Prazeres / Bebidas

Imprensa: Ceci N'est Pas Un Bar

Um cocktail bar nunca vem só. Desta vez dispõe também de ostras fresquíssimas e de um horário alargado, garantindo alegrar os dias daqueles que não se regem pela rigidez dos horários. Um brinde a isto, caro leitor.

Há um novo bar de cocktails e ostras na cidade
Há um novo bar de cocktails e ostras na cidade Foto: D.R.
20 de fevereiro de 2020 | Pureza Fleming

São cinco da tarde de uma quarta-feira qualquer e tudo o que mais lhe apetecia era saborear um cocktail, num ambiente cool e despretensioso. E pensa: "Porque não?". Só que logo é assomado pela realidade do costume: porque bar que é bar, só abre as suas portas a partir das sete da tarde — ou assim a cidade, por norma, indica. As boas notícias são que já não precisa de ser assim tão preto no branco. Digamos que o bar do hotel já não tem de ser a única luz ao fundo do túnel naquele momento muito específico em que "só queria mesmo era beber um drink".

Os bares de Brooklyn, em Nova Iorque, serviram de inspiração para a decoração
Os bares de Brooklyn, em Nova Iorque, serviram de inspiração para a decoração Foto: D.R.


O cocktail bar Imprensa abriu no passado dia 30 de janeiro no número 46 da Rua da Imprensa Nacional, no Príncipe Real, fundado por um grupo de amigos que se conheceu na Escola de Hotelaria de Lisboa, nos idos de 2015. Bruno Cabral, Carlota Melo, Frederico Falcão, João Nuno e João Silva, têm idades compreendidas entre os 25 e os 31 anos e todos têm nos seus currículos a área da restauração. A ideia que sonharam em conjunto foi a de terem um cocktail bar com um ambiente despojado e tranquilo, mas também a de estabelecerem a hora do apetitivo, do pre-dinner. Criarem um lugar onde se pudesse ir comer umas ostras e beber um copo, também à luz do dia. E porquê ostras? O supervisor de bar, sócio e cofundador, João Silva, explica à Must que estes moluscos sempre estiveram muito associados a "lugares um bocadinho mais snobs e a restaurantes mais fancy". Quiseram, por isso, descodificar esse conceito, oferecendo ostras a um bom preço (€2 a unidade), vindas diretamente do Rio Sado e "fresquíssimas", tal como assegura aquele sócio. Tudo isto imbuído num ambiente descontraído e informal. A acompanhar as ostras, João Silva recomenda o cocktail Olivetti que leva gin, limão, licor de bergamota, solução salina de azeitona e espumante. Adianta, porém, que estão a desenvolver alguns cocktails cuja finalidade é a de fazerem pairing com as ostras, o que significa que "casarão" na perfeição, tal como acontece com os vinhos e com alguns pratos específicos (apesar disso, provei e considerei que o Olivetti e as ostras já fazem um belíssimo par). Além deste cocktail, na carta é possível encontrar-se mais cinco cocktails de assinatura, vinho branco, vinho tinto e rosé, cerveja e ainda espumante.

Durante a (Happy) Oyster Hour, podem provar-se ostras do Sado por €1,50
Durante a (Happy) Oyster Hour, podem provar-se ostras do Sado por €1,50 Foto: D.R.

No que respeita ao design e à decoração do bar, o estilo industrial é aquele que mais impera. De certa maneira relembra o estilo dos bares de Brooklyn, em Nova Iorque. João Silva, que trabalhou ao longo de um ano em bares na Big Apple, confirma. E acrescenta que as ideias para a decoração foram surgindo e que foram os próprios sócios a construir todo o bar — incluindo uma parede repleta de moedas de um e de dois cêntimos coladas, uma a uma, pelos próprios. Sem arquitectos, sem designers, sem mão-de-obra extra. À boa maneira jovem e empreendedora. E, só para finalizar, um brinde também a isto.

O cocktail bar Imprensa encontra-se aberto de quarta-feira a domingo, entre as cinco da tarde e a duas da manhã. Às quintas, sextas e sábados encerra às três horas da madrugada. Todos os dias, entre as cinco da tarde e as oito da noite, é possível saborear-se ostras por €1,50 a unidade, durante a (Happy) Oyster Hour.

Imprensa Cocktail & Oyster bar
Rua da Imprensa Nacional, 46, Lisboa

Cocktails para beber antes ou depois do jantar
Cocktails para beber antes ou depois do jantar Foto: D.R.
Saiba mais Cocktails, ostras, bares, Lisboa, Happy Hour
Relacionadas

As mulheres mais admiradas da gastronomia

Os chefs do sexo masculino atraem mais atenção do que as mulheres sob qualquer aspeto — das estrelas Michelin aos programas de TV, passando pelo ranking dos 50 melhores restaurantes do mundo, onde só cinco delas estão representadas. Então, quem são as mulheres mais admiradas do universo gastronómico? Perguntámos a famosos chefs mundiais e estas são algumas das suas favoritas.

10 restaurantes em sítios surpreendentes

A companhia, o ambiente, a localização e a vista podem tornar os momentos passados à mesa únicos. Reunimos 10 restaurantes que partilham a arte de cozinhar em localizações inesperadas e, se para este Dia dos Namorados já não vai a tempo de fazer uma reserva, comece já a pensar no próximo.

Mais Lidas
Bebidas Being Joaquim de Almeida

A Must manteve uma conversa com o ator português mais internacional por ocasião da celebração dos 150 anos do champanhe Moët Impérial. Entre memórias e copos desse champanhe se passou a tarde que antecedeu a festa mais glamorosa da temporada.