Drive

Christian Bale foi aprender a conduzir em pista para o filme ‘Ford v. Ferrari’

O actor Christian Bale é conhecido por se entregar de corpo e alma às suas personagens, como acontece neste filme, que chega às salas portuguesas esta semana.

A carregar o vídeo ...
14 de novembro de 2019 | Miguel Dias

A intensidade com que trabalha já o ‘obrigou’ a transformações físicas extremas, como em O Maquinista, onde perdeu quase 30 quilos e ficou a pesar apenas 55. Como se isso não fosse impressionante o suficiente, seis meses depois de gravar este filme teve de ganhar perto de 45 quilos para o primeiro capítulo da trilogia do Batman de Christopher Nolan.

Agora, Bale tem em mãos o papel do piloto Ken Miles no filme Ford v. Ferrari, e para garantir o máximo de credibilidade possível, teve aulas de condução em pista. É certo que esta decisão está muito longe das ‘loucuras’ que já vimos Bale fazer com o seu corpo, mas mostra o nível de comprometimento do actor norte-americano, agora com 45 anos.

Bale escolheu a Bondurant High Performance Driving School para perceber o que é ser um piloto de corridas e ainda teve oportunidade de conhecer o fundador da instituição, Bob Bondurant, que levou o Cobra Daytona Coupé à vitória na classe nas 24 Horas de Le Mans de 1964.

Esta escola foi-lhe recomendada por Robert Nagle, coordenador de duplos e o responsável pelas cenas de corridas no filme, que estava longe de adivinhar que Bob Bondurant e Ken Miles eram amigos próximos. "Aquilo que não sabia é que o Bob e o Ken Miles tinham sido amigos próximos. A minha esperança era que o Christian pudesse conhecer o Bob e falar com ele durante algumas horas", disse Nagle, citado pela publicação Car and Driver.

De acordo com Nagle, durante a semana em que Bale esteve a treinar em pista, mostrou a mesma intensidade que o caracteriza nos papéis que faz no cinema. "Acabámos as instruções em pista todos os dias às 14h. Era verão em Phoenix e estava mesmo muito calor, mas nós passávamos as quatro ou cinco horas seguintes a conversar com o Bob. Foi incrível", disse. "O Christian ouvia o que os instrutores e eu lhe dizíamos e fazia-o. Cada vez forçava mais, mas sempre em passos calculados. Mas todas as vezes desafiava-se ligeiramente mais", atirou.

Nagle, que também somas muitas horas de corridas, garante que Bale nunca se deixou intimidar por si em pista e que nunca vacilou: "Eu perseguia o Christian e ele não vacilou uma única vez. Quando pressiono pessoas assim costumo ver quando elas param de conduzir e começam a ver-me nos espelhos retrovisores. Mas ele nunca vacilou e nunca saiu de pista. Tenho de dizer que é o melhor actor que alguma vez treinei", confessou.

O filme Ford v. Ferrari, que mostra como a Ford desafiou o domínio da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans, estreia nas salas portuguesas esta quinta, 14 de novembro.

Saiba mais Christian Bale, Le mans, Ford, Ferrari, Hollywood
Relacionadas

Carros clássicos e sem tempo

Os carros não têm de ser aborrecidos! Há modelos que são verdadeiras obras de arte, ícones memoráveis que marcaram a sua época e as gerações seguintes.

Elon Musk prepara lançamento de pickup 'Blade Runner'

O presidente da Tesla, Elon Musk, já escolheu a data para a estreia da primeira “pickup” da fabricante de automóveis elétricos e associou os veículos ao famoso filme de ficção científica que inspirou o seu design.

As Bond girls mais sexy de sempre

De Ursula Andress a Denise Richards, passando por Halle Berry e Monica Bellucci, estas são as mulheres mais icónicas que passaram pelos 25 filmes de James Bond desde 1962.

Mais Lidas
Drive O Porsche eletrizante!

É oficial: a Porsche rendeu-se ao eletrizante mundo dos veículos elétricos. Chama-se Taycan, tem quatro portas, dois potentes motores elétricos com mais de 600 cv. Será que a Tesla aguenta o novo rival?

Drive O fascínio pelo Beetle

Nenhum outro automóvel conseguiu o estatuto do Beetle. O carro mais produzido de sempre da história automóvel começou com Hitler, passou por John Lennon e tornou-se “o” ícone automóvel.