Artes

Já pode ouvir Billie Eilish a cantar o tema do novo filme ‘007’

‘No Time to Die’ é o 25.º filme da saga James Bond, que estreia a 8 de abril nos cinemas nacionais.

Foto: Emma McIntyre/Getty Images for Spotify
17 de fevereiro de 2020 | Aline Fernandez

O tema oficial do próximo filme de James Bond, 007: Sem Tempo Para Morrer ficou a cargo da jovem de 18 anos – a pessoa mais jovem e primeira mulher a vencer as quatro principais categorias dos prémios Grammy, Melhor Artista Revelação, Álbum do Ano, Gravação do Ano e Álbum do Ano –  tudo em 2020. Billie Eilish compôs No Time to Die com o irmão, Finneas O'Connell, e gravou a música com arranjos dos compositores Hans Zimmer e Matt Dunkley e com Johnny Marr na guitarra.

Billie é a interprete mais jovem de sempre a compor um tema de James Bond. 

A cantora vai apresentar a música ao vivo pela primeira vez nos Brit Awards 2020, a 18 de fevereiro, em Londres, acompanhada por Finneas, Zimmer e Marr como convidados especiais.

007: Sem Tempo para Morrer chega a 8 de abril às salas de cinema nacionais com Daniel Craig no papel de James Bond. O 25º filme da saga ainda no elenco com o ator norte-americano Rami Malek, como vilão, a atriz francesa Léa Seydoux e Lashana Lynch – a primeira mulher agente 007 –, entre outros.

Saiba mais Billie Eilish, música, filme, 007, James Bond, No Time to Die, Finneas O'Connell, Hans Zimmer, Matt Dunkley, Johnny Marr
Relacionadas

As Bond girls mais sexy de sempre

De Ursula Andress a Denise Richards, passando por Halle Berry e Monica Bellucci, estas são as mulheres mais icónicas que passaram pelos 25 filmes de James Bond desde 1962.

Mais Lidas
Artes Cultura em tempo de emergência

As instituições culturais foram as primeiras a fechar as portas face à pandemia que está a obrigar países inteiros ao recolhimento. Mas não desanimemos! Muitas estão a tornar as dificuldades em oportunidades com a ajuda da tecnologia.

Master Pieces E Deus criou a Mulher

Para que não fique a acreditar que a mulher mais sensual do mundo é Monica Bellucci, mostramos-lhe outras que, muito antes dela, deram a volta ao mundo e à cabeça dos homens. A escolha não foi fácil. Eis, então, cinco verdadeiras obras-primas da Natureza.