Viver

10 sinais de que o primeiro encontro está a correr mal

Se uma ou mais coisas como estas aconteceram no seu encontro, talvez seja melhor pensar se deve marcar o próximo date.

Michael Fassbender e Nicole Beharie em 'Vergonha' (2011)
Michael Fassbender e Nicole Beharie em 'Vergonha' (2011) Foto: 2011 - Fox Searchlight
13 de outubro de 2019 | Aline Fernandez

Um primeiro encontro pode correr bem por diversas razões e também pode correr muito mal. Por isso, existem alguns sinais universais que ajudam a fazer uma retrospectiva sensata dos acontecimentos e contribuem para tomar a decisão certa. Abaixo, uma lista bastante abrangente de coisas que devem leve-lo a pensar duas vezes sobre um segundo date:

1. O seu date leva um amigo ou amiga para o encontro como companhia. Isso pode não ser a pior jogada (Jay-Z fez isso mesmo com Beyoncé) mas, ainda que tenha dado certo para os Carter, Jay-Z há só um e o próprio admitiu que foi péssima ideia.
2. Ela não lhe faz uma única pergunta. E no fim do jantar aumenta o tom quando diz: "Devemos fazer isso de novo?"
3. Ela presta mais atenção ao barman do que a si.
4. Quando o seu date não parece ter opiniões sobre nenhum assunto que é abordado.
5. Ao perceber que a sua companhia tem uma marca de sol ou profundidade no dedo da aliança.
6. Elas não comem pão ou hidratos de carbono.
7. Se houver quaisquer comentários irónicos sobre a sua roupa.
8. Ela não para de enviar SMS’s aos "amigos" para se encontrarem mais tarde.
9. Ela menciona factos ou informações ou até uma fotografia que só podem ser encontrados no seu feed do Facebook e ainda por cima num post de 2005.
10. Ela "acidentalmente" descobre que o ex está no mesmo bar e torna-se evidente que faz parte de um plano de vingança para que este se sinta mal.
Saiba mais sinais, primeiro encontro, date
Relacionadas

O homem que sabe o que as mulheres querem

Cobra mil libras por uma noite e cerca de 13.500 por duas semanas de férias. Por que razão mulheres ricas e de sucesso contratam Madison James para mudarem a sua vida sexual? Entrevista com Mr. James para desvendar este mistério.

Na minha cozinha ou na tua?

Porquê ter sexo maravilhoso quando se pode saborear uma deliciosa comida? E porquê um manjar dos Deuses quando se pode usufruir de um sexo dos diabos. Já agora, porque não os dois? Ambos fazem bem e recomendam-se. Reza a ciência, mas não só. Afinal, somos todos humanos e padecemos todos dos mesmos desejos. Seja à mesa ou seja na cama.

Ladies first: gosta que a mulher dê o primeiro passo?

“O menino dança? Posso ir buscá-lo às 20h?” Na era do empoderamento feminino, o jogo da sedução recebeu uma atualização de software. Elas fazem as perguntas, dão as respostas e ainda escolhem o vinho – e eles, o que sentem? Entre a instalação do Bumble e os insights da psicologia, descobrimos que nem tudo é o que parece.

Guia prático para o melhor exercício físico

Laird Hamilton e Gabrielle Reece, considerados pelo The Times como o casal mais em forma, incluam no XPT, o famoso programa de fitness que criaram, a prática de sexo de dois em dois dias. Mas o que se descobriu é que praticar o dito sexo, mas na versão rápida, espontânea e de preferência em locais inesperados, faz muito mais efeito.

Mais Lidas
Viver Quando se trata de cruzeiros o frio gelado é quente, quente, quente

Num mundo em aquecimento, o mercado de cruzeiros de luxo concentra-se em temperaturas mais baixas. Não, eles não são os pioneiros verdes do setor de viagens (embora os novos navios poluam muito menos do que os seus antecessores). Em vez disso, os navios são encaminhados para a Antártida, o Ártico ou para qualquer lugar onde o gelo glacial, em vez do calor tropical, seja a principal atração.

Sexo Guia prático para o melhor exercício físico

Laird Hamilton e Gabrielle Reece, considerados pelo The Times como o casal mais em forma, incluam no XPT, o famoso programa de fitness que criaram, a prática de sexo de dois em dois dias. Mas o que se descobriu é que praticar o dito sexo, mas na versão rápida, espontânea e de preferência em locais inesperados, faz muito mais efeito.

Viver O novo luxo é ser feliz

De acordo com especialistas, o ter – automóveis topo de gama, casas imponentes, relógios de quatro dígitos ou a it bag do momento – deu lugar ao ser: livre, desprendido e independente. Tão simples quanto isto. Aparentemente.