Prazeres / Restaurantes

Luz by Chakall, a fusão de três cozinhas no Estádio da Luz

Uma cozinha com inspiração italiana, argentina e portuguesa, define o novo restaurante do chef argentino no Estádio da Luz, em Lisboa.

03 de novembro de 2019

Nascido na Argentina, o chef Chakall (Tigre, Buenos Aires, 1972) é a quarta geração numa família de cozinheiros, com origem galega, suíça-alemã, basco-francesa, italiana e, claro, indígena argentina. "Cresci na cozinha do restaurante da minha mãe e fui obrigado a servir às mesas, arranjar salsa, levantar pratos, acender o lume, etc. Até que aos 14 anos fiquei a tomar conta da cozinha. Isto durou até aos 18 anos, altura em que me fartei do cheiro a fritos e de que as mulheres fugissem de mim… Estudei Jornalismo e trabalhei durante sete anos no jornal El Cronista, acabando como crítico de música" como conta, na sua página oficial. Em Portugal há 20 anos, Chakall tornou-se conhecido entre os portugueses pela irreverência, talento e simpatia naturais, acabando por conquistar os nossos paladares. É, aliás, a fusão de gastronomias do mundo, e o novo restaurante deste chef não é excepção. A braços com o desafio de criar uma carta que agradasse a gregos e a troianos no novíssimo espaço Luz by Chakkal (no interior do Estádio da Luz, onde anteriormente se localizava Catedral da Cerveja) o chef optou por fazer uma fusão entre três países. "A ideia foi criar um conceito de família. A base do restaurante é carne, mas também temos pizzas, e petiscos (…) Portugal, Argentina e Itália são três países que gostam de comer."  

Começando pelos petiscos, um dos pontos fortes da carta, destacam-se o choco frito (€8), a salada de polvo (€8), as bolinhas de alheira e panko (€6), as gambas ajillo, o queijo provoleta grelhado (€7) as empanadas argentinas (€5) e os pimentos padrón (€4). No que toca à secção da carne, uma das grandes apostas, sobressaem deliciosos pratos como a picanha argentina à brasileira (€17,90) ou o bife de chorizo da América do Sul (€18,90).

Saladas, bruschettas e burratas são algumas das entradas do Luz by Chakall.
Saladas, bruschettas e burratas são algumas das entradas do Luz by Chakall.

Para os apreciadores de carne maturada, as apostas vão para o Chuleton maturado durante 30 dias (entre os €27,90 e os €52,90). Ainda se passarmos os olhos pelas sugestões de peixe, mesmo ao lado no menu, saltam à vista sugestões bem portuguesas como bacalhau grelhado com batata a murro (€13,90) ou filete de garoupa grelhada (€17,90).

A carne é uma das apostas na cozinha do espaço.
A carne é uma das apostas na cozinha do espaço.

Como o prometido é devido, as pizzas têm uma carta própria. O pizzaiollo Roberto Mezzapelle (siciliano radicado em Portugal há dois anos, amigo e companheiro de "tachos" de Chakall) assume as ordens junto ao forno de pizzas é o responsável por estas criações. É sob as suas ordens que sairão da cozinha combinações como carpaccio de pêra e pinhões (€7,90) ou bruschettas de tomate (€3,90), nas entradas. Nas pizzas, além dos clássicos italianos, destacam-se as originais Benfica Diavolla, com molho de tomate, mozzarella, spianata picante e orégãos (€11,90) ou Maestro com molho de tomate, mozzarella, porcini, bacon, scamorza fumada e pão ralado aromatizado. Para o fim ficam alguns clássicos do chef incontornáveis, como o The ChakBurger, um hambúrguer clássico (€8,90), o choripán, que é uma salsicha argentina grelhada com molho chimichurri (€6,90) ou lomito argentino, que na verdade é uma sandes de picanha argentina (€9,90).

Maestro com molho de tomate, mozzarella, porcini, bacon, scamorza fumada e pão ralado aromatizado (€14,90)
Maestro com molho de tomate, mozzarella, porcini, bacon, scamorza fumada e pão ralado aromatizado (€14,90)

Para adoçar o paladar e fechar uma bela refeição, é importantíssimo não saltar a sobremesa, onde se esperam criações originais como alfajores com doce de leite e pistáchios (€3), pannacotta de erva limão (€4) ou mousse de chocolate com vinho do Porto (€4).

Mousse de chocolate com vinho do Porto (€4)
Mousse de chocolate com vinho do Porto (€4)

Da arquitetura à decoração, sem esquecer a carta, o restaurante foi pensado de forma a criar vários ambientes dentro de um mesmo espaço para oferecer uma experiência única e inesquecível a quem por aqui passar. "A ideia era fazer algo diferente do que existia. Queria que fosse rústico, natural, e fazer um tecto mais alto", explica o chef. O restaurante tanto se adequa para refeições mais privadas, em família, ou para jantares empresariais ou entre amigos. Haverá ainda um futuro sports bar, para brindar às vitórias da temporada.

2019 foi um ano repleto de novidades para este chef. No final do verão, renovou o El Bulo Social Club, em Marvila (junto ao Refeitório do Senhor Abel, também seu), abriu o L’Origine by Chakall no Parque das Nações, de massas e pizzas em carvão, e também inaugurou um restaurante de peixe com o Otto Fish Restaurant, em Santiago do Cacém. É ainda o rosto do Areal Beach Bistrot.

Onde? Avenida Eusébio da Silva Ferreira, Estádio Sport Lisboa e Benfica – Porta 10, Benfica. Quando? Entre as 12h e as 15h, ao almoço, e jantares (quintas, sextas e sábados) das 19h às 23h (último pedido cozinha: 22h00). Reservas 211 575 808 ou reservas@restauranteluz.com

Saiba mais Estádio da Luz, Chakall, Luz by Chakall, Argentina, Portugal, Itália, Gastronomia, , Buenos Aires, Benfica, Restaurante, Gastronomia
Relacionadas

Sabores sobre rodas

Há uma arte por detrás de um bom veículo que vende comida. Entramos, assim, no incrível mundo dos chamados food trucks, os veículos que nos alimentam e saciam a sede na rua.

Mais Lidas