Lugares

As casas dos magnatas da tecnologia

A maioria dos titãs do mundo da tecnologia tiveram começos humildes e difíceis, mas não se deixe enganar: hoje milionários, muitos têm casas sumptuosas, embora outros gostem de se manter modestos.

Foto: Getty Images
11 de fevereiro de 2020 | Vitória Amaral

Quase 5% dos 100 milionários mais ricos fizeram fortuna no mundo da tecnologia, e embora alguns dos seus sucessos tenham começado de forma simples, muitos estão a investir os seus milhões no imobiliário. Enquanto o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e Bill Gates vivem em Washington,a menos de mil metros um do outro em duas das propriedades mais caras dos Estados Unidos, Los Angeles também é uma das cidades de eleição para a elite da indústria, como é o caso da mansão de Elon Musk em Bel Air ou da de Evan Spiegel e Miranda Kerr em Brentwood com vista privilegiada par a cidade.

Jeff Bezos
Jeff Bezos Foto: Getty Images

Jeff Bezos

O homem mais rico do mundo e a família vivem na pequena cidade de Medina, no estado norte-americano de Washington. Esta localidade calma sempre foi um abrigo para os magnatas da indústria, incluindo Bill Gates e outros nomes de peso da Microsoft. Em 1998, Bezos pagou à volta de 9 milhões de euros pela propriedade, que se estende por 5,3 hectares. Bezos também tem ainda propriedades em Beverly Hills, na Califórnia, um rancho em Van Horn, no Texas; um ex-museu em Washington, DC e três condomínios na zona histórica de Manhattan, em Nova Iorque. A sua mansão em Beverly Hills tem sete quartos, sete casas de banho, uma estufa, um campo de ténis , piscina, quatro fontes e uma garagem para seis carros.

Bill Gates
Bill Gates Foto: Getty Images

Bill Gates

O agora segundo homem mais rico do mundo vive na mesma rua que Bezos em Medina, numa propriedade avaliada em 15,5 milhões de euros que Gates batizou como "Xanadu 2.0". Tem uma garagem com capacidade para 23 carros, seis cozinhas e 24 casas de banho. A construção da mansão, com mais de 6000 metros quadrados, demorou quatro anos com um custo total de mais de 54 milhões de dólares. Também está equipada com uma sala de espetáculos interior e uma piscina com o seu próprio sistema de música debaixo de água.

Charles Simonyi
Charles Simonyi Foto: Getty Images

Charles Simonyi

Também em Medina e em frente ao lago Washington vive um dos programadores mais antigos da Microsoft que supervisionou a criação do Office. A propriedade era conhecida como Villa Simonyi, passando depois a Windows 2000 House com o acréscimo de janelas que totalizou as 2000, a propósito do lançamento do programa Windows 2000.

Jack Dorsey
Jack Dorsey Foto: Getty Images

Jack Dorsey

O CEO do Twitter comprou a sua mansão em São Francisco por 9 milhões de euros em 2012. Com 347 metros quadrados, a casa tem vista direta para a Golden Gate Bridge no bairro exclusivo de Seacliff. Construida num penhasco num bairro conhecido pela riqueza da sua fauna e flora, tem dois andares, cinco quartos e três casas de banho.

Tim Cook
Tim Cook Foto: Getty Images

Tim Cook

O CEO da Apple vive de forma modesta em comparação com os seus pares: comprou a sua casa em Palo Alto, na Califórnia, em 2012 por menos de 1,8 milhões de euros (223 metros quadrados). Cook é conhecido pela sua privacidade, e já referiu em entrevistas anteriores que "gosta de se lembrar de onde veio e manter-me em ambientes modestos ajuda-me a fazê-lo. O dinheiro não me motiva."

Evan Spiegel
Evan Spiegel Foto: Getty Images

Evan Spiegel

O multimilionário de apenas 28 anos e a mulher a modelo Miranda Kerr, compraram uma casa de 665,6 metros quadrados em Brentwood, na Califórnia, por 10,9 milhões de euros em 2016. Foi nesta propriedade que o casal celebrou o seu casamento em maio de 2017. A casa pertenceu a Harrison Ford durante 30 anos antes de este a decidir vender em 2012.

Larry Page
Larry Page Foto: Getty Images

Larry Page

O cofundador da Google e CEO da Alphabet adquiriu a sua propriedade por 6,5 milhões de euros no bairro de Old Palo Alto na Califórnia em 2005. A casa, que consta no Registo Nacional de Lugares Históricos, foi construída de 1931 a 1941 para o artista de ascendência açoriana Pedro Joseph de Lemos, com partes de uma capela parcialmente destruída num terramoto de 1906. Há quem diga que o também multimilionário e amigo de Page, Elon Musk, passa lá a noite ocasionalmente por não ter casa em Silicon Valley.

Mark Zuckerberg
Mark Zuckerberg Foto: Getty Images

Mark Zuckerberg

O fundador do Facebook comprou a sua casa de quase 522 metros quadrados em Palo Alto por 6 milhões de euros em 2011. Gastou uns adicionais 41 milhões de euros nas quatro casas circundantes para garantir a sua privacidade. A residência está equipada com um assistente eletrónico feito à medida chamado Jarvis. O interior conta ainda com chão aquecido e um bar de pequeno almoço na cozinha. Também tem uma piscina e um lago privado.

Elon Musk

O fundador da Tesla pagou 15,5 milhões de euros pela sua casa no topo de uma colina em Bel Air. Com vista privilegiada para o Country Club de Bel Air, o terreno tem 18 mil metros  quadrados divididos em duas alas. Tem sete quartos, nove casas de banho, uma sala de cinema, um ginásio, piscina e campo de ténis.

Eric Schmidt
Eric Schmidt Foto: Getty Images

Eric Schmidt

O antigo CEO da Google adquiriu em 2007 uma mansão de 650 metros quadrados em Montecito, Califórna, perto de Ellen Degeneres, por 18,2 milhões de euros. A propriedade foi alugada a Kim Kardashian em 2012 para o seu casamento com o jogador de basquetebol Kris Humprfries.

Sheryl Sandberg
Sheryl Sandberg Foto: Getty Images

Sheryl Sandberg

A diretora de operações do Facebook mudou-se em 2013 para uma mansão moderna em Menlo Park, na Califórnia. Conta com um jardim no telhado, painéis solares e uma cave imensa com um campo de basquetebol, uma adega e sala de espetáculos.

Marissa Mayer
Marissa Mayer Foto: Getty Images

Marissa Mayer

A antiga CEO da Yahoo, tem uma casa relativamente modesta em Palo Alto, na Califórnia, com um valor estimado de 4,7 milhões de euros. A propriedade tem cinco quartos de cama estava destinada a estadias inesperadas depois de longas noites de trabalho no escritório da Yahoo.

Michael Dell
Michael Dell Foto: Getty Images

Michael Dell

O fundador da Dell Technologies tem uma mansão em Austin, Texas, com mais de 3065 metros quadrados. Apelidada pelos locais como "o Castelo", tem oito quartos, 13 casas de banho, um campo de ténis, piscinas de interior e exterior e uma vista privilegiada para o lago Austin. Dell também conta com inúmeras propriedades no Havai, México e Califórnia graças à sua empresa MSD Capital, que investe em hotéis de luxo, propriedades comerciais e e desenvolvimento de terrenos.

Travis Kalanick
Travis Kalanick Foto: Getty Images

Travis Kalanick

O cofundador e antigo CEO da Uber comprou uma Penthouse no Soho de Nova Iorque por mais de 36,4 milhões de euros. Tem quatro quartos, quatro casas de banho e uma piscina no terraço.

Saiba mais bilionários, tecnologia, Silicon Valley, Washington, Califórnia, magnatas, Los Angeles
Relacionadas

Os refúgios dos playboys e dos magnatas

Paris, Cap d’Antibes, Veneza, Rio de Janeiro, Capri, Gstaad, Mustique, Sain-Tropez ou Acapulco eram alguns dos redutos ou refúgios de sonho de estrelas de cinema, de herdeiros, de magnatas, de aristocratas e de playboys, nas décadas de 1950 a 1970. A aviação comercial foi crucial para o desenvolvimento das viagens de luxo dos happy few, antes que esses lugares míticos tivessem ficado abarrotados de turistas e os aviões se tivessem transformado em meros autocarros aéreos.

Os refúgios de Mr. Coppola

Além de realizador de cinema consagrado, Francis Ford Coppola é também um mestre na arte de bem receber. Tem um conjunto de cinco hotéis e resorts em cenários exóticos e paradisíacos onde cada visitante pode escrever a sua própria história.

Viagens na minha terra

O grupo Vila Galé lançou uma campanha a preços especiais para novos hotéis nas regiões do Centro e Alentejo e para estadas até 31 de outubro.

Mais Lidas
Lugares Os melhores destinos de férias para 2020

Resort ou safari? Praia idílica ou montanha aventureira? É sempre um desafio escolher o próximo destino de férias. É por isso que adoramos listas de destinos, como a última selecção “top 10” da revista de viagens Condé Nast Traveller.