Viver

Vendas de papel de parede aumentam por causa da Covid-19

O interesse repentino na cor do papel de parede deve-se ao aumento das reuniões em videoconferência. Ou então ao facto das pessoas passarem mais tempo a olhar para as suas paredes. Qualquer que seja a razão, a MUST reúne as melhores opções para a casa.

03 de abril de 2020 | Marina Sousa e Bloomberg
1 de 18 / Papel de parede 3D Modern Abstract Brick Wall, a partir de €22,99, europosters.pt
2 de 18 / Papel de parede Airam, €40,50, qechic.pt
3 de 18 / Papel de parede Cosmopolitan Rasch, €69, El Corte Inglés
4 de 18 / Papel de parede da coleção Zoom, Masureel na Pedroso & Osorio
5 de 18 / Papel de parede Dana Blue, a partir de €38, muralswallpaper.com
6 de 18 / Papel de parede Feuille D'Or, €139, Osborne & Little no El Corte Inglés
7 de 18 / Papel de parede Grunge Brick Wall, a partir de €22,99, europosters.pt
8 de 18 / Papel de parede Khrôma da coleção Tribute, Masureel na Pedroso & Osório
9 de 18 / Papel de parede Kuban, €29,95, El Corte Inglés
10 de 18 / Papel de parede Ladrilho Branco, €14,99, Leroy Merlin
11 de 18 / Papel de parede Livros, €32,99, Aki
12 de 18 / Papel de parede Monreau, €40,50, qechic.pt
13 de 18 / Papel de parede Nai Rotterdam, €31,99, europosters.pt
14 de 18 / Papel de parede Omaggio A Brancusi, €250, Elena Carozzi em artemest.com
15 de 18 / Papel de parede Ornamental Branco Lacado, €19,99, Leroy Merlin
16 de 18 / Papel de parede pintado à mão Underwood, €2600, Larghevedute em artemest.com
17 de 18 / Papel de parede Riscas Geométrico Castanho, €16,99, Leroy Merlin
18 de 18 / Papel de parede Verne, €90, Texturae em artemest.com


O setor de papel de parede estava em expansão antes do coronavírus nos obrigar a contemplar o estado das paredes das casas - e da casa dos outros nas nossas reuniões virtuais. Profissionais do setor estão a perceber: "Assistimos a um grande aumento dos pedidos de amostras de papel de parede", diz Noel Fahden, vice-presidente de merchandising da retalhista online Chairish. "Muitos clientes agora pedem mais de cinco amostras de cada vez, portanto estão claramente a considerar uma variedade de opções."

Shanan Campanaro, fundadora da Eskayel, diz que o seu negócio permaneceu "bastante estável" porque trabalha principalmente com designers de interiores que se dedicam a construções e projetos de longo prazo que não podem ser suspensos. O maior aumento foi nas redes sociais. As pessoas em casa "parecem agora particularmente interessadas em inspirar imagens domésticas", diz.

A marca francesa Pierre Frey, de propriedade familiar, teve sorte: lançou recentemente um site e Kim Huebner, que gere o showroom da empresa em Nova Iorque, diz que os clientes estão a adaptar-se rapidamente ao trabalho online. Com tantas videoconferências em andamento, "um design de tecido que é aplicado à parede ajudará na acústica", sugere. "E lembre-se de escolher uma cor lisonjeira para deixar a sua imagem com boa aparência no écran."

Saiba mais papel de parede, cor, coronavírus, aumento, venda, sites, online, videoconferências, paredes
Relacionadas

Se está em isolamento, este são os sites onde pode fazer compras

Com todas as lojas fechadas, onde comprar os nossos objetos favoritos? Sejam peças de roupa, cuidados beleza, material para exercício físico ou mesmo livros e revistas. Selecionamos alguns das lojas online que se mantém ativas e que garantem as melhores entregas, mesmo com prazos mais alargados.

Mais Lidas
Viver Como a pandemia fez crescer o adultério

Flirtar através de sms, andar “à caça” nos sites de encontros, entusiasmar-se online… Sem que se passe verdadeiramente ao ato, engana-se o tédio ou testam-se os limites de um casal, e abre-se uma janela para os desejos mais profundos.