Viver

Quer viver na casa de alguém famoso? Há 9 que estão à venda

Conheça nove das melhores casas que tiveram notáveis proprietários e ocupantes – incluindo uma que tem uma história surpreendentemente ruidosa.

07 de junho de 2021 | Sophie Warburton

Quer sejam certificadas com uma placa azul [que indicam que ali morou uma personalidade famosa] ou com alguma narrativa dos livros de história, as casas que já foram ocupadas por celebridades são normalmente vendidas a um preço mais alto. Desde Agatha Christie em Oxfordshire ou Winston Churchill em Chelsea, estão atualmente disponíveis no mercado imobiliário britânico (e não só) nove das melhores casas que tiveram notáveis proprietários e ocupantes.

Winterbrook House, Wallingford, Oxfordshire 

Ofertas acima de £2,75 milhões, Savills

A Winterbrook House, em Wallingford, foi a mansão onde morou a escritora Agatha Christie [agraciada como dama-comendadora da ordem do império britânico, em 1971, pela rainha Isabel II] desde 1934 até à sua morte, em 1976. Creditada como tendo sido a casa que serviu de inspiração à Danemead – a casa de Miss Marple [a célebre detective dos seus livros] na aldeia de St Mary Mead –, crê-se que Agatha Christie terá escrito algumas das suas obras mais famosas aqui.

A casa, classificada como sendo de Grau II [as estruturas classificadas, no Reino Unido, são aquelas que se designam oficialmente como tendo especial interesse arquitetónico, histórico ou cultural], tem cinco quartos e uma arquitetura de estilo Queen Anne, ostentando uma placa azul atribuída pela English Heritage [instituição que gere monumentos, edifícios e locais históricos]. Possui 390 metros quadrados de área habitacional e um pequeno chalé adjunto, com um quarto, com vista para o Rio Tamisa, com potencial para se instalar um pontão – sujeito às normais regras de licenciamento.

Winterbrook House, Wallingford, Oxfordshire, OIEO
Winterbrook House, Wallingford, Oxfordshire, OIEO Foto: Savills

Pitt House, Johnstone Street, Bath, Somerset

£3,5 milhões, Knight Frank

Um dos melhores endereços de Bath, a Pitt House, foi em tempos a residência do ex-primeiro-ministro britânico William Pitt, O Novo [assim designado para se diferenciar do seu pai, com o mesmo nome, que também foi primeiro-ministro do país]. Aquele que foi o mais jovem primeiro-ministro britânico viveu nesta propriedade entre os seus dois mandatos [o primeiro mandato foi de 1783 a 1801 e o segundo de 1804 até à sua morte]. A propriedade funcionou também como sede da Bath Conservative Association durante muitos anos.

A casa em si, dividida em cinco pisos, possui um espaçoso quarto principal, com suite e closet. Na planta da casa pode ver-se que há um "quarto para embrulhar presentes". Com uma casa de 393 metros quadrados, suponho que se possa dar ao luxo de ter toda uma assoalhada reservada aos embrulhos das prendas de Natal.

Pitt House, Johnstone Street, Bath, Somerset
Pitt House, Johnstone Street, Bath, Somerset Foto: Knight Frank

Burnsall Street, Chelsea, Londres

£4,5 milhões, Harrods Estates

A loira bombástica Diana Dors foi apregoada como a resposta britânica à norte-americana Marilyn Monroe – e a sua casa citadina de Chelsea, com os quatro quartos com janela para a rua, está à venda por um fantástico preço de 4,5 milhões de libras.

Mas é melhor não saber muito mais. Diana Dors era conhecida por fazer ruidosas festas regadas com álcool e drogas em sua casa – se bem que não esteja claro se este imóvel em Chelsea era a morada para onde se enviava a confirmação da presença.

Burnsall Street, Chelsea, Londres
Burnsall Street, Chelsea, Londres Foto: Lurot Brand

Eccleston Square, Pimlico, Londres  

Renda de £12.350 por mês, Hamptons

Vale a pena contornar um pouco as regras neste caso: não está disponível para venda, mas sim para arrendamento. Este apartamento em Eccleston Square, com cinco quartos, foi onde Winston Churchill viveu entre 1909 e 1913, quando ocupou o cargo de ministro da Administração Interna.

Embora já não restem muitas das suas características de origem, a propriedade responde a padrões rigorosos.

Eccleston Square, Pimlico, Londres
Eccleston Square, Pimlico, Londres Foto: Hamptons

Tamhorn Park Farmhouse, Lichfield, Staffordshire

£1,475 milhões, Knight Frank 

Ligada a primeiros-ministros, a Tamhorn Park Farmhouse, em Staffordshire, construída em 1715, foi a casa rústica de Sir Robert Peel, inserida numa propriedade mais vasta. Robert Peel [por duas vezes primeiro-ministro britânico] comprou a casa em 1827, usando-a como pavilhão de caça, e esta foi continuando na família Peel até à década de 1920, quando acabou por ser vendida pelo 4.º baronete [quarta geração do título de baronete – que é o mais baixo título de nobreza hereditário britânico].

A "Tammers", como é carinhosamente conhecida, possui cinco quartos e quatro casas de banho, e a área útil dos espaços tem boas proporções. O pequeno jardim, com 0,45 hectares, está muito bem integrado.

Tamhorn Park Farmhouse, Lichfield, Staffordshire
Tamhorn Park Farmhouse, Lichfield, Staffordshire Foto: OnTheMarket

St. Ann's Hill, Surrey

£5,95 milhões, The Modern House

Se o leitor imagina que poderia ter sido um músico, esta propriedade poderá ser a certa para si. A St. Ann's Court’s, no Surrey, assim designada em 1936 pelo arquiteto Sir Raymond McGrath, em consulta com o célebre projetista de jardins Sir Christopher Tunnard, é considerada uma das melhores e mais icónicas casas construídas na Grã-Bretanha na primeira metade do século XX.

Entre os seus anteriores proprietários contam-se Sir William Berry e Phil Manzanera, guitarrista dos Roxy Music que ali instalou um estúdio de gravação de excelência onde muitas das mais célebres músicas da banda foram gravadas.

St. Ann's Hill, Surrey  £5,95 milhões
St. Ann's Hill, Surrey £5,95 milhões Foto: The Modern House

Benifold, Bordon, Hampshire

£4 milhões, Knight Frank

Poderá não parecer o tipo de casa que já foi propriedade de estrelas do rock and roll, mas nunca avalie um livro pela sua capa. Com 11 quartos, a casa Benifold, no East Hampshire, foi a morada de Mick Fleetwood [baterista dos Fleetwood Mac] e da sua mulher Jenny Boyd (cunhada de George Harrison, dos Beatles) entre 1970 e 1974, antes de irem viver para os Estados Unidos.

A banda gravou quatro álbuns durante a época em que ele viveu nesta casa. Na sua autobiografia, intitulada Play On, Mick Fleetwood fala exaustivamente sobre o seu amor por Benifold.

Com mais de mil metros quadrados, tudo na casa tem proporções enormes, incluindo uma sala de jantar com perto de 10 metros, uma ampla suite principal e uma varanda ao longo de toda a casa.

Benifold, Bordon, Hampshire, £4m
Benifold, Bordon, Hampshire, £4m Foto: Knight Frank

Son Serralta, Maiorca

€26,5 milhões, Imperial Properties

Tem 26,5 milhões de euros de lado e apetece-lhe mudar de artes? Então este é o sítio ideal para si. A apenas 15 minutos do aeroporto de Palma de Maiorca, a Son Serralta é uma das melhores e mais notáveis propriedades de Maiorca.

Anteriormente detida pelo Conde de Montenegro, a vasta propriedade possui 10 quartos duplos, 16 casas de banho, um court de ténis e duas piscinas, e tem ainda um elevador para o caso de não lhe apetecer subir as escadas depois de um extenuante dia a apanhar sol. Vai a leilão neste mês de junho e não há preço de reserva, mas espera-se que atinja um valor em torno de 26,5 milhões de euros.

Son Serralta, Maiorca
Son Serralta, Maiorca Foto: Luxury Real State

Cherry Hill, Wentworth Estate, Surrey

Preço indicativo de £30 milhões, Savills

A Cherry Hill – a única casa à venda em Wentworth Estate [propriedade privada, com grandes imóveis, no Surrey] – foi a casa de campo de John ‘Jock’ Whitney, embaixador norte-americano no Reino Unido, e da sua mulher Betsey Roosevelt Whitney.

A casa, originalmente chamada de Holthanger, foi desenhada na década de 1930 pelo visionário arquiteto britânico Oliver Hill. Whitney comprou-a em 1958 e deu-lhe um novo nome, Cherry Hill – em alusão ao seleto Cherry Hills Country Club em Denver, Colorado, onde o presidente norte-americano Dwight D. Eisenhower gostava de jogar golfe, perto da sua casa de férias.

O casal conviveu bastante quando esteve a viver na Grã-Bretanha, tanto em termos sociais como pessoais. Após esgotar rapidamente o orçamento da embaixada, John ‘Jock’ Whitney teve de recorrer ao seu próprio dinheiro nos quatro anos seguintes.

A propriedade passou por uma extensa remodelação e inclui agora uma sala de Cinema na cave, grandes garagens e uma adega com ligação subterrânea a um pavilhão recém-construído, de um só andar, para alojamento de hóspedes.

Cherry Hill, Wentworth Estate, Surrey
Cherry Hill, Wentworth Estate, Surrey Foto: Savills

Sophie Warburton/The Telegraph/Atlântico Press

Tradução: Carla Pedro

Saiba mais turismo, habitação e urbanismo, John ‘Jock’ Whitney, Wentworth Estate, Mick Fleetwood, Hampshire, Tamhorn Park Farmhouse, Johnstone Street, Staffordshire, Londres, Diana Dors, Wallingford, imobiliário, celebridades, compra casas, agência imobiliária, primeiro ministro, música, casas, Cherry Hill, Agatha Christie, Chelsea, Oxfordshire, Isabel II, Winston Churchill, Sir Robert Peel, Winterbrook House, Savills, Eccleston Square, Johnstone Street
Relacionadas
Mais Lidas