Prazeres / Restaurantes

10 restaurantes em sítios surpreendentes

A companhia, o ambiente, a localização e a vista podem tornar os momentos passados à mesa únicos. Reunimos 10 restaurantes que partilham a arte de cozinhar em localizações inesperadas e, se para este Dia dos Namorados já não vai a tempo de fazer uma reserva, comece já a pensar no próximo.

12 de fevereiro de 2020 | Carolina Carvalho
1 de 1


The Dining Pod Koh Kood, Tailândia
The Dining Pod Koh Kood, Tailândia

Numa árvore: The Dining Pod Koh Kood, Tailândia

Integrado no resort Soneva Kiri, na Tailândia, o Dining Pod Koh Kood é uma experiência a cada refeição. Inspirado nas casas de árvore de que as crianças tanto gostam, esta consiste numa espécie de casulo em bambu, que tem dois bancos e uma mesa, e que fica suspenso no ar, entre as árvores. O casulo fica integrado na floresta Koh Kood e tem vista, não só para a vegetação envolvente, mas também até à praia. Esta experiência está vedada a crianças menores de 12 anos e tem duração limitada a duas horas por refeição e apenas uma para um chá tipo lanche.

Prato estrela? O ponto forte de qualquer refeição aqui é mesmo a vista…

Preço médio? Para duas pessoas, durante duas horas, a partir de €409 (aproximadamente).

Reservas? A reserva deve ser feita com antecedência.

De Kas, Amesterdão
De Kas, Amesterdão

Numa estufa: De Kas, Amesterdão

A privilegiada localização no parque Frankendael, em Amesterdão, já dá ao restaurante De Kas a envolvência com a Natureza, mas isso é só o início. O restaurante fica na antiga estufa municipal de Amesterdão, cujas origens remontam a 1926. Passou a ser um restaurante quando, em 2006, este edifício foi destinado à demolição e o dono – Gert Jan Hageman – assim o decidiu transformar. Em 2018 os chefs Wim de Beer e Jos Timmer tomaram as rédeas do restaurante e direcionaram-no no sentido da sustentabilidade apostando nos pratos de legumes. Recebe cerca de 50 mil clientes por ano e segue o conceito farm to table (da quinta para a mesa), ou seja, a cozinha tira partido dos mais de 100 tipos de vegetais, ervas e frutas cultivados nos terrenos da zona. Mas este restaurante também trabalha com agricultores. Na estufa, a grande sala de jantar tem oito metros de altura e é obra do conceituado designer holandês Piet Boon, mas há várias outras salas apropriadas para eventos privados.

Prato estrela? Não existe. As estrelas são os ingredientes, cultivados nos campos do restaurante, e colhidos de manhã para serem servidos à noite. Por isto o menu está em constante mudança.

Preço médio? Um menu custa €59,60 por pessoa.

Reservas? Aconselha-se a reserva com um mês de antecedência.

The Grotto, Rayavadee, Krabi (Tailândia)
The Grotto, Rayavadee, Krabi (Tailândia)

Na praia: The Grotto, Rayavadee, Krabi (Tailândia)

O Grotto é um dos quatro restaurantes do resort Rayavardee Krabi na Tailândia, que fica no sul da Tailândia (na zona estreita do país, um pouco acima da fronteira com a Malásia). Este restaurante está localizado por baixo de uma falésia de pedra calcária com vista e passagem direta para a praia Phranang. A especialidade são os barbecues, mas oferece também uma seleção de bebidas, snacks e saladas. O Grotto está aberto das 12h às 22h e, apesar de ser um restaurante na praia há um dress code que não permite biquínis ou roupas de praia muito reveladoras.

Prato estrela? O Earth & Ocean BBQ menu.

Preço médio? Um menu BBQ anda perto dos €110 por pessoa.

Reservas? Pelo menos um dia antes.

Maiden’s Tower, Istambul
Maiden’s Tower, Istambul

Num farol: Maiden’s Tower, Istambul

O Maiden’s Tower é um farol que fica a 200 metros da costa da localidade de Üsküdar, no lado asiático da Turquia. Aberto ao público desde 2000, o Maiden’s Tower é um museu (entre as 9h e as 19h) e também um restaurante. Durante o dia servem-se pequenos-almoços e almoços e a partir das 20h15 serve apenas jantares. Com uma localização privilegiada entre a Europa e a Ásia, guarda histórias de séculos de existência. O acesso ao farol é feito através de serviços de barcos: a partir de Kabatas (o lado europeu) e de Üsküdar (o lado asiático).

O restaurante tem capacidade para 220 pessoas e é possível reservar o espaço para festas, como casamentos.

Prato estrela? Costeleta de vitela.

Preço médio? O Menu Seleção Exclusiva custa, aproximadamente €42 por pessoa.

Reservas? É necessária a reserva para pequenos-almoços e jantares.

The Rock, Zanzibar (Tanzania)
The Rock, Zanzibar (Tanzania)

Numa rocha: The Rock, Zanzibar (Tanzania)

As imagens são explícitas. The Rock é um restaurante na praia muito especial porque está instalado numa rocha em plena água do mar. Sbriu em julho de 2010 e rapidamente se tornou popular, tornando-se mesmo um dos ícones incontornáveis de Zanzibar. Situado em frente à praia da pequena vila de Michamvi Pingwe, o restaurante ocupa um antigo posto de pescadores e tem, literalmente, vista para o oceano Índico. No interior a decoração acompanha o ambiente da ilha, tem um terraço e a especialidade do menu é a comida local, o peixe e o marisco. Este sítio tão especial pode ser alugado na totalidade para um evento de grupo. Chegar ao restaurante depende da maré… quando está baixa é possível ir a pé, mas se estiver alta é preciso um transfer, mas o site do restaurante indica a melhor forma de o fazer. O restaurante criou a Fundação Kichanga em 2005 para apoiar a comunidade local com projetos de sustentabilidade ou, por exemplo, ensinar pessoas a nadar.

Prato estrela? The Rock Special, uma grelhada mista de lagosta, camarão, polvo e calamares (aproximadamente €57).

Preço médio? Depende dos pratos escolhidos (os pratos principais vão dos € 17 aos € 32, aproximadamente).

Reservas? Podem ser feitas online, por telefone ou email.

Aescher, Suiça
Aescher, Suiça

Numa encosta: Aescher, Suiça

O restaurante Aescher, em Wasserauen fica no distrito de Schwende, nas montanhas suíças, e tem  tem sido, durante séculos, uma fonte de inspiração para artistas e poetas. Fica ainda perto de Wildkirchli, um conjunto de três cavernas que hoje são uma atração turística, pelo facto de aqui ter vivido o primeiro eremita, o Padre Ulmann, em 1658. O espaço começou por ser uma guesthouse fundada em 1884, uma das mais antigas do país, e hoje é um restaurante que reflete toda a herança cultural que o envolve, por exemplo nos pratos e bebidas, os Aescher Specials. Aqui pratica-se uma culinária baseada em produtos e tradições locais, que também dão origem a reinvenções, e numa estreita relação com os produtores locais. O Aescher está aberto entre maio e 20 de outubro, das 7h30 às 21h00.

Prato estrela? Aescher Becki, um goulash com carne de vaca e vegetais servido numa Becki, uma taça que é, tradicionalmente, usada para fazer música com uma moeda. 

Preço médio? Para um jantar de duas pessoas será de 80 francos suíços (aproximadamente €75).

Reservas? Só se aceitam reservas para pequenos-almoços e jantares e com um mínimo de 10 pessoas. Para almoçar, o mais aconselhável é chegar com algum tempo de avanço.

Le Panoramique, Chamonix (França)
Le Panoramique, Chamonix (França)

No meio das montanhas: Le Panoramique, Chamonix, França

Entre os vários locais para comer em Chamonix, uma zona turística no Monte Branco (a montanha mais alta dos Alpes), o Panoramique destaca-se pelo terraço panorâmico com vista para o glaciar Mer de Glace. Neste restaurante e snack-bar serve-se cozinha francesa e pratos regionais, mas é o terraço que mais conquista os clientes, a vista para as montanhas e a sensação de quase estar a caminhar por cima das mesmas é de cortar a respiração. Está aberto entre novembro e setembro.

Prato estrela? A travessa com diferentes variedades de queijo.

Preço médio? Um jantar para duas pessoas, €50.

Reservas? Segundo o restaurante bastam 5 minutos de espera para conseguir uma mesa.

Le Jules Verne, Paris
Le Jules Verne, Paris

Na Torre Eiffel: Le Jules Verne, Paris

Já quando foi apresentada ao público na Exposição Universal de 1889 o primeiro andar da Torre Eiffel contava com restaurantes em quatro pavilhões de madeira, cada um tinha capacidade para 500 pessoas. Apreciar o monumento francês e a vista de Paris que este proporciona parece requerer uma refeição à altura e em 1983 abriu o restaurante Le Jules Verne, homenagem ao escritor francês do século XIX, que fica no 2ª andar da Torre Eiffel, a 125 metros de altura. Nos anos seguintes os chefs Alain Reix e Alain Ducasse garantiram a este espaço uma estrela Michelin. No outono de 2018 o restaurante fechou, mas reabriu em agosto de 2019, depois de uma intensa renovação. Ao leme está o chef Frédéric Anton, que conquistou três estrelas Michelin no seu restaurante Le Pré Catelan. Além de ser um dos mais icónicos monumentos do mundo, a vista sobre Paris é digna de um filme.

Prato estrela? Com apenas seis meses de serviço ainda é cedo para referir um prato estrela, mas o restaurante aponta o ravioli de lagostim com creme de aipo e trufa negra como um dos preferidos dos clientes.

Preço médio? Um jantar com menu de degustação de cinco pratos custa €190 por pessoa.

Reservas? A mesa deve ser reservada com três meses de antecedência.

Grotta Palazzese, Apúlia, Italia
Grotta Palazzese, Apúlia, Italia

Numa gruta: Grotta Palazzese, Apúlia, Italia

Em pleno sul de Itália, o restaurante Grotta Palazzese roubou o nome à gruta onde se situa. A sala de refeições escavada na pedra é usada para festas e banquetes desde o século XVIII e é, desde então uma atração para viajantes. O terraço com vista para o mar e a iluminação a tirar partido da luz natural de cada dia, são mais duas características que tornam este sítio especial. A cozinha deste espaço baseia-se na tradição culinária da região italiana de Apúlia, à qual se acrescentam sabores para enriquecer a oferta. Existem dois menus de degustação – Magico e Charming - e um menu à la carte. Por cima do restaurante encontra-se um hotel com o mesmo nome, que foi recentemente remodelado e dispõe de 15 quartos.

Prato estrela? A estrela é mesmo a cozinha italiana.

Preço médio? Cerca de €180 por pessoa.

Reservas? Pode ser feita a partir do site do restaurante.

Ithaa Undersea Restaurant Rangali Island, Maldivas
Ithaa Undersea Restaurant Rangali Island, Maldivas

Debaixo de água: Ithaa Undersea Restaurant Rangali Island, Maldivas

A cinco metros de profundidade e com uma vista única para um jardim de corais e para um ecossistema de vida marinha, o Ithaa Undersea Restaurant Rangali Island proporciona a experiência de ter uma refeição, literalmente, debaixo de água. Integrado no resort Conrad Maldives Rangali Island, este restaurante serve os cocktails, almoços e jantares no relaxante ambiente de um aquário gigante. Em 2017 este restaurante ganhou o prémio Luxury Unique Experience, nos World Luxury Restaurant Awards.

Saiba mais The Dining Pod Koh Kood, Tailândia, BBQ, Amesterdão, Kas, Rayavardee Krabi, Koh Kood, The Grotto, restauração, Zanzibar
Relacionadas

Sabores sobre rodas

Há uma arte por detrás de um bom veículo que vende comida. Entramos, assim, no incrível mundo dos chamados food trucks, os veículos que nos alimentam e saciam a sede na rua.

As regras da atração

Para o dia de todos os amores nada como apelar aos cinco sentidos para celebrar quem mais se gosta.

O sabor do sucesso dos irmãos Michelin

André e Édouard Michelin só queriam vender pneus para carros. A nomeação dos melhores restaurantes começou por ser apenas um meio para alcançar um fim. E acabou por ser o fim, em si mesmo: o crème de la crème da gastronomia, entregue em Portugal e Espanha a 20 de novembro.

Imprensa: Ceci N'est Pas Un Bar

Um cocktail bar nunca vem só. Desta vez dispõe também de ostras fresquíssimas e de um horário alargado, garantindo alegrar os dias daqueles que não se regem pela rigidez dos horários. Um brinde a isto, caro leitor.

Os melhores destinos de férias para 2020

Resort ou safari? Praia idílica ou montanha aventureira? É sempre um desafio escolher o próximo destino de férias. É por isso que adoramos listas de destinos, como a última selecção “top 10” da revista de viagens Condé Nast Traveller.

Mais Lidas
Restaurantes Aqui também se come!

A companhia, o ambiente, a localização e a vista podem tornar os momentos passados à mesa únicos. Reunimos 10 restaurantes que partilham a arte de cozinhar em localizações inesperadas e, se para este Dia dos Namorados já não vai a tempo de fazer uma reserva, comece já a pensar no próximo.