Lugares

Quanto mais pequeno, melhor!

Acampar já não é o que era… O glamping (um cruzamento de glamour com camping) passou de tendência a forma de viajar e multiplicam-se as opções para estar em contacto com a dita Natureza em acomodações diferentes e de luxo.

The Underwater Room (Manta Resort), na ilha de Pemba (Tanzânia)
The Underwater Room (Manta Resort), na ilha de Pemba (Tanzânia)
23 de agosto de 2019 | Carolina Carvalho

The Underwater Room (Manta Resort), na ilha de Pemba, na Tanzânia

Primeiro, surgiu o conceito do Underwater Room e só em 2007 é que a ilha de Pemba, na Tanzânia, se tornou o local perfeito para o pôr em prática. Esta ideia consiste, chamemos-lhe assim, numa casa flutuante a alguns metros da costa e presa ao chão debaixo de água. Dos três pisos, o do meio possui um alpendre ao nível da água, por cima deste há um terraço com cama sob o céu e, depois, existe um quarto subaquático com janelas que permitem observar a vida marinha à volta. Esta é uma das atracções do Manta Resort, que tem trabalhado no sentido de se tornar um resort sustentável, mas há outras acomodações como, por exemplo, as Seafront Villas, que são casas mesmo à beira-mar. Além de desfrutar da paz e da beleza da Natureza, os hóspedes podem também escolher participar em actividades como mergulho, excursões e safaris.

Uma noite no Underwater Room custa, aproximadamente, €1.400 para duas pessoas, enquanto uma noite numa Seafront Villa custa a partir de €314 por pessoa.

Robin’s Nest Treehouse Hotel, em Hesse, na Alemanha
O nome não engana e este projecto hoteleiro, na Alemanha central, conta mesmo com uma série de casas construídas à volta de árvores nas alturas, com acesso por lances de escadas. As casas têm capacidade para oito pessoas, enquanto outras instalações assumem a forma de esferas facetadas e são perfeitas para, por exemplo, escapadas românticas a dois. Todas são construídas com materiais naturais.

A partir de, aproximadamente, €148 por pessoa.

Treetops Treehouse (Hotel Fox & Hounds), em Devon, no Reino Unido
O Hotel Fox & Hounds está localizado em Devonshire, no sudoeste de Inglaterra, integrado no típico contexto campestre britânico. Além de uma variedade de quartos mobilados com peças antigas e sob diferentes inspirações, o hotel decidiu aprofundar a proximidade com a Natureza e construiu uma casa de árvore na sua propriedade, a Luxury Tree House. A casa conta com um quarto com cama de casal e outro com duas camas separadas, uma cozinha equipada e um terraço com vista para o lago. A estada é de duas noites, no mínimo, e os animais de estimação não são permitidos.

Ficar uma noite nesta "mansão" de árvore custa a partir de €305.

Natura Glamping, na Serra da Gardunha, na Beira Baixa

Natura Glamping, na Serra da Gardunha (Beira Baixa)
Natura Glamping, na Serra da Gardunha (Beira Baixa)

Num local onde se cruzam caminhos de Santiago de Compostela, calçadas romanas, aldeias históricas, praias fluviais, arte rupestre e o rio Zêzere erguem-se, a 925 metros de altitude, os Domos Geodésicos da Natura Glamping. São pequenas casas, em forma de semiesfera, com capacidade para quatro adultos e uma criança (até seis anos). Além dos Domos existe a Casa do Guarda que está equipada para receber até cinco adultos. É possível passear na Serra da Gardunha, recheada de valor cultural, bem como usufruir de um passeio guiado à Serra da Estrela ou de um passeio pedestre a acompanhar um rebanho na Quinta do Ervedal, como actividades exteriores da zona.

A partir de €115, uma domo para duas pessoas.

Cabanes des Grands Cèpages, em Avignon, em França
Há cabanas a flutuar no Lago de la Lionne (mais precisamente em Sorgues, perto de Avignon) e fazem parte do hotel ecológico Cabanes des Grands Cèpages, projectado pelo parisiense Atelier Lavit. Há cerca de 15 cabanas. Algumas flutuam no lago e outras estão em terra assentes em estruturas elevadas. Todas são feitas em madeira, para se integrarem na paisagem, e são produzidas numa fábrica dos Pirinéus. Há cabanas familiares e cabanas para apenas duas pessoas, mas todas têm um alpendre perfeito para assistir ao nascer e ao pôr-do-sol como se se estivesse na primeira fila de um espectáculo. Também é possível desfrutar da piscina do hotel ou ir passear à cidade de Avignon.

Ficar numa destas cabanas custa a partir de €250 por noite.

The Woodsman’s Treehouse, em Dorset, no Reino Unido
Trata-se de uma única casa que promete uma luxuosa estada com um glorioso e antigo carvalho como protagonista. Esta casa tem a sua própria sauna, uma cozinha toda equipada, uma lareira rotativa, um terraço com churrasco, um chuveiro e uma hot tub ao ar livre. Os vizinhos são os bosques de Dorset (cerca de três horas de carro, a norte de Londres) e, para aproveitar bem o exterior, até no interior da casa existe uma janela no chão e outra no tecto, sobre a cama. A Woodsman Treehouse faz parte do projecto Crafty Camping, da família Mallinson, no qual se incluem outras modalidades de estada como tendas e yurts, e workshops relacionados com a madeira e com a Natureza.

Uma noite para duas pessoas a partir de €441.

Pedras Salgadas Spa & Nature Park, em Vila Pouca de Aguiar, em Vila Real

Pedras Salgadas Spa & Nature Park, em Vila Pouca de Aguiar (Vila Real)
Pedras Salgadas Spa & Nature Park, em Vila Pouca de Aguiar (Vila Real)

Numa área de 20 hectares de Natureza desenham-se 8 quilómetros de caminhos para explorar a 580 metros de altitude. Afinal, uma das ideias na base deste projecto é, precisamente, a sustentabilidade e o respeito pelo meio envolvente. O arquitecto Luís Rebelo de Andrade assina este projecto hoteleiro muito especial da Unicer, que conta com Eco Houses (casas modulares) e Tree Houses (casas da árvore), todas elas distribuídas pelo espaço para que os ocupantes desfrutem do contacto com a Natureza. O Spa Termal foi recuperado pelo arquitecto Álvaro Siza Vieira. O interesse despertado a nível nacional e internacional reflectiu-se em prémios, um deles o prémio internacional de arquitectura atribuído pela ArchDaily (importante site dedicado à arquitectura) na categoria de hotéis e de restaurantes, em 2012.

O pacote Aventura em Família consiste numa estada de duas noites numa Eco House, a partir de €576.

Treehotel, em Harads, na Suécia
"Casas na árvore com design contemporâneo no meio da Natureza intocada", assim define o próprio Treehotel as suas opções de alojamento. O hotel tem uma guesthouse onde os visitantes são recebidos e onde são servidas as refeições. Todas as casas da árvore são diferentes e criadas por vários arquitectos escandinavos. As mais originais são, provavelmente, a Mirrorcube, em que a estrutura assume uma forma cúbica e está totalmente revestida por espelhos, a UFO que tem a forma de um OVNI e a Nest que é revestida no exterior por ramos, criando um efeito de ninho. O Treehotel fica localizado no Norte da Suécia, em Harads (uma localidade com cerca de 600 habitantes), e perto do rio Lule. Ali as temperaturas caem muito abaixo dos zero graus centígrados e é por isso importante saber que todas as casas têm chão aquecido numa área entre 15 e 30 metros quadrados e elevam-se 5 a 6 metros do chão. A sustentabilidade é uma das bandeiras deste espaço.

Ficar uma noite na guesthouse tem custos a partir de €91, mas ficar numa casa de árvore pode ter valores a começar nos €472.

Brockloch, em Dumfries and Galloway, na Escócia
A Brockloch Farm é um retiro ecológico com um vasto terreno por onde passeiam diferentes espécies, como veados ou esquilos, e com duas possibilidades de alojamento. Uma é a Brockloch Bothy, um pequeno chalet enquadrado na paisagem, com cozinha, sala de estar com um sofá-cama, uma casa de banho e um quarto. Os painéis solares fornecem energia para a iluminação e até para carregar os dispositivos electrónicos, enquanto um forno interior está equipado com madeira para aquecer a casa. A Brockloch Treehouse é uma casa de árvore para duas pessoas, tem uma cozinha, um forno com madeira para aquecer o interior e as janelas sobre o duche e a cama fornecem luz natural ou uma bela vista para o céu estrelado. Não tem televisão nem wi-fi. Brockloch Farm fica a cerca de 4 quilómetros da cidade de Kirkpatrick Durham, no Sul da Escócia. A zona oferece várias possibilidades de entretenimento, seja com visitas a locais como a fábrica de chocolate The Cocoabean Company ou o Royal Botanic Garden de Edimburgo, seja com passeios pela zona para conhecer os encantos da Escócia. Não são permitidos animais de estimação porque há animais na zona.

Na Bothy, uma estada de sete noites custa a partir de €730.

Free Spirit Spheres, em Vancouver Island, no Canadá

Free Spirit Spheres, em Vancouver Island (Canadá)
Free Spirit Spheres, em Vancouver Island (Canadá)

O objectivo era, simplesmente, criar um espaço onde as pessoas pudessem desfrutar da floresta da costa ocidental canadiana. Depois veio a criatividade e esses espaços tornaram-se esferas espalhadas pela Natureza e suspensas entre as árvores. A Free Spirit Spheres desenha e constrói as próprias esferas e o resultado é uma mistura entre casas de árvore e tecnologia de construção de barcos. No interior apresentam-se como pequenas casas adaptadas e no exterior são dotadas de uma escada que conduz à entrada. As esferas têm nomes próprios (Melody, Eryn e Luna) e têm interiores diferentes. Nas redondezas há muito para fazer: explorar grutas, fazer caiaque, paddle na praia de Parksville, caminhar no parque Rosewall Creek recheado de árvores com a folha de ácer da bandeira do Canadá.

A estada nas Free Spirit Spheres custa a partir de €198 por noite.

Lost Meadow Treepod, na Cornualha, no Reino Unido
Dormir numa bola pendurada entre três árvores, no meio da floresta, pode ser tanto uma verdadeira aventura como uma nova forma de acampar. Localizada na região da Cornualha, a meia hora de carro da costa, a Lost Meadow Treepod é uma esfera toda coberta com telhas de cedro e possui uma estrutura pensada para ter o mínimo impacte na Natureza e, simultaneamente, suportar todo o peso necessário. Dentro desta esfera há um quarto com duas camas de solteiro e uma cozinha de cabana, uma janela para ver e ouvir o que está à volta e o acesso à esfera é feito através de escadas. Não são permitidos animais de estimação.

Uma noite para duas pessoas custa a partir de €107.

Reserva Natural de Elmley, em Kent, no Reino Unido       
Este destino pode ser um paraíso para observadores de aves, mas é também uma boa aposta para amantes da Natureza, já que é possível apreciar a vida selvagem (lebres, corujas, aves de rapina e aves pernaltas). A Reserva Natural de Elmley situa-se no Sudeste de Inglaterra, a uma hora de distância de Londres, e é a única reserva natural em Inglaterra onde se pode pernoitar. Além de Kingshill Cottage, uma casa grande onde podem ficar até dez pessoas, há seis huts (pequenas cabanas) "plantadas" em diferentes locais da reserva. As acomodações são muito confortáveis e contribuem para uma apreciação mais relaxada de um ambiente onde o tempo parece desacelerar e o céu ganhar cores infinitas. A reserva está aberta ao público, excepto às terças-feiras, e há ainda um celeiro onde se realizam casamentos.

Os preços para pernoitar numa hut começam em €118 por noite.

Hesleyside Huts, em Northumberland, no Reino Unido

Hesleyside Huts, em Northumberland (Reino Unido)
Hesleyside Huts, em Northumberland (Reino Unido)

Podemos começar por traduzir hut por cabana. Afinal, são pequenas casas em madeira no Parque Nacional Northumberland, no Norte de Inglaterra. No site da Hesleyside Huts pode-se ler que é como um acampamento vintage com estilo. Estas cabanas são feitas de carvalho reciclado e estão equipadas no interior para receber famílias ou grupos de amigos que queiram experimentar viver no campo por uns dias. As cabanas (huts) têm nomes próprios que reforçam as diferenças entre elas. Por exemplo, a Rowan Hut é mais recente e a maior, com dois pisos e inspirada nas cabanas americanas, a Holly Hut inspira-se nas primeiras capelas da Nova Inglaterra e a Bramble é uma verdadeira cabana familiar.

A partir de €107 por noite, a estada tem um mínimo de duas noites.

Playa Viva, em Juluchuca, no México
A época alta até pode ser entre Dezembro e Abril, mas o Playa Viva tem projectos e retiros durante todo o ano. A natureza envolvente, a ecologia e o yoga são três elementos fundamentais nesse local. As acomodações são bem diferentes e é possível escolher a que mais se adequa aos visitantes. Há 12 quartos luxuosos e ecológicos, todos virados para a praia, onde se inclui uma casa na árvore com um design muito especial, suites e "casitas".

O valor da estada é para duas pessoas, destina-se a um mínimo de três noites e, entre outros serviços, inclui aula de yoga diária. A partir de €226.

Longitude 131º, em Uluru-Kata Tjuta, na Austrália
Se a ideia de ter de atravessar o mundo para passar férias no deserto australiano pode parecer menos encorajadora para nós, europeus, o alojamento nas luxuosas tendas do Longitude 131º faz toda a diferença na experiência. Na paisagem, entre a terra castanha avermelhada e o verde seco da vegetação, sobressaem as coberturas brancas das tendas, como ricos "cogumelos". Estas 16 tendas têm um interior luxuosamente equipado e decorado e amplas janelas que privilegiam a vista para o infinito, nesse parque natural no coração da Austrália.

A estada por pessoa por noite (mínimo duas noites) é de €953 em quarto duplo.

Ecocamp, na Patagónia, no Chile
No coração do Parque Natural Torres del Paine está o premiado Ecocamp Patagonia que é recomendado por títulos de prestígio que vão das revistas Time, Forbes e Traveler aos jornais The Huffington Post e The Guardian. O alojamento é feito em cúpulas (domes) que funcionam como casas independentes, embora também exista uma Dome Bar, uma Dome Ioga e Domes Comunidade. Das mais básicas às mais luxuosas e amplas, estas cúpulas são como tendas com uma estrutura que lhes dá o efeito facetado. No interior domina a madeira. O desafio é partir à aventura. O EcoCamp é gerido pela Cascada Expediciones e há viagens com diferentes temas (safari, caminhada, desporto, contacto com a vida selvagem ou com glaciares) e a duração pode ir até vários dias.

Preços sob consulta.

Under Canvas, no Grand Canyon, nos Estados Unidos da América

Under Canvas, no Grand Canyon (Estados Unidos da América)
Under Canvas, no Grand Canyon (Estados Unidos da América)

A Under Canvas dá a oportunidade de acampar em diferentes locais dos Estados Unidos tão especiais como as Great Smokey Montains, o Mount Rushmore ou o Grand Canyon. Neste último caso é possível desfrutar da estada entre 13 de Setembro e 13 de Novembro. As tendas assumem diferentes categorias, todas elas proporcionam um alojamento confortável e acomodam até quatro pessoas, mantendo a forma tradicional de tenda branca. Assim, é possível acampar num cenário de filme do western americano.

Preços sob consulta.

Glamping Airstream, em Alozaina, na Espanha
Alozaina tem cerca de dois mil habitantes e a ideia base deste projecto é passar uns dias de descanso com uma típica carrinha americana Airstream como alojamento. Feitas a partir do modelo clássico da década de 1930, estas carrinhas foram transformadas em verdadeiras minicasas no interior, dispondo de quarto, casa de banho, cozinha equipada, zona de refeições e uma espécie de alpendre. À volta, a Natureza propõe passeios e é possível aproveitar a piscina no exterior.

A partir de €120 por noite (e a Andaluzia está aqui tão perto).

Clayoquot Wilderness Resort, em Vancouver Island, no Canadá
Esta zona na costa oeste da ilha Vancouver é especialmente rica em fauna e flora e poder desfrutar dela é um verdadeiro luxo. As sofisticadas 25 tendas alinham-se à beira da água. A cobertura branca marca a diferença num contexto verde de densa floresta. No interior das tendas experiencia-se o ambiente de um hotel de cinco estrelas e no exterior as possibilidades de explorar o melhor da Natureza são muitas, como, por exemplo, a época de Eco-Safari, entre Maio e Setembro.

A estada numa tenda clássica custa a partir de €1.040 por pessoa, por noite.

Collective Governors Island, no estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América

Collective Governors Island, no estado de Nova Iorque (Estados Unidos da América)
Collective Governors Island, no estado de Nova Iorque (Estados Unidos da América)

Acampar com vista para Nova Iorque? Sim, é possível. A Collective Retreats proporciona a experiência de acampar à medida do aventureiro e está presente em diferentes estados dos EUA, um deles é Nova Iorque. Em Governors Island é possível acampar em dois tipos de tendas diferentes, totalmente equipadas. É também possível acampar no meio da Natureza, estando perto de Manhattan e tendo vista para a Estátua da Liberdade.

Preços sob consulta.

Saiba mais glamping, campismo, glamour, férias, natureza, floresta, praia, deserto, experiências
Relacionadas

A melhor road trip do mundo

Um passeio entre a Toscana e a Riviera Francesa ao volante de um desportivo clássico e com alojamento nos melhores hotéis. Do que está à espera? É tempo de se pôr En Route to la Dolce Vita.

E se pudesse dormir num museu?

Há um novo hotel em Quioto, Japão, que desafia os hóspedes a escolher entre uma das 31 exposições permanentes dos seus quartos.

Partida, largada, aventura!

Mandam as novas regras que as experiências vividas são os novos luxos e que a melhor forma de fazer viagens memoráveis é partir à descoberta de aventuras. Eis sugestões para agarrar a mochila e perder-se pelo mundo.

Mais Lidas
Lugares Os lugares de classe executiva estão cada vez melhores

Não importa para onde vá, a classe "executiva" nunca foi tão boa. Um número crescente de companhias aéreas investiu em mais e melhores assentos da classe executiva - ou, em muitos casos, suítes. As mudanças foram feitas há anos, mas, para a sorte dos passageiros, estão a chegar ao mercado à medida que os voos mais longos se tornam mais comuns.

Lugares Os refúgios de Mr. Coppola

Além de realizador de cinema consagrado, Francis Ford Coppola é também um mestre na arte de bem receber. Tem um conjunto de cinco hotéis e resorts em cenários exóticos e paradisíacos onde cada visitante pode escrever a sua própria história.