Prazeres / Restaurantes

Em Lisboa, sê italiano

No Largo Rafael Bordalo Pinheiro, em Lisboa, o Caffè di Marzano é o novo recanto italiano da cidade. Luminoso de dia e escuro de noite, é o local ideal para apreciar com calma e num ambiente acolhedor o melhor da gastronomia de Itália.

As famosas pizzetas, cujas combinações se inspiram nas pizzas da Valdo Gatti.
As famosas pizzetas, cujas combinações se inspiram nas pizzas da Valdo Gatti.
21 de janeiro de 2020 | Rita Silva Avelar

O nome Caffè di Marzano soa tão bem, assim dito na bonita língua italiana, como sabe a comida apresentada neste novo restaurante. O novo italiano da cidade, que é o "irmão" mais novo da pizzaria Valdo Gatti, é aquele sítio que procuramos com os olhos quando pensamos que queremos fugir à azáfama da cidade e provar iguarias deliciosas, quentes e saborosas num sítio aconchegante. E depois ver tudo a acontecer pelas vidraças, altas e largas, deste novíssimo café e restaurante, detendo-nos com calma no copo de vinho tinto ou no vermute que o simpático staff se oferece para colocar sobre a nossa mesa.

No Caffè di Marzano honra-se a gastronomia italiana, envolvendo-a com o espírito nova-iorquino do bairro de Little Italy, e leva-se essa essência até Lisboa. Aqui se conta o segundo capítulo da história do senhor Osvaldo, o patriarca italiano que deu inspiração à família Gatti para abrir a Valdo Gatti. À chegada, é impossível não reparar na pomposa bicicleta que está estacionada à entrada: é o veículo que um dos membros da equipa usa, todos os dias, para ir buscar as massas já fermentadas para as pizzetas e focaccias, precisamente à Valdo Gatti.

No Caffè di Marzano existem três menus para diferentes momentos do dia. Entre as 8h e o meio dia, não se prescinde de iguarias como as clássicas panquecas com xarope de ácer (€5), os ovos cozinhados de diferentes formas (escalfados, mexidos, em fritatta e no forno – 4€ a 7€), as famosas french toasts (€3,5), as papas de quinoa (5€) os bowls e ainda os paninis (€4) e as bruschettas (€4,5).

Nas sugestões matinais estão: panquecas com xarope de ácer (€5) ou ovos cozinhados de diferentes formas (escalfados, mexidos, em fritatta e no forno – 4€ a 7€).
Nas sugestões matinais estão: panquecas com xarope de ácer (€5) ou ovos cozinhados de diferentes formas (escalfados, mexidos, em fritatta e no forno – 4€ a 7€).



Entre o meio-dia e a as 16h, estas propostas dão lugar a outras mais convidativas para quem deseja almoçar. Assim, há boas sugestões nas massas: seja a orechiette e bacalà, com bacalhau, alcaparras, funcho, aneto e limão ou a penne sem glúten al Cavolfiore, com couve-flor, curcuma, passas, amêndoas e chili (€6,5, cada).

Nas massas, há orechiette e penne. Esta: penne al cavolfiore.
Nas massas, há orechiette e penne. Esta: penne al cavolfiore.

Mas também pode optar por escolher uma das pizzetas (€6,5) como a bufalotta, com mozzarella, presunto curado, tomate-cherry e manjericão, ou a piccante de nduja picante – todas elas variações ou réplicas da Valdo Gatti. A partir das 16h e até à meia-noite mantêm-se as massas e as pizzetas, e chegam as fabulosas tábuas com selecções de queijos, charcutaria, vegetais e um doce, além de uma seleção de pães (€9 a €10,5).

Há tábuas com selecções de queijos, charcutaria, vegetais e um doce, além de uma seleção de pães.
Há tábuas com selecções de queijos, charcutaria, vegetais e um doce, além de uma seleção de pães.

Há ainda um bar de bebidas quentes e frias, ideais para acompanhar todos estes pratos. As manhãs convidam a beber um café sem pressa: o 100% arábica pode ser desfrutado em clássicos como cappuccinos, lattes 

e macchiatos e há ainda café de filtro. As infusões da Companhia Portugueza do Chá complementam a oferta no que toca aos quentes. Para o almoço, pode sempre escolher um vinho português ou italiano: na carta, surpreenda-se com a minuciosa "curadoria", que inclui vinhos sustentáveis.

No bar, há uma boa seleção de vermutes, portugueses e italianos.
No bar, há uma boa seleção de vermutes, portugueses e italianos.

Ao jantar, é hora de provar a vasta oferta de vermutes italianos e outros destilados, que podem ser servidos puros ou em cocktails, como é o caso dos clássicos Aperol Spritz (€6), Negroni (€6) ou Manhattan (€6). É caso para dizer: bem-vindos a Itália, em solo português.

A decoração do espaço evoca um ambiente de luxo, acolhedor, que mostra atenção aos detalhes.
A decoração do espaço evoca um ambiente de luxo, acolhedor, que mostra atenção aos detalhes.

Onde? Largo Rafael Bordalo Pinheiro 32, Lisboa Quando? De segunda-feira a domingo, das 9h à meia-noite. Reservas 212697656

Saiba mais Caffè Di Marzano, Restaurante, Café, Bistro, Lisboa, Italiano, Gourmet, Valdo Gatti, Gastronomia, Comida, Sabores, Vermute, Beber um copo
Relacionadas

Uma experiência de sushi que honra a tradição

O Praia no Parque tornou-se num dos sítios mais versáteis da cidade. Quer marcar um almoço de negócios? É lá. Tomar um copo depois de jantar? Também é lá. E juntar a família ao fim de semana? Exacto. Também há sushi na barra, uma experiência imperdível.

Mais Lidas
Restaurantes Eneko, um basco em Lisboa

O Eneko fica no antigo Alcântara Café — que está igualzinho — e oferece o mesmo menu de três estrelas Michelin do Azurmendi, no Pais Basco, só que por praticamente metade do preço…