Lugares

Tóquio secreto

O Hoshinoya Tokyo é hotel que é uma autência viagem, entre o passado e o presente, o oriente e o ocidente.

Foto: Hoshino resort
04 de fevereiro de 2020
A elegância, o equilíbrio e a tranquilidade serão predicados que facilmente associamos ao Japão. E a verdade é que cada um deles se aplica, sem mácula, àquela que é uma das mais singulares moradas da sua capital. Inaugurado, há cerca de três anos, no centro económico da cidade e a uma curta distância, a pé, da Estação de Tóquio e do Palácio Imperial, o Hoshinoya Tokyo surge à imagem da própria cidade, combinando passado e futuro com aquela harmonia effortless que só os mestres zen parecem conseguir. Inspirado nos tradicionais ryokan, a típica hospedaria japonesa, o hotel tira partido dessa arte de bem receber, recriando um ambiente intimista e acolhedor, mas sempre exclusivo e sofisticado.

Cada um dos 17 andares do edifício tem uma Hoshinoya Tokyo, sendo apenas acessível aos hóspedes ali instalados. Não faltam elementos tradicionais, como os arranjos florais nascidos dos ensinamentos do Ikebana, os longos tapetes de tatami ou as caixas de sapatos em bambu, onde os hóspedes são convidados a deixar o calçado. É um facto que a arquitetura é declaradamente moderna, mas tudo o resto, do atendimento a pormenores como o próprio aroma a bambu que perfuma o hotel, é tradicional e aconchegante. Prova disso é a pequena pérola que se descobre no piso inferior: a fonte de águas termais que torna cada visita numa silenciosa imersão que é também uma revitalizante viagem no tempo.

Saiba mais Hoshinoya Tokyo, Japão, Estação, Palácio Imperial, turismo
Relacionadas

Heaven on earth no Belmond Reid’s Palace

Tal como um dos magníficos planos abertos de um filme de Wes Anderson, a fachada do Belmond Reid’s Palace ergue-se no céu alaranjado da ilha da Madeira como um recorte perfeito. Um pequeno paraíso em frente ao mar, onde se respira luxo e tranquilidade.

Surfar ondas gigantes e águas gélidas é HOT!

A Nazaré, com as ondas de 30 metros e com a água fria no inverno, é um lugar de eleição para quem surfa no limite. Ainda assim, é um paraíso comparada com lugares onde os surfistas estão rodeados de neve, de icebergues e de pinguins.

A grande febre do jogo

Quem viu Macau e quem a vê. Da serenidade de uma antiga colónia ao atual cosmopolitismo futurista e algo kitsch, é o local ideal para passar umas férias diferentes. Para quem goste de casinos, claro.

Mais Lidas
Lugares Os melhores destinos de férias para 2020

Resort ou safari? Praia idílica ou montanha aventureira? É sempre um desafio escolher o próximo destino de férias. É por isso que adoramos listas de destinos, como a última selecção “top 10” da revista de viagens Condé Nast Traveller.