Prazeres / Lugares

São queijos, senhor, são queijos

Na nova 'cheese concept store' da capital, existem mais de 100 referências de queijos, de várias nacionalidades. Entre portugueses, franceses, italianos e holandeses, é escolher e provar.

Foto: @queijariamachado
20 de outubro de 2021 | Rita Silva Avelar

Queijo e pão em cima da mesa, haverá algo mais português? Pede-se um copo de vinho, um prato de azeitonas e está o repasto feito. E embora seja uma iguaria consensual, que quase sempre faz as alegrias de todos à mesa, saiba que as mulheres são as grandes apreciadoras de queijo, sendo elas que os escolhem - pelo menos nos países nórdicos. Em Portugal, o queijo continua a ser mais solicitado pelos homens, mas elas estão a ganhar terreno. Quem nos conta é João Silveira Machado, um apaixonado por gastronomia e proprietário da Queijaria Machado, a nova cheese concept store da cidade, aberta há cerca de um ano. "Em Inglaterra e nos países nórdicos são as mulheres que escolhem o queijo, e em Portugal essa tendência também está a crescer", explica o mentor da loja, reconhecido cheesemonger [alguém especialista e vendedor de queijo] pela Academy of Cheese do Reino Unido.

Queijaria Machado.
Queijaria Machado. Foto: @queijariamachado
Quejaria Machado.
Quejaria Machado. Foto: DR

O queijo está bem guardado dentro de um edifício do séc. XVI, no número 43 da icónica rua Vítor Cordon, no Chiado, onde outrora foi um palacete. "É um edifício que pertencia à família de D. Duarte, que conta histórias giras. Era um sítio onde guardavam algumas riquezas da família, havia um cofre, e com o terramoto construiu-se um hotel, o primeiro hotel de Lisboa, dos Duques de Bragança, que recebia o Imperador do Brasil." Foi ainda uma extensão de uma Universidade que havia nesta rua, depois de ser confiscado durante o 25 de abril, até ter estado vários anos fechado. João Silveira Machado recuperou-o em três salas distintas, com arquitetura a cargo de Luís Pereira Miguel.

Quejaria Machado.
Quejaria Machado. Foto: DR
Quejaria Machado.
Quejaria Machado. Foto: DR

A loja divide-se entre a affinage room, uma sala de maturação com ambiente controlado (tem que estar abaixo dos 15 graus), onde se trata o queijo, e onde os affineurs selecionam e melhoram os queijos, aqui podememos vê-los nas suas diversas fases. Mas também há a sala de prova, onde se servem refeições ligeiras, tendo o queijo como ingrediente principal, e ainda uma sala para workshops e cursos conduzidos por um instrutor certificado, ou um senior cheesemonger, pela britânica Academy of Cheese. "Esta loja reúne várias valências pouco usuais, a maturação, a venda a retalho com acessórios, uma zona de prova e uma zona de formação", explica.  

Queijaria Machado.
Queijaria Machado. Foto: DR

Entre quijos portugueses, franceses, ingleses, suíços, espanhóis, italianos, irlandeses, austríacos ou holandeses, a Queijaria Machado disponibiliza mais de 100 referências. Exemplos disso são o britânico Appleby's Cheshire (9,98€/200 g), os franceses Comté 12 meses (8,07€/200 g) ou 24 meses (9,82€/200 g), o suíço Appenzeller extra (9,67€/200 g), o Manchego Grand Reserva Añejo com 18 meses (8,10€/200g) e os portugueses São Jorge Curado DOP 12 aos 36 meses (5,83€/200 g e 8,37€/200 g) e Beira Baixa maturado em pimentão. 

João Silveira Machado, Queijaria Machado.
João Silveira Machado, Queijaria Machado. Foto: DR

A Queijaria Machado disponibiliza ainda menus de degustação para almoço e jantar, por marcação. Acompanhados por vinho, sempre com o queijo como protagonista, os menus podem incluir pratos confecionados por João Machado (perito em gastronomia tradicional portuguesa), como gaspacho com burrata numa cama de verduras ou tornedó com molho roquefort, o queijo é quase sempre protagonista. "Temos produtos nacionais de excelência, o nosso pão é o pão da Gleba, por exemplo, e sou eu que faço as harmonizações com o vinho e as confeções da comida." A experiência gastronómica complementa-se ainda com as compotas, patés e azeites disponíveis na loja, uma curadoria feita pelo cheesemonger, que escolhe a dedo cada produto e cada pairing. Todos os utensílios para se tornar um verdadeiro especialista em queijo estão à venda na loja.

Onde? Rua Vítor Cordon n.º 4, Lisboa Quando? De terça a sexta-feira, das 10h30 às 19h. Sábados das 10h30 às 13h Reservas 213 461 877 ou geral@queijariamachado.com

Saiba mais Portugal, João Silveira Machado, Sala de Prova, Queijaria Machado, rua Vítor Cordon, Academy of Cheese, Affinage Room, Senior Cheesemonger, economia, negócios e finanças
Relacionadas

É fã de enoturismo? Tem de visitar estas adegas na Beira Interior

As Casas de Alpedrinha, na Beira Interior, garantem-lhe não só uma estadia descontraída como também uma experiência inigualável, com um roteiro de vistas às melhores adegas da região e às minas desativadas de estanho e volfrâmio, onde vinhos maturam a uma profundidade de 50 metros.

6 vinhos para ajudar a lavar os cestos

Se todos já lavaram os cestos é sinal que a partir de agora há pelo menos um período com menos trabalho físico, mas igualmente desafiante com a enologia a ter que se mostrar. Os vinhos continuam a surpreender o mercado.

Mais Lidas
Lugares Estas penthouses de sonho ficam em Portugal

Há duas novidades exclusivas no Belas Clube de Campo, o condomínio privado de luxo que fica a poucos minutos do centro de Lisboa, das praias de Cascais e de Sintra. São as penthouses com piscina privativa e os pátios interiores nas townhouses.