Estilo / Beleza & Bem-Estar

A rotina de 10 minutos para ter melhor postura

Os exercícios podem ser feitos em casa e ajudam a evitar complicações futuras.

Foto: Unspalsh
15 de maio de 2020 | Mariana Dias

Devido à pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas ainda se encontram em regime teletrabalho. Involuntariamente, quando estamos sentados durante muitas horas e numa cadeira menos confortável, temos a tendência de colocar os ombros e a cabeça para a frente, ou mesmo de cruzar as pernas. Sem nos apercebermos, esses pequenos movimentos podem causar lesões na coluna a longo prazo. Porém, existem formas de evitar esses desvios, em casa e em pouco tempo.

Segundo um estudo publicado no Journal of Physical Therapy Science , indivíduos com postura inclinada, tendem a ter os músculos e as articulações da  parte da frente do pescoço mais fracos e os músculos da parte superior das costas e dos ombros mais tensos. Mais: o alongamento dos músculos esternocleidomastóideos e escalenos não impede a inclinação da cabeça para a frente. Consequentemente, este tipo de postura pode provocar o arredondamento dos ombros ou o desenvolvimento de uma hérnia discal, devido ao esforço extra que é realizado. Estas alterações são indicações para a famosa "síndrome da cabeça inclinada", a inclinação da cabeça para a frente que faz com que se quebre a linha vertical da coluna.

O especialista em cinesiologia, Jeremy Ethier, que analisa os movimentos humanos, explica no seu canal de YouTube que é importante corrigir a postura, não só porque estamos a cuidar da saúde, mas também para melhorar a autoestima. Ethier criou uma rotina de quatro exercícios, para ser feita no ginásio ou em casa.  

O segmento inclui alongamentos esternocleidomastóideos, alongamento dos escalenos anteriores, movimentos para desobstruir o triângulo suboccipital e ainda exercícios dedicados às dobras do queixo. Cada exercício tem a duração entre 30 a 60 segundos ou 10 respirações profundas. No caso do exercício das dobras do queixo, o mesmo tem a duração de 12 a 15 minutos. No entanto, pode acompanhar todo o processo detalhadamente num vídeo feito por Jeremy Ethier.

Para que esta rotina tenha algo efeito, o especialista em cinesiologia aconselha que os exercícios sejam realizados duas a três vezes por semana. E assim, consequências como dores nas costas ou lesões mais graves podem ser evitadas.

Veja o vídeo aqui:

 

 

  

Saiba mais exercícios, ajudam, evitar, postura inclinada, rotina, diária, Jeremy Ethier
Relacionadas
Mais Lidas
Beleza & Bem-Estar O cientista que faz milagres pelos famosos

Como é que um académico de 60 anos de Leipzig se tornou a nova coqueluche das fashionistas? Elas juram que ele as faz parecer mais novas. Harriet Walker conversou com Augustinus Bader, o professor por detrás de uma embalagem de creme facial de 230 euros (são 9 euros por esguicho).