / Sabores

Vinhos para manter a frescura no verão

Ainda com o calor em perspetiva, os vinhos brancos e rosés continuam a estar no topo das preferências. Dos mais leves e frescos aos mais encorpados, ficam as propostas que passam por dois monovarietais Arinto de regiões distintas a Sul, dois rosés, um deles “versão francesa” e dois brancos, um de Monção e Melgaço e outro com o carimbo transmontano.

Foto: Freepik/zinkevych
19 de agosto de 2022 | Augusto Freitas de Sousa

Soalheiro Mineral Rosé 2021

A ideia passa por duas castas e dois territórios. Uma combinação entre Alvarinho e Pinot Noir. A casta portuguesa branca (70%) de vinhas de altitude e a francesa tinta (30%) junto à costa atlântica. Luís Cerdeira, gestor e enólogo do Soalheiro inspirou-se no estilo de rosé originário no Sul de França. A vinificação divide-se em fases: primeiro a prensagem e fermentação das uvas Pinot Noir, depois o Alvarinho e, finalmente, a mistura do mosto que estagia em inox durante pelo menos seis meses. €13

Soalheiro Mineral Rosé 2021
Soalheiro Mineral Rosé 2021 Foto: D.R

Murgas Branco DOC Bucelas 2018

Produzido numa das regiões vitivinícolas mais antigas do mundo, um 100% Arinto de solo calcário e influência atlântica. Com enologia de Bernardo Cabral, o vinho provém de pequenas produções. A vindima foi feita manualmente para caixas de 15 quilos. Prensagem delicada e mosto clarificado estaticamente. A fermentação foi feita em cuba de inox e 20% em barricas usadas de carvalho francês de 350 litros. Estagiou nove meses. €14,80

Murgas Branco DOC Bucelas 2018
Murgas Branco DOC Bucelas 2018 Foto: D.R

Quinta da Alorna Arinto 2021

Um monocasta Arinto DOC Tejo produzido pela Quinta da Alorna com enologia de Martta Reis Simões. Este branco pertence a uma das seis monocastas do portefólio da quinta situada na margem sul do rio Tejo, perto de Santarém, com 160 hectares de vinha. O vinho foi vinificado com desengace total, esmagamento e prensagem das uvas. Após clarificação do mosto, fermentou em cubas de inox. Antes do engarrafamento o vinho é estabilizado e filtrado. €6,49

Quinta da Alorna Arinto 2021
Quinta da Alorna Arinto 2021 Foto: D.R

Burmester Tavedo Rosé 2021

Com uvas provenientes das sub-regiões Baixo Corgo e Cima Corgo, este rosado é feito com as castas Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinta Amarela de solos xistosos a uma altitude entre 300 e 400 metros. A enologia é de Ricardo Macedo que procedeu à vinificação com desengace total de esmagamento das uvas. Feito pelo método de bica aberta, a fermentação ocorreu em cubas de inox com temperaturas baixas durante aproximadamente vinte dias. €4

Burmester Tavedo Rosé 2021
Burmester Tavedo Rosé 2021 Foto: D.R

Adega de Monção Escolha 2021

Este branco de Monção e Melgaço está inserido numa série de vinhos da adega com novas garrafas 20% mais leves que, neste caso, representam uma redução anual de peso de 100 toneladas e consequentemente a melhoria da pegada ecológica. A outra característica é o certificado vegan. Com Alvarinho (50%) e Trajadura (50%), este vinho foi feito com seleção das uvas e fermentação controlada. €3,29

Adega de Monção Escolha 2021
Adega de Monção Escolha 2021 Foto: D.R

Palácio dos Távoras Gold Edition Branco 2019

Um branco de vinhas velhas DOC Trás-os-Montes do produtor António Boal colhido manualmente para caixas de vinte quilos. Com enologia de Paulo Nunes, as uvas tiveram um desengace total com leve esmagamento e maceração pré-fermentativa durante 24 horas. O início da fermentação espontânea ocorreu em cuba de inox e o estágio em barricas carvalho francês de 500 litros durante doze meses. A produção é de 666 garrafas. €95

Palácio dos Távoras Gold Edition Branco 2019
Palácio dos Távoras Gold Edition Branco 2019 Foto: D.R
Saiba mais Vinhos, Verão, Rosés
Mais Lidas
Sabores Vinhos para brindar ao outono dos €6 aos €900

A um dia de entrar em outubro, faz sentido celebrar o mês onde grande parte dos vinhos já foram vinificados com um espumante, neste caso, um blend rosé. Da mesma região demarcada dos verdes, um tinto, dois alentejanos e um do Tejo, também tintos, e uma edição rara de vinho do Porto velho.

Sabores Um chef Michelin em Porto Covo

Joachim Koerper, chef do restaurante Eleven, está também agora no restaurante Alma Nómada e no bar de praia A.MAR, ambos na vila pitoresca a sul. Conheça os petiscos que por lá se podem comer, entre alguns clássicos e novas criações.

Sabores Vinhos para beber com serenidade

A chuva ainda não se manteve neste mês, mas já assustou algumas vindimas que ainda se fazem pelo país fora. Dois monovarietais brancos do Sul e do Norte e um ‘blend’ duriense, um tinto de vinhas velhas transmontanas e dois mais jovens do Alentejo e Douro compõem a lista de sugestões desta semana.