Estilo / Moda

Quando a moda nos provoca

Estas são as campanhas que ficaram para a história da moda pelo seu conteúdo pouco consensual.

07 de setembro de 2019 | Marta Vieira

Na década de 1970, Yves Saint Laurent lançou a sua primeira fragância masculina de uma forma muito peculiar. Rompendo com os cânones dos anúncios da época, deixou-se fotografar nu. Se no século passado isto seria símbolo de uma ousadia extrema, hoje nem por isso - mas a moda sempre teve um talento especial para provocar.

Depois desta campanha protagonizada pelo criador francês, vários outros designers e marcas criaram imagens que ficaram para a história da moda, algumas por boas razões, outras nem por isso. Modelos demasiado jovens a representar a sensualidade feminina? Miu Miu e Calvin Klein fizeram-no. Conteúdo sexual demasiado explícito? Tom Ford e Gucci estão entre os culpados. Alusão ao consumo de drogas? A Sisley ironizou sobre o assunto. Os exemplos não fazem a norma, naturalmente, mas são em números consideráveis. Algumas destas campanhas foram mesmo banidas pelo seu teor inapropriado.Veja alguns exemplos nas imagens.

YSL, 1971 | O próprio Yves Saint Laurent foi a estrela da campanha do seu primeiro perfume
YSL, 1971 | O próprio Yves Saint Laurent foi a estrela da campanha do seu primeiro perfume "Pour Homme". Aqui, Laurent aparecia em pose e completamente nu.
CALVIN KLEIN, 1980 | Uma Brooke Shields adolescente deu que falar quando, em 1980, disse ao mundo que não existia absolutamente nada entre ela e os seus jeans. O anúncio foi considerado impróprio e banido das estações televisivas CBS e ABC.
CALVIN KLEIN, 1980 | Uma Brooke Shields adolescente deu que falar quando, em 1980, disse ao mundo que não existia absolutamente nada entre ela e os seus jeans. O anúncio foi considerado impróprio e banido das estações televisivas CBS e ABC.
CALVIN KLEIN, 1992 | A marca americana fotografou Kate Moss em topless, com apenas 17 anos e ao lado de Mark Wahlberg. Mais tarde, Moss contou que a presença do futuro ator a terá deixado tão desconfortável que lhe terá provocado um esgotamento nervoso.
CALVIN KLEIN, 1992 | A marca americana fotografou Kate Moss em topless, com apenas 17 anos e ao lado de Mark Wahlberg. Mais tarde, Moss contou que a presença do futuro ator a terá deixado tão desconfortável que lhe terá provocado um esgotamento nervoso.
YVES SAINT LAURENT, 2000 | Com mais de 900 queixas na altura em que foi divulgado, este anúncio do perfume Opium da Yves Saint Laurent é um dos mais polémicos de sempre.
YVES SAINT LAURENT, 2000 | Com mais de 900 queixas na altura em que foi divulgado, este anúncio do perfume Opium da Yves Saint Laurent é um dos mais polémicos de sempre.
AMERICAN APPAREL 2000's | No que se refere à American Apparel, o difícil é encontrar um anúncio que não seja considerado ofensivo. As imagens sugestivas já fazem parte do ADN da marca e esta é uma das mais polémicas da sua história.
AMERICAN APPAREL 2000's | No que se refere à American Apparel, o difícil é encontrar um anúncio que não seja considerado ofensivo. As imagens sugestivas já fazem parte do ADN da marca e esta é uma das mais polémicas da sua história.
SISLEY, 2001 | Um trabalho de Terry Richardson para a Sisley, esta campanha chamada Farming retrata a americana Josie Maran a beber leite diretamente de uma vaca. O olhar da modelo e a frase “hungry for love” que se lê na fotografia contribuíram para o cariz ofensivo que muitos viram na campanha.
SISLEY, 2001 | Um trabalho de Terry Richardson para a Sisley, esta campanha chamada Farming retrata a americana Josie Maran a beber leite diretamente de uma vaca. O olhar da modelo e a frase “hungry for love” que se lê na fotografia contribuíram para o cariz ofensivo que muitos viram na campanha.
GUCCI, 2003 | Fotografada pelo célebre Mario Testino, esta campanha da Gucci mostra uma modelo com a inicial da marca depilada na virilha. Apesar de ter sido banida em vários países, a fotografia correu mundo e é, ainda hoje, uma das campanhas mais icónicas da marca italiana.
GUCCI, 2003 | Fotografada pelo célebre Mario Testino, esta campanha da Gucci mostra uma modelo com a inicial da marca depilada na virilha. Apesar de ter sido banida em vários países, a fotografia correu mundo e é, ainda hoje, uma das campanhas mais icónicas da marca italiana.
TOM FORD, 2007 | Itália foi o primeiro país a banir o anúncio para a fragrância masculina de Tom Ford, que contratou o polémico Terry Richardson para fotografar a campanha. As imagens do frasco de perfume, colocado entre as pernas e o peito de uma modelo, foram alvo de muitas queixas que eventualmente levaram a que a campanha fosse banida em vários países.
TOM FORD, 2007 | Itália foi o primeiro país a banir o anúncio para a fragrância masculina de Tom Ford, que contratou o polémico Terry Richardson para fotografar a campanha. As imagens do frasco de perfume, colocado entre as pernas e o peito de uma modelo, foram alvo de muitas queixas que eventualmente levaram a que a campanha fosse banida em vários países.
DOLCE & GABBANA, 2007 | Esta campanha continua a dar que falar ainda hoje, devido ao aspeto indefeso da modelo face a um grupo de quatro homens e às sugestões de abuso sexual. Foi fotografada por Steven Klein para a marca italiana, em 2007.
DOLCE & GABBANA, 2007 | Esta campanha continua a dar que falar ainda hoje, devido ao aspeto indefeso da modelo face a um grupo de quatro homens e às sugestões de abuso sexual. Foi fotografada por Steven Klein para a marca italiana, em 2007.
DIESEL, 2010 |
DIESEL, 2010 | "Be Stupid" era o slogan da Diesel no final dos anos 2000. A marca de jeans lançou várias campanhas nas quais retratava jovens a fazer coisas pouco aconselháveis. As imagens não foram banidas, mas algumas delas foram descritas como desnecessáriamente sensacionalistas e provocatórias, característica que atravessa muitos dos anúncios da marca.
MARC JACOBS, 2011 | Nesta campanha para o perfume Lola, fotografada por Juergen Teller, a pequena Dakota Fanning, aqui com 16 anos, faz uma espécie de homenagem a Lolita, de Vladimir Nabokov. A campanha terá sido banida de Inglaterra depois da
MARC JACOBS, 2011 | Nesta campanha para o perfume Lola, fotografada por Juergen Teller, a pequena Dakota Fanning, aqui com 16 anos, faz uma espécie de homenagem a Lolita, de Vladimir Nabokov. A campanha terá sido banida de Inglaterra depois da "U.K's Advertising Standards Authority" ter classificado o anúncio como "sexualmente provocativo".
GUCCI | Mais uma campanha de Tom Ford com a Gucci que causou polémica. Entre 1990 e 2004 várias foram as produções que não ofenderam e geraram uma onda de indignação.
GUCCI | Mais uma campanha de Tom Ford com a Gucci que causou polémica. Entre 1990 e 2004 várias foram as produções que não ofenderam e geraram uma onda de indignação.
MIU MIU, 2011 | Esta campanha da marca italiana gerou polémica quando apresentou uma Hailee Steinfeld de 14 anos sentada numa linha de comboio à espera de cometer suicídio. Ou pelo menos foi assim que as autoridades britânicas o interpretaram e subsequentemente baniram.
MIU MIU, 2011 | Esta campanha da marca italiana gerou polémica quando apresentou uma Hailee Steinfeld de 14 anos sentada numa linha de comboio à espera de cometer suicídio. Ou pelo menos foi assim que as autoridades britânicas o interpretaram e subsequentemente baniram.
BENETTON, 2011 | O Photoshop teve um papel importante nesta campanha da Benetton que, apesar de contar com imagens evidentemente manipuladas, deu que falar quando divulgou beijos entre líderes religiosos e políticos.
BENETTON, 2011 | O Photoshop teve um papel importante nesta campanha da Benetton que, apesar de contar com imagens evidentemente manipuladas, deu que falar quando divulgou beijos entre líderes religiosos e políticos.
MIU MIU, 2014 | O local sugestivo e uma modelo demasiado jovem recostada numa cama foram o suficiente para que esta campanha da Miu Miu fosse banida. A perspetiva da fotografia, tirada à entrada do quarto, e o olhar expectante de uma modelo que parece vestir as roupas de alguém mais velho contribuíram para o ambiente inapropriado da imagem.
MIU MIU, 2014 | O local sugestivo e uma modelo demasiado jovem recostada numa cama foram o suficiente para que esta campanha da Miu Miu fosse banida. A perspetiva da fotografia, tirada à entrada do quarto, e o olhar expectante de uma modelo que parece vestir as roupas de alguém mais velho contribuíram para o ambiente inapropriado da imagem.
Saiba mais campanhas, moda, polémica, controvérsia
Relacionadas

A nova marca cool para homens

Criada pelo designer norte-americano Reid Baker e pela portuguesa Inês Amorim, a Ernest W. Baker, apresentou-se durante a ModaLisboa.

O bom, o mau e o vilão (deste verão)

A estação quente traz muitas novidades na moda masculina. Além das habituais tendências, há consagrações, estreias e toda a espetacularidade que a indústria requer.

Contra fatos não há argumentos

Os fatos brancos com corte de alfaiataria ganham vida com pormenores de cor e contrastam com os acessórios em cores quentes. Perfeitos para o regresso ao trabalho.

Mais Lidas
Moda O homem por trás dos sapatos mais sexy de Portugal

A MUST esteve com o desginer e atual presidente da Confederação Europeia da Indústria de Calçado nesta edição da ModaLisboa. Mesmo com tamanha expertise, confessou-nos que (ainda) não percebe a fixação das mulheres por sapatos.