Prazeres / Sabores

Província. Estaremos a jantar em casa de uma avó italiana?

O mais recente restaurante de cozinha italiana já abriu em Lisboa e é uma fusão entre o meio rural e a cidade. Da cozinha aos pratos, passando pela decoração, tudo inspira o espírito das casas tradicionais italianas.

07 de dezembro de 2020 | Rita Silva Avelar
Podiamos estar dentro de uma casa rural de uma pequena aldeia de Itália, não fosse o trabalho que a equipa de interiores do Clube Recreativo e da arquiteta Inês Moura levaram a cabo neste local, para chegar a uma simbiose entre a tradição e a contemporaneidade. Aqui, há uma modernização evidente a par da alusão ao campo, quer seja pelos candeeiros suspensos ou pelas prateleiras cheias de antiguidades, terrinas, garrafas de cristal ou livros antigos fazem-nos viajar até locais remotos. Imperam os materiais portugueses, como a pedra ou a madeira, e a utilização de azulejos desenhados à mão ou a escolha do azul e do branco em homenagem às casas caiadas da província são deliciosos detalhes que fazem desta uma experiência gastronómica inesquecível. 
Espaço do Província.
Espaço do Província.


Falamos do novo restaurante Província, cujo nome homenageia isso mesmo, a vinda dos ingredientes rústicos dos livros de cozinha italiana antigos - um conceito que também inspira os outros restaurantes do grupo Non Basta, Memoria, e os Pasta Non Basta Avenidas e Alvalade - para a cidade, na qual a matéria-prima portuguesa tem um lugar especial. E a criatividade a par da imprevisibilidade no que toca à conjugação dos ingredientes. 
Gnocchi e rabo de boi.
Gnocchi e rabo de boi.

À semelhança do Memoria, os legumes vêm da horta biológica do grupo e as massas são confeccionadas no restaurante. Há iguarias provenientes de Itália que não são dispensadas: como os enchidos os os queijos italianos, ou as tradicionais foccacias e burratas nas entradas.

Nas entradas, há sugestões tão originais como barriga de atum, bottarga e gremolata (€18), a tal lula dos Açores, tomate marinado e agliata de pistacho (€16) ou bivalves abertos na grelha com alho e malagueta (€14).

Nos pratos principais começam os verdadeiros desafios quanto à junção de ingredientes improvável, e da cozinha fumegante do Província saem pratos como a carbonara de barriga de atum e bottarga (€20), o imprevisível ravioli verde, aipo, mascarpone e cogumelos (€14), ou ainda o delicioso gnocchi e rabo de boi assado no forno a lenha (€16). Já mencionámos que existe uma secção especial na ementa dedicada aos pratos confeccionados na grelha?

Tagilolini, trufa e gema de ovo confitada
Tagilolini, trufa e gema de ovo confitada

É que além do forno a lenha, de onde saem pizzas como a Provincia (com molho de tomate com Nduja, mozarela fiordilatte, salame picante, cebola assada e manjericão, €14), na grelha são confeccionados os vegetais provenientes da horta e pratos como borrego, polenta, tomate seco e azeitona taggiasca (€16).

Nas sobremesas, idealizadas para quem não salta esta refeição mas para quem também não resiste ao ver passar para a mesa do lado, estão o profiterole com creme de praliné de avelã, gelado de baunilha e chocolate quente (€6), o bolo de chocolate, caramelo salgado e mascarpone batido com baunilha (€7), a tarte de noz com caramelo de mel (€6) ou o tradicional tiramisù (€6). 

Profiterole com Creme de praliné de avelã, gelado de baunilha e chocolate quente.
Profiterole com Creme de praliné de avelã, gelado de baunilha e chocolate quente.

Além da comida, a bebida é uma das apostas fortes do Província. Há mais de 40 referências de tintos, brancos, rosés e espumantes, maioritariamente portuguesas e italianas (mas também da Áustria ou França) e incluindo opções biológicas e não filtradas.

Entre os cocktails, não faltam os habituais clássicos, mas todos os meses será desenvolvido um novo cocktail tendo como base um sabor diferente e sazonal (em novembro foi a romã). O final da refeição convida quase sempre à prova de um licor tipicamente italiano.

Onde? Avenida da República 48B, Lisboa. Quando? O horário atual é de segunda a sexta-feira, das 12h às 15h e das 18h às 22h30 (*sujeito a alterações constantes). Reservas 21 099 9604

Saiba mais Restaurante, Memoria, Itália, Província, Clube Recreativo, Inês Moura, Non Basta, Memoria, Alvalade, Pasta Non Basta Avenidas
Relacionadas

Receba comida em casa e ajude quem mais precisa

Numa altura em que os restaurantes enfrentam sérios desafios, o cheg Nuno Bergonse e David Jesus, reabriram o É um Restaurante com serviço de take away, entrega ao domicílio e uma nova carta.

Mais Lidas
Sabores Uma receita para aquecer as noites de inverno

Inspirado pelo dia mundial do queijo, que se assinala esta quarta, 20, o chef Luís Gaspar partilha uma receita com queijo de São Miguel. Ou não fosse Portugal um dos países com a mais rica tradição na produção desta iguaria.