Prazeres / Artes

Mare Clausum, a primeira BD sobre porcelana do mundo

A Vista Alegre vai apresentar a primeira coleção de banda desenhada sobre porcelana do mundo no 30º Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora.

A carregar o vídeo ...
30 de outubro de 2019 | Vitória Amaral

No ano em que completa 195 anos de existência, a emblemática fábrica de porcelanas Vista Alegre vai apresentar uma peça decorativa de grandes dimensões intitulada Mare Clausum, de Penim Loureiro. Esta é a primeira peça da coleção Je Kraak, que utiliza um estilo de decoração milenar da porcelana chinesa em azul-cobalto, atualizada para o século XXI em colaboração com a banda desenhada contemporânea.

Penim Loureiro conta, através da banda desenhada, a história da introdução da porcelana na Europa e o papel dos portugueses na globalização do material. À história juntou-se o desafio de transpor a bidimensionalidade da banda desenhada em papel para a superfície curva de talha oriental em porcelana de grandes dimensões.

Esta narrativa gráfica é inspirada no contacto entre o Ocidente e o Oriente graças à porcelana. Originária do feldspato e do caulino, foi trazida ao Ocidente por Portugal, mais concretamente nas naus de Vasco da Gama, criando mais tarde um monopólio comercial para os portugueses no Índico (Mare Clausum significa "mar fechado"). Apesar disso, crê-se que o navegador italiano Marco Polo terá sido o primeiro ocidental a ter contacto com o material, suja invenção remonta à Dinastia Chang, na China. O transporte da porcelana era feito através das carracas portuguesas (embarcações de grande capacidade). Entre 1602 e 1604, dois navios holandeses capturaram duas carracas portuguesas cheias de porcelana chinesa de exportação, que mais tarde foi leiloada nas cidades de Middleburg e Amesterdão. O nome da coleção surge assim do termo holandês "kraakporselein", sendo "kraak" uma interpretação da palavra "carraca".

Os estudos e esboços originais da Mare Clausum vão estar expostos no Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, que decorrerá de 24 de outubro a 3 de novembro, no Fórum Luís de Camões.

Fundada em 1824 em Ílhavo, a Vista Alegre esteve sempre ligada à história e cultura portuguesa, adquirindo uma reputação mundial ímpar. Só em 2018, o design da marca arrecadou 30 prémios no total, e em 2019 recebeu o "Lighting Product Design of the Year 2018" nos "Light in Theory (LIT) Design Awards". A Marca já colaborou com grandes nomes do design contemporâneo como Siza Vieira, Joana Vasconcelos, Ross Lovegrove, Christian Lacroix e Oscar de la Renta. Os serviços da marca são usados oficialmente pelo Presidente da República Portuguesa, pela Casa Branca e outras Casas Reais.

 

Saiba mais Vista Alegre, banda desenhada, porcelana, Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, coleção
Relacionadas

Os magnatas da Arte

Por detrás de um grande artista há, quase sempre, um grande mecenas. E, felizmente, os “Donos Disto Tudo” na Arte, desde Rockefeller a Gulbenkian, optaram por deixar um legado que todos podem admirar.

Mais Lidas
Artes Ralph Lauren, o designer que construiu um império

Desengane-se quem pensa que Ralph Lauren é apenas um designer de moda. Arquiteto de um império, colecionador de carros clássicos, ícone do estilo e do sonho americano são traços que fazem dele uma personalidade incontornável do século XX e da atualidade. Prestamos-lhe homenagem na boleia da celebração dos 50 anos da sua marca e do seu talento.