Viver

9 coisas que a ciência valoriza nos homens

Segundo vários estudos, estes são os atributos que tornam um homem no parceiro perfeito. Reforçamos: conclui a ciência!

'O Diário da Nossa Paixão' (2004)
'O Diário da Nossa Paixão' (2004) Foto: IMDB
03 de novembro de 2022 | Bianca Gregório com Rita Silva Avelar.

Porque é que nos apaixonamos? Esta questão permanece, e apesar de vários cientistas se dedicarem ao assunto, parece não haver uma resposta, embora estes passem anos a investigar o "fenómeno".  Encontrar a pessoa certa pode parecer uma tarefa difícil, sim, no entanto existem certos atributos que pode ter em conta quando procura alguém com quem compartilhar a vida, como mostra o jornal britânico Independent, que compilou vários estudos sobre o tema.

1. É inteligente

É verdade que existem pessoas com um QI mais elevado que outras. Será isso muito importante na escolha de um parceiro? Depende, mas existem estudos que comprovam que quanto mais inteligente for, menos probabilidades existem de haver uma traição ou de a relação acabar em divórcio. É o que diz o estudo "O porquê dos homens serem melhores parceiros numa relação", da Universidade de Economia Hanken, na Finlândia. 

2. Faz rir

Encontrar alguém com sentido de humor é um requisito para muitas pessoas. Passar o resto da vida com alguém que mantém um semblante sério a toda a hora não parece muito entusiasmante, não é verdade? Daí ser cada vez mais valorizada a personalidade e sentido de humor do que a sua aparência física, que em tempos era o atributo que prevalecia. Além disso, segundo um estudo publicado na revista ScienceDirect, os homens com maior sentido de humor têm mais probabilidade de ter uma vida sexual bem-sucedida. 

3. Apoia a sua carreira

Devido à misoginia aplicada na sociedade e à existência – ainda – de homens machistas, uma das maiores razões para as mulheres deixarem de trabalhar quando estão numa relação e têm filhos, é porque o parceiro não se consegue adaptar à vida profissional da mulher, como aponta um estudo do jornal SAGEJOURNALS. Isto demonstra alguma toxicidade, que deve ser evitada em qualquer relação. O ideal é encontrar alguém que apoie a profissão, sendo possível estabelecer uma rotina saudável entre ambos: vale para os dois.

4. Faz o esforço de estar com os seus amigos e família

Conhecer os amigos e família do namorado ou marido pode ser algo assustador e que se tenta adiar o máximo possível, nalguns casos. Mas, demonstrar essa vontade é importante – conhecer as pessoas mais próximas do seu parceiro/a pode ser determinante na relação, pois ajuda a perceber como a pessoa cresceu e com quem convive. O esforço deve ser mútuo, como em tudo numa relação. É uma das conclusões do estudo "Privileging the Bromance: A Critical Appraisal of Romantic and Bromantic Relationships".

5. É emocionalmente inteligente

As relações não são sempre um mar de rosas. Existem situações que vão testar o casal, de forma a fortalecer ou acabar com o que se criou. Posto isto, é importante encontrar um/uma parceiro/a que seja inteligente emocionalmente, que consiga expressar os seus sentimentos e emoções nas situações necessárias, em vez de as reprimir (como a sociedade ainda exige).

6. Respeita as opiniões e ouve o que tem para dizer

É fundamental encontrar alguém que nos oiça, que nos compreenda e tenha respeito para com as nossas decisões e opiniões – isto pode tornar uma relação em algo duradouro, seguro e forte. Segundo vários estudos, se encontrar um homem que ouve as suas opiniões e que mesmo não concordando as respeita, não o deve deixar escapar.

7. Está disposto a fazer esforços

As relações mais bem-sucedidas não são as que se baseiam na compatibilidade, mas sim no esforço de fazer com que a relação permaneça forte, aponta o estudo da Universidade do Texas, "Psychology Finally Reveals the Answer to Finding your Soulmate". É preciso que exista essa dedicação por parte do casal, de forma a que não desistam à primeira discussão. É importante que o homem com quem partilha a vida seja alguém que esteja disposto a fazer esforços pelos dois, mesmo quando existem situações que podem atribular a relação.

8. Celebra as suas conquistas

Consegue imaginar partilhar a sua vida com alguém que nunca lhe dá os parabéns por ter conseguido atingir um objetivo pessoal, ou profissional? Para além de ser desgastante, pode diminuir a chama que existe entre o casal, resultando na num ponto final na relação. Partilhar o dia-a-dia com alguém que celebra as suas conquistas é algo de grande importância. Esta qualidade já mostrou ser efetiva na manutenção de relações duradouras, como mostra o recente estudo partilhado no Jornal de Personalidade e Psicologia Social, "Psychology Finally Reveals the Answer to Finding Your Soulmate"

9. Partilha os mesmos valores

Olhar para o mundo com uma perspetiva parecida é algo que pode contribuir para uma relação saudável, aponta um estudo da Universidade de Wellesley, em Massachussets – ao partilharem os mesmos pensamentos ou opiniões sobre alguns (não necessariamente todos, obviamente) os assuntos, o casal vai criar uma ligação cada vez maior com o passar do tempo.

Saiba mais Homens, Relações, Estudos, Ciência
Relacionadas

O homem que sabe o que as mulheres querem

Cobra mil libras por uma noite e cerca de 13.500 por duas semanas de férias. Por que razão mulheres ricas e de sucesso contratam Madison James para mudarem a sua vida sexual? Entrevista com Mr. James para desvendar este mistério.

Como melhorar a sua vida amorosa

Quer esteja numa relação séria ou só se queira divertir, reunimos algumas dicas, apps e tendências para fazê-lo da melhor forma nesta nova década e assim evitar os males do coração.

Mais Lidas
Viver Os luxos dos jogadores de futebol

Mansões que valem milhões, carros topo de gama, jatos privados e capas de telemóvel no valor de 35 mil euros — assim gastam as suas fortunas os melhores jogadores do mundo. Mas existe, também, um lado solidário que os craques da bola nunca esquecem. E isso, sim, é “jogar bonito”.